SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número3Caracterização da matéria orgânica e micromorfologia de solos sob Campos de Altitude no parque estadual da Serra do Brigadeiro (MG)Erosão na cultura do milho em sucessão à aveia preta e pousio descoberto, em preparo convencional e plantio direto, com tração animal e tratorizada índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciência do Solo

versão On-line ISSN 1806-9657

Rev. Bras. Ciênc. Solo vol.25 no.3 Viçosa jul./set. 2001

http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832001000300016 

SEÇÃO V - GÊNESE, MOROFOLOGIA E CLASSIFICAÇÃO DO SOLO

 

Utilização de sistema de informação geográfica na avaliação do uso da terra em Botucatu (SP)(1)

 

Utilization of a geographic information system on land use evaluation in Botucatu (SP)

 

 

J. B. T. RodriguesI; C. R. L. ZimbackII; E. L. PiroliIII

IEngenheiro-Agrônomo, Pós-graduando no curso de Energia na Agricultura, Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista - UNESP. Caixa Postal 237, CEP 18603-970 Botucatu (SP). E-mail: btjb.zaz.com.br
IIProfessora do Departamento de Recursos Naturais, FCA/UNESP. E-mail czimback@fca.unesp.br
IIIEngenheiro Florestal, Pós-graduando no curso de Energia na Agricultura, Faculdade de Ciências Agronômicas, UNESP. E-mail: piroli@fca.unesp.br

 

 


RESUMO

Foi utilizado o SIG-IDRISI, com o objetivo de verificar a adequação do uso da terra em 1997/98, na parte inicial da Bacia do Rio Pardo, Botucatu/Pardinho (SP), visando à obtenção de subsídios para o planejamento adequado do uso da área. As classes e subclasses de capacidade de uso foram determinadas de acordo com o Sistema de Classificação da Capacidade de Uso das Terras. As terras da área estudada foram discriminadas como: classe VIe, terras susceptíveis à erosão (90,49%); classe Va, terras planas, não-sujeitas à erosão, limitadas por excesso de água (3,48%); classe IVe, terras severamente limitadas por risco de erosão (0,50%); classe IIIa, terras planas com excesso de água (3,34%); classe IIIe, terras com declividade moderada e deflúvio rápido, riscos severos de erosão (1,32%); e classe IIe, terras produtivas, com risco ligeiro a moderado de erosão (0,87%). Pela análise conjunta da capacidade de uso e do uso atual das terras, verificou-se que 89,28% das áreas não apresentaram conflito de utilização; 2,24% estavam cultivadas com culturas anuais e perenes, adequação para tal uso, e 8,48% da área com pastagens deveria ser substituída por reflorestamento e, ou, preservação ambiental.

Termos de indexação: manejo do solo, geoprocessamento, classificação de terras.


ABSTRACT

The GIS-IDRISI was used to check land use adequacy from 1997 to 1998, in the initial part of the Rio Pardo basin, in Botucatu/Pardinho (SP), to obtain a suitable land use planning of the area. The classes and subclasses of land capability were determined according to the Land Capability Classification System. The lands of the studied area were classified as: class VIe, lands with erosion susceptibility (90.49%); class Va, flat lands, with no erosion risk, but limited by excess of water (3.48%); class IIIa, flat lands with excess of water (3.34%); class IIIe, lands with moderate slope and fast run-off, under severe erosion risk (1.32%); class IIe, productive lands, with small-to-moderate risk of erosion (0.87%); and class IVe, lands strongly limited by risk of erosion (0.50%). Based on the analysis of the current land use, it 89.28% of the area did not show conflict between the land capability and actual land use; 2.24% of the area was used with annual or perennial crops, but in lands with unsuitable for crops; and 8.48% of the area should be converted to forest and, or, environmental protection.

Index terms: land use, GIS, soil management.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

ASSAD, M.L.L. Uso de um sistema de informações geográficas na determinação da aptidão agrícola de terras. R. Bras. Ci. Solo, 19:133-139, 1995.         [ Links ]

BURROUGH, P.A. Principles of geographical information systems for land resource assessment. New York, Oxford University Press, 1986. 194p.         [ Links ]

CRÓSTA, A.P. Processamento digital de imagens de sensoriamento remoto. Campinas, Universidade de Campinas, 1992. 170p.         [ Links ]

EASTMAN, J.R. IDRISI for Windows - User's guide. Version 2.0. Massachusettes, Clark University, 1997.         [ Links ]

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Serviço Nacional de Levantamento e Conservação de Solos. Critérios para distinção de classes de solos e de fases de unidades de mapeamento - normas em uso pelo SNLCS. Rio de Janeiro, 1988. 65p. (Documento, 11)        [ Links ]

FORMAGGIO, A.R.; ALVES, S.D. & EPIPHANIO, J.C.N. Sistemas de informações geográficas na obtenção de mapas de aptidão agrícola e de taxa de adequação de uso das terras. R. Bras. Ci. Solo, 16:249-256, 1992.         [ Links ]

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Secretaria de Planejamento da Presidência da República. Carta do Brasil - Quadrículas de Botucatu e Pardinho. Rio de Janeiro, 1982. Escala 1:50.000.         [ Links ]

INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - IPT-SP. Mapa geológico do Estado de São Paulo. São Paulo, 1981, 2v. Escala 1:500.000.         [ Links ]

JONES, J.R. Tosca. Reference guide. Version 2.12. Massachusetts, Clark University, 1995. 86p.         [ Links ]

LEPSCH, I.F., coord. Manual para levantamento utilitário do meio físico e classificação de terras no sistema de capacidade de uso. Campinas, Sociedade Brasileiro Ciência do Solo, 1991. 175p.         [ Links ]

MARBLE, D.F. Geographic information systems: an overview. In: PEUQUET, D.J. & MARBLE, D.F., eds. Introductory readings in geographic information systems. New York, Taylor and Francis, 1990. p.8-17.         [ Links ]

PETERSEN, G.W.; BELL, J.C.; MCSWEENEY, K.; NIELSEN, A.G. & ROBERT, P.C. Geographic information systems in agronomy. Adv. Agron., 55:67-111, 1995.         [ Links ]

SILVA, J.R.C.; DEGLORIA, S.D.; PHILIPSON, W.R. & McNEIL, R.J. Estudo da mudança de uso da terra através de um sistema de análise georreferenciada. R. Bras. Ci. Solo, 17:451-457, 1993.         [ Links ]

ZIMBACK, C.R.L. Levantamento semidetalhado dos solos da bacia do Rio Pardo nos Municípios de Pardinho e Botucatu. Botucatu, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, 1997. 55p.         [ Links ]

ZIMBACK, C.R.L. & RODRIGUES, R.M. Determinação da capacidade de uso das terras da Fazenda São Manuel. Botucatu, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, 1993. 36p.         [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em outubro de 2000
Aprovado em abril de 2001

 

 

(1) Grupo de Estudos e Pesquisas Agrárias Georreferenciadas - GEPAG/FCA, Universidade Estadual Paulista - UNESP.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons