SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 número1Perspectivas para o ensino em radiologia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Radiologia Brasileira

versão impressa ISSN 0100-3984

Radiol Bras v.41 n.1 São Paulo jan./fev. 2008

http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842008000100001 

EDITORIAL

 

Rumos da Radiologia Brasileira

 

 

Edson Marchiori, Giovanni Guido Cerri, Fernando Alves Moreira

Editores da Radiologia Brasileira

 

 

Nos últimos anos, a diretoria do Colégio Brasileiro de Radiologia e os editores da revista Radiologia Brasileira vêm fazendo um esforço muito grande para colocar a revista em padrões internacionais, com o objetivo maior de conseguir indexá-la em bancos internacionais (Medline e, particularmente, ISI). Esta indexação tem como maior vantagem aumentar a visibilidade da produção radiológica brasileira, visto que os nossos artigos passariam a ser encontrados nas fontes internacionais de busca mais usadas, especialmente no PubMed.

Conseguimos instituir o sistema de revisões on-line, que permitiu maior agilidade na tramitação dos artigos em avaliação, sem o uso do correio, com possíveis extravios, possibilitando inclusive que os artigos passassem a ser avaliados por dois revisores e, eventualmente, até por três. Além disso, a revista tem uma versão on-line em inglês, na íntegra, permitindo o acesso de pesquisadores de todo o mundo. A revista aumentou muito o número de artigos originais publicados, priorizando-os em relação aos relatos de caso e artigos de revisão, aproximando-se mais ainda dos critérios exigidos para indexação internacional.

Não pode ser esquecido o papel do corpo editorial, que tem sido de enorme importância no processo. Profissionais extremamente ocupados, que anonimamente disponibilizam parte do seu escasso tempo livre para rever os artigos, avaliá-los, modificá-los, aceitando-os ou recusando-os, garantindo o que é mais importante numa revista científica: a qualidade e o rigor científico do material publicado. O trabalho destes revisores dobrou no último ano, quando os artigos passaram a ser avaliados por dois revisores.

Contudo, precisamos dar os passos seguintes, que dependem muito do corpo editorial e dos autores nacionais. Uma revista, para se credenciar em bancos internacionais, precisa, sobretudo, ser citada. É fundamental que os autores nacionais procurem citar a nossa revista em suas publicações, especialmente naquelas internacionais.

Outra mudança necessária para a submissão da revista ao Medline é uma redução drástica no número de membros do conselho editorial. Por outro lado, a revista necessita do trabalho de todos, e até de ampliar o número de revisores. Dessa forma, seguiremos em 2008 o exemplo da maior parte das revistas internacionais: faremos um corpo de revisores, que será listado no último número da revista em 2008, e manteremos no conselho editorial (que precisa ser reduzido à metade), os representantes de cada subespecialidade que tiveram participação mais ativa nas revisões de 2007, em proporção equivalente ao número de artigos recebidos de cada subespecialidade (algumas especialidades tinham muitos membros, com uma demanda pequena de artigos submetidos daquela área; em contrapartida, outras subespecialidades, que receberam muitos artigos, tinham poucos revisores). Esperamos que todos compreendam que pertencer ao conselho editorial ou ao corpo de revisores são funções com a mesma importância. A divisão foi meramente administrativa, para atender às exigências do Medline.

Esperamos contar com o apoio de todos nessa iniciativa, porque a indexação no Medline será uma grande conquista da radiologia nacional, com benefícios para todos nós.