SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 issue5Power Doppler study at breast lesionsClinical and metabolic effects of the etonogestrel-releasing implant on the puerperium of healthy women author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia

Print version ISSN 0100-7203On-line version ISSN 1806-9339

Rev. Bras. Ginecol. Obstet. vol.31 no.5 Rio de Janeiro May 2009

http://dx.doi.org/10.1590/S0100-72032009000500014 

RESUMO DE TESE

 

Avaliação hemodinâmica e do equilíbrio ácido-básico de fetos transfundidos: análise da substituição progressiva da hemácia do tipo fetal pela hemácia do tipo adulto

 

Homodynamic and acid-basic equilibrium evaluation of transfused fetuses: analysis of the gradually replacement of fetal red cells by adult red cells in higher concentrations

 

 

Autor: Rose Mary de Castro Ranciaro Pereira
Orientador: Prof. Dr. Antonio Carlos Vieira Cabral

Tese apresentada ao Serviço de Medicina Fetal do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas de Gerais (UFMG), em 11 de dezembro de 2008

 

 

INTRODUÇÃO: a isoimunização de Rh materna desencadeia doença hemolítica perinatal, representando principal causa de anemia fetal. No tratamento pela transfusão intrauterina, pouco se conhece do efeito da concentração das hemácias tipo adulto transfundidas na hemodinâmica e trocas gasosas sanguíneas fetais.
OBJETIVO: verificar influência da substituição gradual de hemácias tipo fetal por tipo adulto em fetos submetidos à transfusão intrauterina na hemodinâmica pelo estudo do índice cardiofemoral (ICF) e equilíbrio ácido-básico pelo estudo dos parâmetros gasométricos da circulação sanguínea venosa fetal de gestantes isoimunizadas.
MÉTODOS: no período de 1998 a 2007, realizou-se estudo longitudinal aprovado pelo Comitê de Ética. Calculou-se o ICF precedendo as 275 cordocenteses realizadas em 85 fetos acompanhados. A concentração de hemoglobina fetal foi determinada pelo teste Kleihauer-Betke e os valores do pH, BE, SO2, HCO3, pO2 e pCO2 do sangue do cordão umbilical foram determinados no mesmo laboratório. A influência da concentração de hemácias tipo adulto no ICF e nos parâmetros gasométricos da circulação sanguínea fetal foi avaliada pelo método estatístico de regressão univariada/multivariada, considerando-senível de significância de 5% para testes de hipóteses.
RESULTADOS: o ICF relacionou-se de forma inversa e significativa à gradual substituição sangue fetal pelas hemácias tipo adulto. Na análise de regressão univariada (valor de p=0,04), e multivariada (valor de p=<0,0001), houve melhora da dinâmica cardíaca. A elevação da concentração de hemácias tipo adulto no sangue fetal influenciou direta e significativamente o valor do pH. Na análise de regressão linear univariada (valor de p=0,003), a correlação manteve-se significativa, assim como na análise de regressão multivariada (valor de p=<0,0001), coincidindo com diminuição da acidose. Demais parâmetros avaliados não sofreram influência significativa da substituição gradual de hemácia tipo fetal pela tipo adulto.
CONCLUSÕES: hemácias transfundidas tipo adulto em concentrações progressivamente maiores na circulação fetal melhoraram a dinâmica cardíaca avaliada pelo ICF, aumentando chance de proteção da dilatação cardíaca. Observou-se ainda melhora do pH pela redução da acidemia. Estes achados evidenciam elevada capacidade adaptativa fetal para manter homeostase na correção da anemia. Fetos submetidos a maior número transfusões se beneficiaram mais destes efeitos.

Palavras-chave: Isoimunização-Rh; Transfusão de sangue intra-uterina; Gasometria; Hemodinâmica; Hemoglobinas

Keys words: Rh-Isoimmunization; Blood transfusion intrauterine; BloodGas Analysis; Hemodynamics; Hemoglobins

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License