SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.1 issue1Eclecticism in Brazilian architecture: a scenery for modernizationSymptoms of a bourgeois way of life, 19th century Paraíba Valley: fazenda São Femando, Vassouras RJ (An archaeological and museological exploration) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

Share


Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material

Print version ISSN 0101-4714

An. mus. paul. vol.1 no.1 São Paulo  1993

http://dx.doi.org/10.1590/S0101-47141993000100012 

MUSEUS

 

São Paulo Antigo, uma encomenda da modernidade: as fotografias de Militão nas pinturas do Museu Paulista*

 

Ancient São Paulo, modernity's commission: Militão's photographs as models for oil paintings at the Museu Paulista

 

 

Solange Ferraz de Lima; Vânia Carneiro de Carvalho

MP/Universidade de São Paulo

 

 


RESUMO

Por ocasião das comemorações do centenário da Indendência do Brasil em 1922, o então diretor do Museu Paulista, Affonso de Escragnole Taunay, empenhou-se na montagem de exposições voltadas para a reconstituição arcaizante do passado urbano de São Paulo. Parte desse projeto consistiu em encomendas de pinturas realizadas a partir de matrizes fotográficas do século passado. O presente estudo discute as estratégias visuais presentes na transcodificação de objetos iconográficos de natureza diversa no ãmbito do espaço celebrativo do Museu e seus desdobramentos ideológicos, implícitos nas ações de caráter nacionalista,-educacional e preservacionista.

Unitermos: Iconologia. "Pintor" e modelos fotográficos. História do imaginário (São Paulo "Colonial"). História de coleções (Museu Paulista, década de 20).


ABSTRACT

The centennial commemoration of Brazil's Independence in 1922 offered the director of the Museu Paulista at that time, Affonso de Escragnole Taunay, the opportunity to organize public exhibitions dedicated to an archaizing recreation of São Paulo's urban past. Part of this commemoration resulted in commissioning well known artists to produce oil canvasses from 19th. - century photographic sources. The present study examines the visual strategies in the translation of dissimilar iconographic media, considered within the Museum's celebrative functions, and the ideological implications'in their nationalistic, pedagogic and conservational aims.

Uniterms: Iconology. Painting and photographic models. History of the imaginaire ("Colonial" São Paulo). History of collections (Museu Paulista, 1920's).


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

BIBLIOGRAFIA

AMARAL, Aracy. Artes Plásticas na Semana de 22. São Paulo, Perspectiva. 1982        [ Links ]

BORGES, Maria Elízia. A Pintura na "Capital do Café": sua História e Evolução no Período da Primeira República. São Paulo, Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, (dissertação de Mestrado). 1983        [ Links ]

BOURDIEU, Pierre. A Economia das Trocas Simbólicas. 2 ed. São Paulo, Perspectiva. 1987        [ Links ]

BRADBURY, Malcolm e MCFARLANE (orgs.). Modernismo: guia geral 1890 1989 1930. São Paulo, Cia das Letras.         [ Links ]

CATIANI, Iclea Borsa. O desejo de modernidade e as representações da cidade na pintura de Tarsila do Amaral. 1992. In: BULHÕES, Maria Amélia e KERN, Maria Lúcia Bastos(orgs.). A Semana de 22 e a emergência da modernidade no Brasil. Porto Alegre, Secretaria Municipal de Cultura, p.35-38.         [ Links ]

CHIARELLI, Tadeu. Um Jeca nos vernissages: Monteiro Lobato e o Desejo de uma Arte Nacional no Brasil (1850- 1919), São Paulo, ECAI USP, (dissertação de Mestrado). 1989        [ Links ]

DURAND, José Carlos. Arte, Privilégio e Distinção. São Paulo, Perspectiva. 1989        [ Links ]

FABRIS, Annateresa. O espetáculo da Rua: Imagens da cidade no primeiro modernismo. 1992. In: BULHÕES, Maria Amélia e KERN, Maria Lúcia Bastos (orgs.). A Semana de 22 e a emergência da modernidade no Brasil. Porto Alegre, Secretaria Municipal de Cultura, p.31-34.         [ Links ]

FREIRE, Laudelino. Um século de pintura: 1816-1916 Rio. de Janeiro, Tip. Rohe. 1916        [ Links ]

HORNE, Donald. Tbe Great Museum: the re-presentation of history. Londonand Sidney, Pluto. 1984         [ Links ]

IHERING, Hermann von. História do Monumento do Ipiranga e do Museu Paulista. Revista do Museu Paulista, v.l, p.9-31. 1895        [ Links ]

LEE, Francis Melvin. Henrique Bernardelli. São Paulo, FAU/USP, (dissertação de Graduação), (ms.). 1991        [ Links ]

TAUBERT, P. o fim e a disposição de um Museu Botânico. Revista do Museu Paulista, v.1,p.161-164. 1895        [ Links ]

TAUNAY, Affonso de E. - A Missão Francesa. São Paulo, Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro/Jornal do Comércio. 1912        [ Links ]

TAUNAY, Affonso de E. Guia da Seção Histórica do Museu Paulista. São  Paulo, Imprensa Oficial do Estado. 1937a        [ Links ]

TAUNAY, Affonso de E. 1937b. A propósito do curso de História da Civilização Brasileira na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Anuário da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo -São Paulo, Empresa Gráfica da Revista dos Tribunais, p. 122-130. 1934-35         [ Links ]

TAUNAY; Affonso de E. História do Café. Rio de Janeiro, Departamento do Café, v.4. 1939        [ Links ]

TAUNAY, Affonso de E. A mais velha iconografia brasileira do café. Mensário 1944 dojornal do Comércio. tomo 28, v.2, p. 385-389.         [ Links ]

TAUNAY, Affonso de E. A Propósito do Próximo Cincoentenário do Museu Paulista (1895-1945).1945a. Mensário do jornal do Comércio. Rio de Janeiro, 31(1):495-500, julho a set.         [ Links ]

TAUNAY, Affonso de E. As feiras de Sorocaba e sua iconografia. Mensário do jornal do Comércio. tomo 29, v. 1, p. 103-105. 1945b        [ Links ]

TAUNAY, Affonso de E. Iconografia paulista vetustíssima. Anais do Museu Paulista. tomo 13, p.30-45. 1949        [ Links ]

TAUNAY, Affonso de E. Velho São Paulo. São Paulo, Melhoramentos, 1954        [ Links ]

TOLEDO, Benedito Lima de. São Paulo: três cidades em um século. São Paulo, Duas Cidades. 1983        [ Links ]

TRINDADE, Jaelson Bitran. Tropeiros. São Paulo, Editoração Publicações e Comunicações Ltda. 1992        [ Links ]

WALSH, Kevin. The representation of the past: museums and heritage in the 1992 post-modern world. London, Routledge. ZÍLIO, Carlos. O artista modernista enquanto intelectual. In: BULHÕES, Maria Amélia e KERN, Maria Lúcia Bastos (orgs.). 1992. A Semana de 22 e a emergência da modernidade no Brasil. Porto Alegre, Secretaria Municipal de Cultura, p.19-20.         [ Links ]

 

BIOGRAFIAS DOS PINTORES E CATALOGAÇÃO DAS OBRAS CITADAS

Miyoko Makino MP/Universidade de São Paulo

Benedito Calixto de Jesus nasceu em Itanhaém, SP, em 1853 e faleceu na Capital, em 1927. Estudou em Paris, na Académie Julien e teve como mestres Gustave Boulanger, Lefebvre e Robert Fleury. Seu período de estadia na europa foi de 1881 a 1885. Salienta-se em suas obras um gosto acentuado pelo tema regionalista. Pintou marinhas e paisagens. Seu traço característico encontra-se no amor às tradições populares, cívicas e religiosas, tendo se dedicado, nos últimos anos de sua vida, à pintura histórica, de costumes regionais e temas religiosos. Escreveu memórias históricas sobre São Paulo, Santos, Itanhaém e litoral santista, além de contos como o intitulado "Costumes de minha terra". José Wasth Rodrigues era natural de São Paulo, tendo nascido em 1891, faleceu em 1957, no Rio de Janeiro. Realizou estudos, durante dois anos, com Oscar Pereira da Silva. Foi não somente pintor, mas também historiador e especialista em mobiliário, armaria e heráldica. Déstacou-se, ainda jovem, em artes plásticas. Em 1910, recebeu do governo pal}lista prêmio de viagem à Europa. Frequentou em Paris a Académie Julien e a Ecole de BeauxArts, tendo por mestres Jean Paul Laurens, Nandi e Lucien Simon. Expôs no Salão de Paris em 1914, e antes do início da I Guerra, regressou ao Brasil. Dois anos mais tarde fundou, em São Paulo, um curso de desenho e pintura, juntamente com Elponse e Zadig. Recebeu sua primeira medalha de ouro, no Salão Paulista de 1933 e primeiro prêmio de pintura em 1934. Em suas viagens por Minas Gerais, Bahia, Pernambuco e Rio de Janeiro registrou em óleos, aquarelas e desenhos, principalmente bicos-de-pena, velhos solares, igrejas e monumentos dessas regiões. Prestou colaboração ao Departamento do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, participando do Conselho consultivo e executando obras artísticas. Publicou as seguintes obras: Documentário arquitetônico relativo à antiga construção civil no Brasil, em oito volumes, amplamente ilustrados; Móveis antigos de Minas Gerais; A casa da moradia do Brasil antigo; além de desenhos e aquarelas do livro Uniformes do Exército Brasileiro. Jonas de Barros era natural de Itu (SP). Faleceu em agosto de 1939, em São Paulo. Em 1895 já participava de exposições na Casa Garraux e, em 1901, expôs" Rinha de Galos" e, em 1908, o esboço da pintura histórica "A Convenção de Itu, 1873", cujo quadro a óleo pertence ao acervo deste Museu e encontra-se exposto no Museu Republicano "Convenção de Itu", na cidade de Itu (SP). Nesse mesmo ano de 1908, recebeu medalha de Ouro na exposição da Escola Nacional de Belas Artes. Em 1902, realizou exposição individual com trinta obras, na Galeria Castelões. Convidado por Affonso de Taunay executou retratos de convencionais de Itu é vistas da cidade de São Paulo. Por ocasião de seu falecimento, estava com obras expostas na sede da Associção dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo, à rua São Bento. Seus trabalhos abordaram a paisagem, pintura de gênero, costumes e retratos.

Henrique Monzo nasceu em São Bernardo do Campo (SP), em 1896, e seu falecimento ocorreu, na Capital, em 1982. Matriculou-se, em 1913, no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, no Curso de Artes Plásticas. Expôs em 1917, obtendo medalha de bronze. Passou um ano no Rio de Janeiro, expondo no Salão Nacional de Belas Artes, em 1918. Regressando a São Paulo, continuou a enviar suas pinturas ao Salão Nacional, obtendo duas premiações. Sua primeira individual deu-se em 1938, em São Paulo. Nas exposições do Salão Paulista de Belas Artes conseguiu algumas medalhas. Em 1964, recebeu uma pequena medalha de ouro e, nesse mesmo ano, inaugurou em sua propriedade, perto do Morro do Jaraguá, a Galeria Narcisa. Foi homenageado em 1978. Dedicou-se a retratos, paisagens e pinturas de gênero. Convidado por Affonso de Taunay, realizou muitas vistas da cidade de São Paulo e de cidades paulistas, cenas de fazendas, retratos e cenas alegóricas, a partir de fotografias, gravuras, aquarelas e informações históricas. Foi pintor e restaurador do Museu Paulista na gestão de Affonso de Taunay. Bertho Adoms Worms nasceu na região de Lorena, França, no ano de 1968 e faleceu em São Paulo em 1932. Realizou seus estudos na Académie Julien, em Paris, tendo sido, entre outros, seus mestres Jules Lefvre, Gustave Boulange, Fleury e Benjamin Constant. Dedidou-se ao retrato, pintura de gênero, natureza morta, ocupando-se muito pouco da paisagem. Teve suas obras expostas no Salon de Paris. Realizou coletivas e individuais em São Paulo e Rio de Janeiro. Participou da Exposição Geral de 1922.

 

CATÁLOGO DAS OBRAS

"Antiga Estação da Luz'. Benedito Calixto de Jesus (1853-1927). Óleo sobre tela. a.c.i.d. Benedito Calixto s/do 50,Ox60,5crn. "Rua do Rosário em 1858'. José Wasth Rodrigues (1891-1957). Óleo sobre tela. a.c.i.d. J.W.R. 1920. 110x160crn.         [ Links ]

"Rua Direita e Largo ,de São pedro, 1858'. José Wasth Rodrigues (1891 1957). Oleo sobre tela. a.c.i.d. J.W.R. 1922. 86x65crn. "Páteo da Sé em 1862'. José Wasth Rodrigues (1891-1957). Óleo sobre tela.   a.c.i.e. J.W.R. 1918. 30,4x36,3crn.         [ Links ]

"Trecho Final da Antiga Rua do Rosário, 1858". José Wasth Rodrigues (1891 1957). Óleo sobre tela. a.c.i.d. J.W.R. 1919. 44x61,5crn.         [ Links ]

"Aspecto da Rua do Rosário à Noite em 1862".José Wasth Rodrigues (1891 1957). Aquarela. a.c.i.e. J.W.R. 11-1917. 38,7x33,7crn.         [ Links ]

"Rua Direita". José Wasth Rodrigues (1891-1957). Bico de Pena. a.c..i.d.J.W.R. 1918. 33,7x39,7crn. "Páteo da Sé e Igreja de São Pedro".José Wasth Rodrigues (1891-1957). Óleo   sobre tela. a.c.i.d.J.W.R. 1919. 54x81crn. "Ruas do Carmo e Boa Morte, 1860'. Jonas de Barros (? - 1939), Óleo sobre tela. a.c.i.d.J. Barros s/do 44,5x62,5crn. "Igreja da Boa Morte, 1860'. Henrique Manzo (1896-1982). Óleo sobre tela.   a.c.i.e. H. Manzo s/do 65,Ox81,5crn. "Largo do Ouvidor em 1858'. Henrique Manzo (1896-1982). Óleo sobre tela.   a.c.i.d. H. Manzo S. Paulo s/do 35,6x45,5,crn. "Convento da Luz, em 1860'. Henrique Manzo (1896-1982). Óleo sobre tela.   a.c.i.e. H. Manzo s/do 44,4x81,Ocrn.         [ Links ]

"Rua das Flores". Henrique Manzo (1896-1982). Óleo sobre tela. a.c.i.e. H. Manzo s/d.65,Ox81,5crn        [ Links ]

"Piques, 186"(J. Henrique Manzo (1896-1982). Óleo sobre tela. a.c.i.d. Henrique Manzo - São Paulo 1945. 73,3x101,4crn. "Rua da Tabatinguera, 1860". Berthe A. Worrns (1868-1937). Óleo sobre tela. a.c.i.d. B. Worrns s/do 52,Ox60,5crn.         [ Links ]

"Ladeira do Colégio, 1860'. Benedito Calixto de Jesus (1853-1927). Óleo sobre tela. a.c.i.d. B. Calixto s/do 50,2x65,Ocrn.         [ Links ]

"Paço Municipal, Forum, Cadeia de São Paulo em 1862". Benedito Calixto   de Jesus (1853-1927). Óleo sobre tela. a.c.i.d. B. Calixto s/do   49,Ox70,5crn.         [ Links ]

"Largo e Matriz o Brás em 1862".Benedito Calixto de Jesus (1853-1982).   Óleo sobre tela. a.c.i.d. B. Calixto s/do 49,7x64,1crn.         [ Links ]

"Inundação da Várzea do Carmo em 1892". Benedito Calixto de Jesus   (1853-1927). Óleo sobre tela. a s/do 125x400crn.         [ Links ]

"Rua da Quitanda, 1858'.Benedito Calixto de Jesus (1853-1982). Óleo sobre   tela. a.c.i.d. B. Calixto s/do 50,4x60,Ocrn. "Rua da Constituição, 1862".Benedito Calixto de Jesus (1853-1927). Óleo sobre tela. a.c.i.d. B. Calixto s/do 49,2x59,5crn. "Rua da Cruz Preta em 1858. Benedito Calixto de Jesus (1853-1927).Óleo   sobre tela. a.c.i.d. B. Calixto s/d. 50,Ox65,Ocrn.         [ Links ]

"Largo de São Bento, 1880". Nicola Petrilli. Óleo sobre tela. a.c.i.d. N. Petrilli s/do 64,3x74,9crn.         [ Links ]

 

 

* As autoras agradecem especialmente ao Prof. De. Ulpiano T. Bezerra de Meneses pela leitura crítica e sugestões enriquecedoras. Foram igualmente valiosas as indicações documentais fornecidas por Miyoko Makino e Jonas Soares de Souza, e o trabalho fotográfico realizado por Wanderlei Celesuino.