SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número157A educação brasileira está melhorando? Evidências do PISA e SAEB índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos de Pesquisa

versão impressa ISSN 0100-1574versão On-line ISSN 1980-5314

Cad. Pesqui. vol.45 no.157 São Paulo jul./set. 2015

http://dx.doi.org/10.1590/198053143555 

Editorial

Editorial

Fundação Carlos Chagas

Ao público leitor,

Neste terceiro número de 2015, Cadernos de Pesquisa privilegia a seção Artigos, com importantes temas relacionados à pesquisa educacional. O texto de abertura, de Martin Carnoy, Tatiana Khavenson, Izabel Fonseca, Leandro Costa e Luana Marotta, apresenta extensa análise das mudanças da pontuação dos estudantes brasileiros no Pisa e no Saeb, desde o final do século XX, considerando as condições sociais. A seguir, dois artigos tratam da formação docente, em diferentes óticas: o primeiro deles, de Alice Casimiro Lopes e Veronica Borges, problematiza as políticas de currículo nos projetos de formação que têm a perspectiva da transformação social; o segundo, de Fabiana Luzia de Rezende Mendonça e Daniele Nunes Henrique Silva, ocupa-se dos processos de formação relacionados à questão da escola inclusiva. Em seguida, Sandra Maria do Vale e Carlos Alberto Ferreira analisam a representação de formadores do Sistema de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências, em Portugal, sobre a avaliação das aprendizagens dos adultos participantes. A escrita de diários no meio rural é o foco do estudo de Vania Grim Thies sobre a produção realizada por três irmãos, envolvendo a questão da autoria e do enunciado sobre a experiência do vivido. Em seguida, o uso de textos em coleções didáticas é examinado por Juvenal Zanchetta Júnior, com base no conceito de gênero textual. Suylan de Almeida Midlej e Silva, Graziela Dias Teixeira, Sheila Cristina Tolentino Barbosa e Suely Mara Vaz Guimarães de Araújo tratam de uma inovação metodológica no estágio supervisionado, com a implantação da Residência em Políticas Públicas. Luz Elena Gallo e Leidy Johana Martínez discorrem sobre a educação corporal, com base nas proposições de Gilles Deleuze. Dayana Brunetto Carlin dos Santos problematiza a questão da transexualidade na escola, com base em conceitos foucaultianos. A seção se encerra com dois artigos voltados à educação infantil, em duas investigações de perfil etnográfico, em instituições paulistanas: Maria Aparecida Guedes Monção analisa o compartilhamento da educação das crianças entre educadores e familiares e os conflitos existentes em uma instituição; o texto de Marcos Cezar de Freitas e Ana Paula Silva focaliza a imigração boliviana à cidade de São Paulo, tratando do acolhimento dessas crianças e seu relacionamento com professores. Na seção Resenhas, Cláudia Pereira Vianna comenta o livro de Helena Altmann, sobre as relações de gênero na educação física escolar. Que a leitura seja proveitosa!

Comitê Editorial

Creative Commons License This is an open-access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License