SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue6Evaluation of plasma concentrations of fentanila, enantiomers of bupivacaine, lidocaine and its metabolite MEGX in maternal and fetal compartments author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia

Print version ISSN 0100-7203On-line version ISSN 1806-9339

Rev. Bras. Ginecol. Obstet. vol.30 no.6 Rio de Janeiro June 2008

http://dx.doi.org/10.1590/S0100-72032008000600010 

RESUMO DE TESE

 

Expressão dos fatores VEGF, mmp-2 e 9, timp-1 e 2 no câncer de mama: correlação com o linfonodo sentinela e parâmetros clinicopatológicos

 

Expression of factors VEGF, mmp-2 and 9, timp-1 and 2 in the breast cancer: correlation with sentinel lymph node and clinicopathologics parameters

 

 

Autor: Flavio Cabreira Jobim
Orientador: Prof. Dr. Gilberto Schwartsmann

Dissertação de Mestrado apresentada à Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas, em 26 de fevereiro de 2008

 

 

OBJETIVO: analisar a expressão do fator de crescimento endotelial vascular (VEGF), metaloproteinases (MMPs) 2 e 9 e inibidores de metaloproteinases (TIMPs) 1 e 2 em neoplasias mamarias. Correlacionar estes fatores com o linfonodo sentinela (LNS) e características clinicopatológicas.
MÉTODOS: estudo transversal, incluindo 88 pacientes com tumor primário de mama, com linfonodo axilar clinicamente negativo e sem metástases à distância, submetidas a tratamento cirúrgico. Reação de imunohistoquímica foi utilizada para medir a imunorreação dos antígenos nos tumores. A quantificação da expressão dos fatores foi feita por meio do HSCORE=
Σ[(I + 1)] x PC, onde I e PC representam a intensidade da coloração e a percentagem das células coradas, respectivamente.
RESULTADOS: nenhuma correlação significativa foi encontrada entre a expressão do VEGF, MMP-2, MMP-9, TIMP-1 e TIMP-2 e o status do LNS. Entretanto, tumores com maior diâmetro (p<0,01) e a presença de invasão vascular (p<0,01) estavam correlacionados com a positividade do LNS. Altos níveis de VEGF (p=0,04) e baixos níveis de TIMP-1 (p=0,02) estavam associados com o tipo histológico ductal. Baixos níveis de TIMP-2 mostraram uma correlação significativa com a idade jovem (<50 anos; p=0,01) e tumores de maior diâmetro (2,0 a 5,0cm; p=0,04).
CONCLUSÃO: o LNS positivo foi correlacionado com tumores de maior diâmetro (p<0,01) e com a presença de invasão vascular (p<0,01). Altos níveis de VEGF e baixos níveis de TIMP-1 foram observados em pacientes com tumores do tipo ductal, enquanto altos níveis de TIMP-1 foram observados em tumores lobulares. Baixos níveis de TIMP-2 mostraram associação com a idade jovem e tumores de maior diâmetro.

Palavras-chave: Neoplasias Mamárias Neovascularização Fator A de Crescimento do Endotélio Vascular Metaloproteinases da Matriz Inibidores Teciduais de Metaloproteinases Biópsia do Linfonodo Sentinela

Keywords: Breast Neoplasms Neovascularization Pathologic Vascular Endothelial Growth Factor A Matrix Metalloproteinase Metalloproteinase Tissue Inhibitors Sentinel Lymph Node Biopsy/

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License