SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número4From aromas and perfumes, the market of the "smell" industry índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Química Nova

versión impresa ISSN 0100-4042

Quím. Nova vol.35 no.4 São Paulo  2012

http://dx.doi.org/10.1590/S0100-40422012000400039 

ASSUNTOS GERAIS

 

Profa. Dra. Judith Felcman - sua vida acadêmica e contribuição à ciência

 

 

 

Judith Felcman nasceu em 3 de maio de 1941, na cidade do Rio de Janeiro. Graduou-se em Farmácia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1962, e completou o mestrado em Química, em 1980, sob orientação do Prof. Hans Joacchim Eichhoff, na Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ). Judith passou a ter uma atuação destacada na Química Inorgânica e Analítica brasileira após 1983, quando obteve seu doutorado com João J. R. Frausto da Silva, renomado Professor da Universidade Técnica de Lisboa, com quem prosseguiu no pós-doutorado em 1985 e 1989. Sua tese focalizou o papel do vanádio na biologia, e nela explorou com propriedade a natureza dos complexos de oxo-vanádio(IV) com ácidos poliaminocarboxílicos e sua ocorrência no cogumelo Amanita muscaria. Mais do que um trabalho de tese, foi o início de uma importante linha de pesquisa em uma área que, na época, era ainda incipiente em todo o mundo. Tratava-se da Química Bioinorgânica. Hoje, é uma das áreas mais férteis dentro da Química, principalmente por conjugar os princípios e diversidade dos elementos inorgânicos com os processos da vida, transpondo a Tabela Periódica dos Elementos para o universo dos sistemas biológicos.

Sua trajetória acadêmica na PUC-RJ, desde 1978 até o presente, é repleta de contribuições importantes para o ensino, pesquisa e extensão. Coordenou inúmeras atividades e comissões estatutárias, incluindo a de Pós-Graduação e foi Diretora do Departamento de Química da PUC-RJ. Conduziu um grande número de projetos, tanto acadêmicos como aplicados à área de Petróleo, com captação de recursos e produção de resultados relevantes para a PETROBRAS. Orientou 48 teses de mestrado e doutorado, publicou 54 artigos em periódicos indexados, 3 livros, 4 capítulos de livro e apresentou mais de uma centena de comunicações em congressos nacionais e internacionais. Foi coeditora de vários livros, incluindo o Molecular and Supramolecular Bioinorganic Chemistry - Applications in Medical Sciences, publicado em 2009 pela Nova Science Publishers Inc., N. York (EUA).

No âmbito nacional e internacional, Judith Felcman tornou-se bastante conhecida e respeitada por sua intensa participação em atividades científicas, organizando ou frequentando congressos e eventos, como o ICBIC (International Conference on Biological Inorganic Chemistry, Viena, 2007). Na área de Química Inorgânica, a realização do IV Simpósio Nacional de Química Inorgânica na PUC-RJ, em 1988, sob sua coordenação, foi um marco importante para o desenvolvimento da área no Brasil.

Foi delegada do Brasil e membro da Comissão de Dados e Constantes de Equilíbrio da IUPAC (International Union of Pure and Aplied Chemistry) de 1996 a 1999. Prestou serviços importantes para as agências e órgãos de fomento, bem como para as revistas científicas, participando ativamente em bancas examinadoras de teses e concursos públicos. Sua atuação e respeitabilidade contribuíram para elevar o conceito do Departamento de Química da PUC-RJ no cenário nacional e internacional. Foi membro da Diretoria da Divisão de Química Inorgânica da Sociedade Brasileira de Química no período de 2002 a 2008. Sua presença constante no meio científico, sempre acompanhada de um carinhoso sorriso, era sua característica marcante. Judith, professora, cientista e amiga, sua vida ficará para sempre na lembrança da comunidade científica brasileira.

 

Henrique E. Toma
IQ - USP