SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue4Rainfall and runoff erosivity parameters correlated with soil losses of a haplargids (Paraiba state, Brazil)Characterization of irrigated and nonirrigated yellow podzolic soils from the São Francisco river valley (Brazil) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Ciência do Solo

On-line version ISSN 1806-9657

Rev. Bras. Ciênc. Solo vol.22 no.4 Viçosa Oct./Dec. 1998

http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06831998000400021 

SEÇÃO VI - MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA

 

Aplicação de índice comparativo na avaliação do risco de degradação das terras(1)

 

Application of a comparative index in evaluation of land degradation risk

 

 

S. B. L. RanieriI; G. SparovekII; M. P. SouzaIII; D. Dourado NetoIV

IMestre em Ciências da Engenharia Ambiental pelo Centro de Recursos Hídricos e Ecologia Aplicada (CRHEA/USP). Av. Dr. Carlos Botelho 1465, Caixa Postal 359, CEP 13560-250 São Carlos (SP). E-mail: sblranie@carpa.ciagri.usp.br
IIProfessor do Departamento de Ciência do Solo, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz ( ESALQ/USP), Av. Pádua Dias 11, CEP 13418-900 Piracicaba (SP). E-mail: gsparove@carpa.ciagri.usp.br
IIIProfessor do Centro de Recursos Hídricos e Ecologia Aplicada (CRHEA/USP). E-mail MPS@vmcisc.sc.usp.br
IVProfessor do Departamento de Agricultura, ESALQ/USP. E-mail: dourado@carpa.ciagri.usp.br

 

 


RESUMO

A determinação do risco de degradação das terras em uma microbacia hidrográfica constitui importante subsídio para o planejamento agrícola e ambiental. A tendência atual é que as informações necessárias para a avaliação das terras sejam compatíveis com técnicas de geoprocessamento e tratadas de forma menos subjetiva. Todavia, critérios ou parâmetros que avaliem quantitativamente o risco de degradação das terras e que sejam compatíveis com a escala de microbacia hidrográfica e aplicáveis por meio de Sistemas de Informação Geográfica (SIGs) ainda precisam ser mais bem definidos. O objetivo deste trabalho, realizado no segundo semestre de 1996, foi elaborar um método de avaliação comparativa do risco de degradação das terras na bacia hidrográfica dos Marins (Piracicaba, SP), sob diferentes cenários de uso, utilizando SIG. Os mapas de risco de degradação foram gerados com base em matrizes de decisão para os seguintes cenários de uso: (a) sem cobertura vegetal; (b) uso atual da terra; (c) uso único; (d) uso redistribuído; (e) uso planejado. Os resultados foram comparados por um índice denominado "Índice Ponderado de Risco de Degradação (IPD)". Por meio desse índice foi possível comparar quantitativamente o risco de degradação para os cenários de uso propostos. Os resultados mostraram que a tentativa de alterar apenas a distribuição espacial dos usos da terra não foi suficiente para diminuir o risco de degradação final da área, caracterizando, assim, a superutilização das terras da microbacia. Para diminuir os impactos causados por essa superutilização, faz-se necessária a definição de critérios de restrição de ocupação que conciliem áreas de maior suscetibilidade à erosão com usos que ofereçam maior proteção ao solo, levando à diminuição da área ocupada com culturas anuais e semiperenes.

Termos de indexação: planejamento do uso da terra, erosão, degradação das terras, impacto ambiental, geoprocessamento, bacia hidrográfica.


SUMMARY

The determination of land degradation risk in a watershed is an important factor in environmental and agricultural land-use planning. The current trend is to analyze the necessary information for land evaluation in a less subjective way and compatible with geoprocessing techniques. However, criteria and parameters used to quantitatively evaluate the land degradation risk at the watershed scale and based on Geographic Information Systems (GIS) still need to be better defined. The objective of this study, conducted in the second semester of 1996, was to elaborate a comparative evaluation method of land degradation risk in the Marins watershed (Piracicaba, state of São Paulo, Brazil), considering different land-use scenarios, using GIS. The degradation risk maps were obtained from decision matrices for the followings scenarios: (a) no vegetation cover; (b) current land-use; (c) single land-use; (d) reallocated land-use; (e) planned use. The results were compared by an index called "Weighted Degradation Risk Index (IPD)". This index allowed quantitative comparison of land degradation risk for the land use scenarios proposed. The results showed that the change in the spatial allocation of land-use was not enough to decrease the land degradation risk, indicating an over-use of the watershed. In order to avoid the impacts caused by this over-use, restrictions on land occupation are necessary. Areas with high erosion susceptibility should be occupied with uses offering better soil protection, resulting in a decrease in the area occupied with annual and semi-perennial crops.

Index terms: land use planning, erosion, land degradation, environmental impacts, geoprocessing, watershed.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

BERTONI, J. & LOMBARDI NETO, F. Conservação do Solo. São Paulo, Ícone, 1990. 355p.         [ Links ]

BLUM, E.H. Basic concepts: degradation, resilience and rehabilitation. In: LAL, R.; BLUM, W.H.; VALENTINE, C. & STEWART, B.A. Methods for assessment of soil degradation. New York, CRC Press, 1997. p.1-16.         [ Links ]

CÂMARA, G. Anatomia de sistemas de informações geográficas: visão atual e perspectivas de evolução. In: ASSAD, E.D. & SANO, E.E., coords. Sistema de informações geográficas: aplicações na agricultura. Planaltina, EMBRAPA-CPAC, 1993. 274p.         [ Links ]

CLARK II, E.H.; HAVERKAMP, J.A. & CHAPMAN, W. Eroding soils. The off-farm impacts. Washington, The Conservation Foundation, 1985. 252p.         [ Links ]

DIEPEN, C.A.; KEULEN, H.; WOLF, J. & BERKHOUT, A.A. Land Evaluation: from intuition to quantification. Adv. Soil Sci., 15:140-204, 1991.         [ Links ]

FORMAGGIO, A.R.; ALVES, D.S. & EPIPHANIO, J.C.N. Sistemas de informações geográficas na obtenção de mapas de aptidão agrícola e de taxa de adequação de uso das terras. R. Bras. Ci. Solo, 16:249-256, 1992.         [ Links ]

JENKINS, A.; PETERS, N.E. & RODHE, A. Hydrology. In: MOLDAN, B. & CERNY, J., coords. Biogeochemistry of small catchments: A tool for environmental research. (Scope 51). Chichester, John Wiley, 1994. p.31-54.         [ Links ]

LAL, R. & STEWART, B.A. Need for land restoration. Adv. Soil Sci., 17:1-11, 1992.         [ Links ]

LAL, R. Soil quality and sustainability. In: LAL, R.; BLUM, W.H.; VALENTINE, C. & STEWART, B.A. Methods for assessment of soil degradation. New York, CRC Press, 1997. p.17-30.         [ Links ]

LAL. R. Soil erosion by wind and water: Problems and prospects. In: LAL, R., ed. Soil erosion and research methods. Wageningen, SWCS. 1988. p.1-6.         [ Links ]

LIMA, E.R.V.; KUX, H.J.H. & SAUSEN, T.M. Sistema de informações geográficas e técnicas de sensoriamento remoto na elaboração de mapa de riscos de erosão no sertão da Paraíba. R. Bras. Ci. Solo, 16:257-263, 1992.         [ Links ]

LOMBARDI NETO, F. & BERTONI, J. Tolerância de perdas de terra para solos do estado de São Paulo. Campinas, Instituto Agronômico, 1975.12p. (Boletim Técnico)        [ Links ]

LOPES ASSAD, M.L. Uso de um sistema de informações geográficas na determinação da aptidão agrícola de terras. R. Bras. Ci. Solo, 19:133-139, 1995.         [ Links ]

MOREIRA, I.V.D. Origem e síntese dos principais métodos de avaliação de impacto ambiental. In: Manual de avaliação de impactos ambientais. Curitiba. SUEEHMA - GTZ, 1992. p.1-7.         [ Links ]

RANIERI, S.B.L. Avaliação de métodos e escalas de trabalho para determinação do risco de erosão em uma bacia hidrográfica utilizando sistema de informações geográficas (SIG). São Carlos, Escola de Engenharia de São Carlos, 1996. 128p. (Tese de Mestrado)        [ Links ]

STAR, J. & ESTES, J. Geographic Information Systems. New Jersey, Prentice-Hall, 1990. 331p.         [ Links ]

TERAMOTO, E.R. Relações solo, substrato geológico e superfícies geomórficas na Microbacia do Ribeirão Marins (Piracicaba, SP). Piracicaba, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, 1995. 93p. (Tese de Mestrado)        [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em fevereiro de 1997
Aprovado em agosto de 1998

 

 

(1) Parte da Tese de Mestrado do primeiro autor.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License