SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número156Apresentação: Representações sociais e desafios contemporâneos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Pesquisa

versão impressa ISSN 0100-1574versão On-line ISSN 1980-5314

Cad. Pesqui. vol.45 no.156 São Paulo abr./jun. 2015

http://dx.doi.org/10.1590/198053143451 

Editorial

Editorial

Comitê Editorial

1Fundação Carlos Chagas, São Paulo, SP, Brasil; cadpesq@fcc.org.br

Ao público leitor,

Neste número, trazemos como Tema em Destaque "Representações sociais e desafios contemporâneos", temática que perpassa as publicações de Cadernos de Pesquisa há tempos, dado seu caráter multidisciplinar. Organizado e detalhadamente apresentado por Lúcia Villas Bôas e Adelina Novaes, o dossiê traz oito artigos que dialogam com os desafios da produção do conhecimento na contemporaneidade, especialmente no campo da psicologia social, da história e da educação. Nesse sentido, memória, sujeito, subjetividade e subjetivação são conceitos vistos e articulados pela teoria das representações sociais.

Há, ainda, três artigos, sendo que dois deles também se situam no campo da psicologia. Em "Aprendizaje basado en problemas en la formación de psicólogos", Carolina Iturra Herrera e Tatiana Canales Opazo discutem uma abordagem desenvolvida em curso de graduação de estudantes de psicologia, de modo a melhorar o processo de tomada de decisão de futuros psicólogos. De outro lado, o artigo seguinte - "Integralidade e intersetorialidade nas práticas psicológicas: um relato de experiência" - questiona justamente a formação em psicologia, porque ela é geralmente focada no indivíduo deslocado de seu contexto social. Contando a experiência em um projeto de extensão com familiares de mulheres encarceradas em uma penitenciária feminina, Bibiana Altenbernd, Mariana Barcinski e Helena Salgueiro Lermen mostram os limites das práticas psicológicas que, no ambiente prisional, buscavam disponibilizar um espaço de acolhimento e apoio para as pessoas que ali realizavam visitas. O último artigo - "Diários de aula e portfólios como instrumentos metodológicos da prática educativa em artes visuais" - também é um relato de experiência, no qual Leonardo Verde Charréu e Marilda Oliveira de Oliveira refletem sobre o uso desses dois instrumentos em suas práticas profissionais como formadores de professores, com foco na cultura visual. O número se encerra com duas resenhas, uma sobre educação intercultural e outra sobre análise do discurso.

Boa leitura!

Creative Commons License This is an open-access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License