SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número3 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Radiologia Brasileira

versão On-line ISSN 1678-7099

Radiol Bras v.37 n.3 São Paulo maio/jun. 2004

https://doi.org/10.1590/S0100-39842004000300022 

RESUMO DE TESE

 

Pavimentação em mosaico: correlação da tomografia computadorizada de alta resolução com a anatomopatologia

 

 

Autora: Karen Amaral do Vabo
Orientador: Edson Marchiori

Dissertação de Mestrado. UFF, 2004.

 

 

Pavimentação em mosaico é um padrão radiológico encontrado na tomografia computadorizada de alta resolução do tórax, que consiste na presença de áreas de opacidade em vidro fosco, com septos interlobulares espessados de permeio.

Neste trabalho foram estudadas, retrospectivamente, as tomografias de 30 pacientes que apresentavam o padrão de pavimentação em mosaico. Material anatomopatológico foi obtido, por meio de necropsia ou biópsia, de pelo menos um caso de cada doença, com exceção da pneumonia em resolução, e analisado com o objetivo de fazer a correlação com os achados na tomografia computadorizada de alta resolução.

Foram encontradas 12 diferentes doenças como determinantes deste aspecto, sendo oito casos de proteinose alveolar, seis casos de edema pulmonar, seis casos de carcinoma bronquíolo-alveolar, três casos de pneumocistose, dois casos de pneumonia bacteriana inespecífica em resolução, dois casos de pneumonite por hipersensibilidade, um caso de linfoma, um caso de aspergilose invasiva, um caso de leptospirose, um caso de microlitíase alveolar, um caso de pneumonia lipídica e um caso de toxoplasmose aguda. O substrato anatomopatológico para o padrão de pavimentação em mosaico variou de acordo com a doença responsável pelo achado.

Neste estudo foram encontradas doenças já conhecidas como causas do padrão de pavimentação em mosaico e foram acrescentados à lista de determinantes deste padrão o linfoma, a aspergilose invasiva, a leptospirose, a microlitíase alveolar e a toxoplasmose aguda, doenças que, na literatura consultada, ainda não haviam sido descritas como causa do padrão de pavimentação em mosaico.

 


 

O valor do eco color Doppler para o diagnóstico de vazamento no tratamento endovascular do aneurisma da aorta abdominal

 

 

Autora: Alessandra Fois Câmara Lacerda
Orientadores: Antonio Carlos Pires Carvalho, Arno von Ristow

Dissertação de Mestrado. UFRJ, 2003.

 

 

Neste trabalho foi avaliado o valor do eco color Doppler (ECD) no diagnóstico dos vazamentos durante o acompanhamento dos aneurismas de aorta abdominal (AAA) tratados pela técnica endovascular.

O ECD foi comparado com a tomografia computadorizada helicoidal (TCH) em 38 pacientes, totalizando 60 exames realizados. O tempo de pós-operatório variou, de acordo com o encaminhamento, de 1 a 29 meses. Dos 38 pacientes, 33 foram do sexo masculino (87%) e cinco, do sexo feminino (13%). Os vazamentos foram caracterizados como a presença de fluxo a cores fora da endoprótese e dentro do saco aneurismático. Doze (20%) dos 60 exames foram excluídos por não preencherem os critérios de exame adequados para a comparação com a TCH, sendo então 48 exames comparados.

Os vazamentos estavam ausentes no ECD e na TCH em 37 exames (77%) e foram detectados por ambas as técnicas em oito exames (17%). O ECD detectou vazamento não confirmado pela TCH em dois exames (4%). Em um exame a TCH detectou vazamento não observado no primeiro exame de ECD, porém confirmado pelo segundo exame seis meses após. Quarenta e cinco (94%) dos exames de ECD foram correlatos com os achados da TCH. A sensibilidade do ECD foi de 88,9% (8/9), a especificidade foi de 94,9% (37/39), o valor preditivo positivo foi de 80% (8/10) e a acurácia foi de 94%. Dois exames foram considerados falsos positivos. O valor preditivo negativo do ECD foi de 97% (37/38).

Os resultados mostram que o ECD e a TCH apresentam resultados comparáveis (p = 0,8 por Kappa) para a detecção de vazamentos. Esta experiência inicial demonstra que o ECD é um método promissor para a detecção de vazamentos durante o acompanhamento de pacientes com AAA tratados com endopróteses.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons