SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue1Tratamento endovascular dos aneurismas da aorta abdominal author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Radiologia Brasileira

On-line version ISSN 1678-7099

Radiol Bras vol.34 no.1 São Paulo Jan./Feb. 2001

https://doi.org/10.1590/S0100-39842001000100022 

Resumo de Artigo

Melanoma primário do esôfago: achados radiológicos e clínicos em seis pacientes.

Gollub MJ, Prowda JC. Primary melanoma of the esophagus: radiologic and clinical findings in six patients. Radiology 1999; 213:97¾100.

 

 

Objetivo: Avaliar os achados clínicos e radiológicos do melanoma primário do esôfago.
Material e métodos: Uma busca nos arquivos de patologia, radiologia e registros de câncer, desde 1973 até 1998, revelou seis pacientes com melanoma maligno primário do esôfago, cujos exames radiológicos estavam disponíveis. Seis esofagogramas, três tomografias computadorizadas (TC) do tórax com contraste e quatro radiografias do tórax foram revisadas. Os registros médicos foram revistos para analisar os sintomas e o curso clínico.
Resultados: Seis pacientes (idades variando de 63 a 78 anos, com média de 70 anos) tinham comprovação histopatológica de melanoma maligno primário do esôfago. Todos os pacientes apresentavam-se com disfagia ou odinofagia, com seis semanas de duração ou menos. Esofagografia e TC do tórax mostravam massa esofagiana não-obstrutiva e polipóide, originando-se da mucosa (n = 5) ou da submucosa (n = 1), e que estava localizada no terço médio (n = 3), distal (n = 2) ou proximal (n = 1) do esôfago. Cinco pacientes submeteram-se à esofagogastrectomia: três morreram cinco meses depois, dois se perderam no seguimento e um sobreviveu por sete meses.
Conclusão: O melanoma primário do esôfago é raro. Éle é geralmente polipóide, intraluminal e não-obstrutivo. Como outras doenças malignas do esôfago, o prognóstico é sombrio, mesmo fazendo-se sua ressecção .

 

Simone Duarte Damato
Médica Residente (R1) do Departamento de Radiologia daUniversidade Federal

Fluminense

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License