SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue5Sorption and leaching of thiamethoxam in soils treated with sewage sludge and cultivated with Coffee arabica author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Química Nova

Print version ISSN 0100-4042

Quím. Nova vol.35 no.5 São Paulo  2012

https://doi.org/10.1590/S0100-40422012000500001 

EDITORIAL

 

No 35º Aniversário, encerra-se mais uma gestão da SBQ: 2010-2012

 

 

César ZuccoI; Adriano D. AndricopuloII

IPresidente da SBQ 2010-2012
IISecretário Geral da SBQ 2010-2012

 

 

Nos primeiros meses da administração da SBQ na gestão 2010-2012, foi realizado um planejamento estratégico envolvendo a Diretoria e o Conselho Consultivo. A missão, a visão, os princípios, o ambiente externo (oportunidades e ameaças) e o ambiente interno (pontos fortes e pontos fracos) da Sociedade foram levantados e discutidos.

A partir desse autoconhecimento, formularam-se cinco questões estratégicas, consideradas prioritárias e de grande impacto à Sociedade: i) como promover o fortalecimento da SBQ?; ii) como melhorar e ampliar o apoio da SBQ ao seu associado?; iii) como incrementar as relações e atuação da SBQ junto a entidades similares?; iv) como promover a atuação da SBQ na contribuição ao desenvolvimento sustentável da sociedade?; e, v) como implantar um projeto de comunicação e marketing para a SBQ? As ações desta gestão buscaram, além de cumprir com a plenitude possível suas finalidades associativas, responder concretamente às questões elencadas.

Na 35ª RASBQ, tomaram posse os novos Dirigentes e Conselheiros eleitos, em todos os níveis organizacionais da nossa Sociedade, para a gestão 2012-2014, e, inevitavelmente, surgem expectativas relacionadas com os rumos da Sociedade que, dependendo do olhar e sensibilidade de cada associado, podem ser positivas ou não. O novo Estatuto vigora, pela primeira vez, em eleições. Destacam-se, como inovações, as escolhas do Presidente Sucessor e do Conselho Fiscal, instrumentos com fins explícitos de preservar a estabilidade institucional da Sociedade e de garantir a pluralidade de opiniões e a transparência administrativa. A aprovação e a implantação desse novo Estatuto foram resultado do planejamento estratégico.

As ações formuladas para o alcance das metas associadas às questões estratégicas foram planejadas tendo como principal referencial o ano internacional da Química (AIQ-2011), que teve uma longa preparação prévia e supõe, necessariamente, um conjunto de ações pós-AIQ, como única forma de perpetuar, junto à comunidade química e à sociedade civil, o papel indispensável de uma boa e vigorosa Química para o desenvolvimento e bem-estar social. O AIQ-2011 foi um marco histórico da Ciência Química: daqui para o futuro, enxergaremos o antes e o depois de 2011. Por isso, vale relembrar os principais acontecimentos e realizações desse referencial.

A 34ª RASBQ foi um evento especialmente concorrido e animado. Fato inédito foi a significativa presença de químicos estrangeiros, dentre os quais os Presidentes da IUPAC, ACS e RSC, que participaram ativamente de debates e/ou proferiram palestras. O comparecimento de representantes das sociedades coirmãs deveu-se, em parte, à inserção internacional da SBQ – meta trabalhada há anos e que muito avançou no último biênio. O número de participantes, mais de 4.500, também foi resultado da ampliação e fidelização do quadro de associados, que aumentou em 20% nesses dois anos, baseado no fortalecimento das Regionais e das Divisões Científicas, bem como na participação colaborativa e no comprometimento dos associados.

Nacionalmente, a SBQ capitaneou as ações do AIQ-2011. O congraçamento e o trabalho cooperativo entre os inúmeros agentes nacionais dedicados à Química (CRQs, Associações, Universidades, Órgãos representativos da Academia e da Indústria Química, Museus e Casas da Ciência) e a adesão de milhares de sócios e professores do ensino médio levaram à realização de atividades científicas objetivando a divulgação e a popularização da Química. Foram registradas centenas de atividades no portal (http://www.quimica2011.org.br) coordenado pela SBQ, que contou com mais de 500 mil visitas em 2011. Tiveram forte repercussão social projetos como o pH do Planeta e o DVD – Projeto da SBQ, 80 mil unidades distribuídas pelo MEC, com coleções da QNesc, Química do Cotidiano (sete livros), Química Perto de Você, Experimentos para Sala de Aula do Ensino Básico, a Exposição Química do Cotidiano e 365 Dias de Química. Dezenas de palestras e conferências foram proferidas por cientistas brasileiros e estrangeiros, entre os quais vários pesquisadores laureados com o Prêmio Nobel de Química. Os Fóruns dos Coordenadores de Cursos de Graduação e dos Programas de Pós-Graduação em Química realizaram, pela primeira vez, encontro conjunto, cuja temática principal foi a educação em Química e a formação do Químico, com claras inserções estimulando o desenvolvimento da Química pura e da solução de problemas químicos atuais (inovação), visando a sustentabilidade por meio da Química Verde.

As nossas revistas JBCS, QN e RVq, com a missão de serem os melhores veículos de divulgação do avanço científico da Química e, especialmente, a QNEsc e a QNint, de educação em Química, responderam ao estímulo do AIQ, ocupando o espaço e o público que lhes é devotado. As mídias sociais dedicaram-se, também, à popularização da Química, em 2011: Facebook (AIQ2011): 2.131 seguidores e 756.694 visualizações de páginas; Twitter (@aiq2011): 1.907 seguidores; Blog (http://blog.quimica2011.org.br): cerca de 22 mil visitas; imprensa brasileira: mais de 1.000 inserções.

A SBQ aproveitou, nos últimos dois anos, as oportunidades midiáticas nos momentos importantes: no lançamento do AIQ, em janeiro de 2011, em Paris, a Comitiva Brasileira era amplamente formada por representantes da SBQ, que receberam tratamento diferenciado da IUPAC; em março de 2011, o Lançamento Nacional do AIQ, na ABC – RJ, foi uma solenidade impar, com repercussão nacional e no encerramento, em dezembro último, em Bruxelas, novamente a SBQ foi reconhecidamente aplaudida.

Em maio passado, com o tema central "Responsabilidade, Ética e Progresso Social", a 35ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química (35ª RASBQ) foi realizada em Águas de Lindóia – SP. O evento marcou a comemoração dos 35 anos de fundação da SBQ, com destaque para as discussões sobre a continuidade das atividades do AIQ-2011 e também sobre o próprio tema central da Reunião Anual, que possibilitou uma ampla avaliação de três conceitos atuais e importantes para a sociedade. Contando com uma variedade rica e interessante de assuntos e temais atuais, foram realizados 12 workshops, 11 minicursos, 13 conferências convidadas, 2 conferências empresa, 1 simpósio, 1 sessão especial, 3 sessões temáticas, 15 sessões coordenadas, 3 sessões de painéis, 3 atividades sociais, além de lançamentos de livros, homenagens, feira de exposições, assembleias regionais e divisionais, assembleia SBQ Jovem e um espaço dedicado à divulgação das atividades da SBQ no Ano Internacional da Química. O elevado nível científico foi marca constante nas diversas atividades realizadas durante a 35ª RASBQ, que contaram com expressiva participação de público. A festa em comemoração aos 35 anos da SBQ foi muito bonita e animada, registrando cerca de 2 mil participantes, entre os quais, vários ex-presidentes e membros de gestões passadas de nossa Sociedade. A Reunião Anual marcou também o encerramento de uma gestão e o início da nova gestão para o biênio 2012-2014. Na Assembleia Geral Ordinária, realizada no dia 31/5, tomaram posse os novos diretores para a gestão 2012-2014, bem como os membros eleitos para os Conselhos Consultivo e Fiscal, para as Secretarias Regionais e Divisões Científicas da SBQ.

Pelo segundo ano consecutivo, lançamos o Boletim Eletrônico Especial da Reunião Anual (http://boletim.sbq.org.br/boletim/berevele35ra.php), em formato de Revista Eletrônica, que pode ser acessado em qualquer lugar pela internet, através de computadores, aparelhos celulares e tablets, permitindo amplo acesso ao conteúdo e aos recursos gráficos. O Boletim Especial apresenta um panorama geral da 35ª RASBQ, com destaque para algumas das atividades mais importantes.

No próximo mês de agosto, a SBQ, como a única Organização Brasileira associada à IUPAC, realizará a 4th International IUPAC Conference on Green Chemistry, em Foz do Iguaçu.

A contundência das ações da SBQ em prol da ciência Química, suas aplicações e divulgação, a credencia a postular, no seu 40º aniversário, com o apoio declarado das principais Sociedades Internacionais coirmãs, a realização, no Brasil, em 2017, do 46º Congresso e 49ª Assembleia Geral da IUPAC. Das muitas propostas recebidas, a da SBQ foi julgada e aprovada pela IUPAC em sua reunião em Leiden, Holanda, em maio passado. Como resultado desta ação, a SBQ foi convidada para participar da reunião do Conselho da IUPAC na Assembleia Geral a ser realizada em Istambul, Turquia, em 2013, quando todas as propostas selecionadas serão analisadas para a tomada de uma decisão final. A proposta concorrente da SBQ caracteriza uma das importantes ações para depois do AIQ-2011.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License