SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue2Occurence of Colletotrichum gloeosporioides (Penz.) Sacc. in Carthamus tinctorius L., in the Paraná stateVinagreira: novo hospedeiro de Corynespora cassiicola no Pará author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Summa Phytopathologica

Print version ISSN 0100-5405

Summa phytopathol. vol.38 no.2 Botucatu Apr./June 2012

http://dx.doi.org/10.1590/S0100-54052012000200012 

COMUNICAÇÕES

 

Mancha-alvo em pepino japonês sob hidroponia no Pará

 

 

Tathianne Pastana de Sousa PoltronieriI; Luiz Sebastião PoltronieriII; Jaqueline Rosemeire VerzignassiIII, *; Ruth Linda BenchimolII; Eudes de Arruda CarvalhoII

IDepartamento de Fitopatologia e Entomologia, Instituto de Biologia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, CEP 23890-000, Rio de Janeiro, RJ
IIEmbrapa Amazônia Oriental, Tv. Enéas Pinheiro, S/N, CEP 66095-100, Belém, PA
IIIEmbrapa Gado de Corte, Rodovia BR 262, km 4, CEP 79002-970, Campo Grande, MS

 

 

No estado do Pará, o cultivo hidropônico vem sendo intensificado nos últimos anos, com destaque para as culturas da alface (Lactuca sativa L.), tomate (Lycopersicon lycopersicum L.), pepino (Cucumis sativus L.), jambu (Acmella oleracea L.) e do pimentão (Capsicum annuum L). Em visitas técnicas efetuadas em áreas de cultivos hidropônicos de pepino japonês no município de Benevides (PA), constatou-se nas folhas de pepino pequenas manchas foliares angulares com o centro marrom claro e bordas encharcadas, de coloração olivácea que, em estádio avançado, coalesciam, provocando o seu secamento e queda. Do material coletado, efetuou-se isolamento em meio de cultura BDA (Batata-Dextrose-Ágar) obtendo-se colônias fúngicas de coloração acinzentada, com micélio aéreo de aspecto aveludado e cotonoso. Os conídios apresentaram forma cilíndrica com base truncada, possuindo de dois a dez septos e medindo de 13 a 83 µm de comprimento e 6 a 11µm de largura, características correspondentes ao fungo Corynespora cassiicola (Berk & Curt.) Wei. As folhas de pepino sadias foram inoculadas com o fungo, produzindo sintomas semelhantes aos encontrados nas estufas e o reisolamento do patógeno foi realizado, comprovando-se a patogenicidade do fungo. A mancha-alvo, causada pelo fungo Corynespora cassicola, pode ocasionar perdas de até 60% na produção de pepino japonês em plantio comercial sob estufas plásticas, devido à desfolha que provoca nas plantas (Verzignassi et al., Fitopatol. Bras. 28:570, 2003). C. cassiicola foi anteriormente relatado no Pará causando mancha-alvo em juta (Corchorus capsulari L.), cacaueiro (Theobroma cacao L.), tomateiro (Solanum lycopersicum L.), hortência (Hydrangea macrophylla Thumb.), pimenteira longa (Piper hispidinervum C.), aceroleira (Malpighia glabra L.), mamoeiro (Carica papaya L.) e alface (Lactuca sativa L.),. Este é o primeiro relato do fungo em plantas de pepino no sistema de cultivo hidropônico no Pará.

 

 

 

Data de chegada: 09/11/2011
Aceito para publicação em: 19/04/2012

 

 

* Autor para correspondência: Jaqueline Rosemeire Verzignassi (jaqueline@cnpgc.embrapa.br).