SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue1Linfocintilografia pré e pós-fisioterapia vascular em pacientes com linfedemaTratamento endovascular dos aneurismas da aorta abdominal author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Radiologia Brasileira

On-line version ISSN 1678-7099

Radiol Bras vol.34 no.1 São Paulo Jan./Feb. 2001

https://doi.org/10.1590/S0100-39842001000100020 

Resumo de Tese

Nódulos da tireóide: avaliação morfofuncional.

Autora: Cláudia Maria Alcoforado Melo.
Orientador: Edson Mendes Boasquevisque.
Tese de Mestrado. UFRJ, 2000.

 

 

O nódulo da tireóide é uma afecção freqüente que vem sendo detectada cada vez mais, em decorrência da rápida evolução tecnológica dos métodos de imagem, em especial a ultra-sonografia de alta resolução. Em sua grande maioria corresponde a lesão benigna, sendo a neoplasia maligna um achado raro. O melhor conhecimento do uso dos métodos de diagnóstico vem-se tornando essencial para que se alcance uma melhor relação custo-benefício no tratamento desta doença.

Este trabalho foi realizado de forma prospectiva, em amostra não-casual de 123 pacientes, num período de dois anos e sete meses, partindo-se da premissa da existência de nódulo de tireóide. Os pacientes foram submetidos a exames clínico, ultra-sonográfico e cintilográfico e a punção aspirativa por agulha fina dirigida pela ultra-sonografia e, ainda, sempre que indicado, também a exame histopatológico. Em 90,2% dos pacientes a punção foi feita apenas uma vez. Para o total da amostra obtiveram-se 69,1% de resultados benignos, 10,6% de resultados malignos e 20,3% de resultados inadequados para diagnóstico. A taxa de falsos negativos foi de 20% e a de falsos positivos foi de 3,3%, com valor preditivo positivo de 92% e valor preditivo negativo de 65%. A taxa de malignidade encontrada nos casos submetidos à avaliação histopatológica foi de 60%.

O estudo mostra as características morfológicas e funcionais apresentadas com maior freqüência nos nódulos únicos e múltiplos em relação à benignidade e malignidade; confirma que a ultra-sonografia é superior à palpação e à cintilografia na detecção do nódulo e na classificação da glândula multinodular; e encontra, para a punção aspirativa por agulha fina guiada pela ultra-sonografia, valores de 67% de sensibilidade, 92% de especificidade e 77% de precisão.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License