SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue1Delineamentos para uma teoria da MuseologiaO tratamento das superfícies arquitetônicas como problema teórico da restauração author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material

Print version ISSN 0101-4714

An. mus. paul. vol.12 no.1 São Paulo Jan./Dec. 2004

http://dx.doi.org/10.1590/S0101-47142004000100020 

MUSEUS

 

Os visitantes do Museu Paulista: um estudo comparativo com os visitantes da Pinacoteca do Estado e do Museu de Zoologia

 

 

Adriana Mortara Almeida1

Programa de pós-doutorado do Instituto de Geociências da Unicamp

 

 


RESUMO

Neste artigo pretende-se discutir as diferenças entre os públicos de museus de história, arte e ciência, com um aprofundamento nas motivações e expectativas dos visitantes. Para o Museu Paulista apresentarei de forma detalhada a "fala" dos visitantes em relação aos benefícios da visita e ao que mais gostaram, dando uma leitura preliminar de seu conteúdo.Dessa maneira, pensa-se em colaborar para o desenvolvimento dos estudos de públicos no Brasil, ainda pouco sistemáticos, mas que permitem aos museus conhecer seus públicos e assim criar e aperfeiçoar seus programas, de acordo com sua missão, mas com uma visão mais clara dos seus interlocutores/visitantes e até de seus "não-visitantes". Inicialmente, discutirei a questão da tipologia dos museus, por ser a base da hipótese de pesquisa, ou seja, se o perfil, as motivações e expectativas dos públicos variam conforme o tipo de museu. Em seguida, apresentarei referenciais teóricos e estudos que nortearam a metodologia e alguns dos resultados obtidos.Na última parte, descreverei as respostas dos visitantes do Museu Paulista às questões abertas, procurando identificar as leituras das exposições apresentadas, na visão do receptor/visitante.Este trabalho abriu um conjunto de questões para novas investigações sobre as condições dos visitantes e suas leituras das exposições.

Palavras-chave: Museu de história. Público de museus. Comunicação em museus.


ABSTRACT

This article presents and discusses the differences between the audiences of history, science and art museums, with emphasis on visitors' motivations and expectations. The "discourse" of Museu Paulista visitors will be described in terms of what they liked most and what benefits they felt they have gained with the visit. The article intends to contribute to Brazilian studies on museums' audiences, an area that is still evolving. Audience surveys may help museums to reorganize their programmes according to their mission, but with a clear view of the interests of their present and potential audiences. Initially, this article debates the issue of the museums' typology as the basis for the research hypothesis: whether the visitors' motivations and expectations vary according to museum type. Then, the theoretical references guiding the methodology will be presented, as well as some empirical results. In the last part, the responses of Museu Paulista visitors are described, presenting their interpretation of the museum's exhibitions, from the receiver/audience's point of view. This paper has brought forth many issues for further investigation on museum attendance and visitor's interpretation of exhibitions.

Keywords: History Museums. Museum Audience. Communication in Museums.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS

ALMEIDA, A.M.A relação do público com o Museu do Instituto Butantan: análise da exposição 'Na natureza não existem vilões'.1995.Dissertação (Mestrado),Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1995.         [ Links ]

_______.Avaliações da exposição de longa duração 'Lasar Segall: construção e poética de uma obra' e de sua ação educativa. São Paulo: Museu Lasar Segall, 2001. (Relatório geral).         [ Links ]

_______. Evaluation of the long-term exhibition "Lasar Segall: construction and poetics of an oeuvre". In: DUFRESNE-TASSÉ, C. (Ed.). L'évaluation, recherché apliquée aux multiples usages/evaluation, applied research with multiple uses/evaluación, pesquisa aplicada con múltiplos usos. Paris: Ceca/Icom, 2002, p. 307-321.         [ Links ]

ALMEIDA,A. M.; LOPES, M. M. Modelos de comunicação aplicados aos estudos de públicos de museus. Revista de Ciências Humanas,Taubaté: Unitau, v. 9, n. 2, p. 137-145, jul./dez., 2003.         [ Links ]

_______.Musées d'art, de science et d'histoire au Brésil: quels sont leurs visiteurs? In : DUFRESNETASSÉ (Ed.).Familles, adultes et personnes âgées au musées, recherches et perspectives/Families, adults and old age visitors in museums, research and perspectives/Familias, adultos y jubilados en el museo, investigacion y perspectivas. Paris: Conseil Internacional des Musées (no prelo).         [ Links ]

BOURDIEU, P.; DARBEL, A. O amor pela arte: os museus de arte na Europa e seu público. Tradução por Guilherme João de Freitas Teixeira. São Paulo: Edusp/Zouk, 2003 (Traduzido da edição francesa de 1969).         [ Links ]

BREFE, A. C. História nacional em São Paulo:o Museu Paulista em 1922.Anais do Museu Paulista. São Paulo, v. 10/11, p. 79-103, 2003.         [ Links ]

CAMERON,D. F. The pilgrim and the shrine: the icon and the oracle: a perspective on museology tomorrow.Museum management and curatorship. v. 14, n. 1, p. 47-55, 1995.         [ Links ]

CIMET, E.;DUJOVNE, M.; CANCLINI,N.G.;GULLCO, J.;MENDONZA,C.;PALMA,F. R.;SOLTERO,G. El público como propuesta: cuatro estudios sociológicos en museos de arte. México: Inba, 1987.         [ Links ]

CLARK, M.; BARTOLOMEO. A study of visitors to the Metropolitan Museum of Art. New York: Metropolitan Museum of Art, 1985.         [ Links ]

DENNERT,D. Open for new learning. Museum facing economic and social changes. In:KEYNOTE SPEECH, CECA/ICOM INTERNATIONAL CONFERENCE, Barcelona, 2001.         [ Links ]

DIGBY, P.W. Visitors to three London Museums: a survey of visitors to the British Museum, Science Museum and National Maritime Museum, London: Office of Population Censuses and Surveys, 1973.         [ Links ]

DOERING,Z.Who attends our cultural institutions? A progress report.Washington: Smithsonian Institution, 1995.         [ Links ]

DOERING, Z.; BICKFORD,A. Visitors to the Smithsonian Institution:A summary of studies, Washington: Smithsonian Institution: Institutional Studies Office, 1997.         [ Links ]

FALK, J.;DIERKING, L. The museum experience.Washington:Whalesback Books, 1992.         [ Links ]

_______. Learning from museums: visitor experiences and the making of meaning. Boston, Maryland: Altamira Press, 2000.         [ Links ]

FREIRE,C.Museu.Público.Arte Contemporânea.Um triângulo nem sempre amoroso.ARTEunesp, São Paulo, n. 9,p. 131-146, 1993.         [ Links ]

HEIZER,A. Uma casa exemplar: pedagogia, memória e identidade no Museu Imperial de Petrópolis. 92 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Departamento de Educação, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1994,         [ Links ]

HOOD,M.G. Staying away:why people choose not to visit museums. Museum News, v. 6, n. 4, p. 50-57, apr.,1983.         [ Links ]

LEHALLE, E.; MIRONER, L. Musées et visiteurs: un observatoire permanent des publics, Paris: Dirección des musées de France, 1993.         [ Links ]

LINTON, J.;YOUNG,G.;ERNST AND YOUNG;THE AUDIENCE RESEARCH CONSORTIUM.A survey of visitors at an art gallery, cultural history museum, science center, and zoo. ILVS Review, v. 2, n. 2, p. 239-259, 1992.         [ Links ]

MENESES, U. B. Pintura Histórica: documento histórico? In: _______.et al. Como explorar um museu histórico. São Paulo: Museu Paulista/USP,p. 22-25, 1992a.         [ Links ]

_______.Museus históricos: da celebração à consciência histórica. In: _______.et al.Como explorar um museu histórico. São Paulo: Museu Paulista/USP, p.7-10, 1992b.         [ Links ]

_______.O salão nobre do Museu Paulista e o teatro da História. In: _______.et al. Como explorar um museu histórico. São Paulo: Museu Paulista/USP,p. 25-29, 1992c.         [ Links ]

_______. Do teatro da memória ao laboratório da história: a exposição museológica e o conhecimento histórico. Anais do Museu Paulista. São Paulo: [n.s.], v. 2, p. 9-42, jan./dez1994a.         [ Links ]

_______.O Museu Paulista. Estudos Avançados, n. 22, p. 573-8, 1994b.         [ Links ]

MERRIMAN, N.The social basis of museum and heritage visiting. In: Pearce, S. (Ed.). Museum studies in material culture. London: Leiscester University Press, 1989, p. 153-171.         [ Links ]

OBSERVATOIRE PERMANENT DES PUBLICS. Les visiteurs du Louvre. Paris: Musée du Louvre, 1999.         [ Links ]

_______.Le public du Musée du Louvre em 1999. Synthèse. Paris: Musée du Louvre, 2000.         [ Links ]

OLIVEIRA, C. H. S. O Museu Paulista da USP e a memória da Independência. Caderno Cedes, Campinas, v. 22, n. 58, p. 65-80, 2002.         [ Links ]

_______.Museu Paulista: espaço de avocação do passado e reflexão sobre a história. Anais do Museu Paulista. São Paulo, v. 10/11, p. 105-126, 2003.         [ Links ]

PAULA,T.T.D.Tecidos no Brasil:um hiato.2004.229 f.Tese (Doutorado) – Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.         [ Links ]

PINACOTECA DO ESTADO. Você e o museu: pesquisa de perfil do público espontâneo da Pinacoteca do Estado. São Paulo: Pinacoteca do Estado, Área de Ação Educativa, 2002.         [ Links ]

PRENTICE, R.; DAVIES, A; BEEHO,A. Seeking generic motivations for visiting and not visiting museums and like cultural attractions. Museum management and curatorship, v.16, n. 1, p. 45- 70, 1997.         [ Links ]

ROCHA,A. L.G.;MOUTINHO,C. S. Análise estatística dos visitantes do Museu da República. Rio de Janeiro: Escola Nacional de Ciências Estatísticas, 1997.         [ Links ]

RUFFINS, F. D. Interpreting the past in the present. Journal of the Washington Academy of Sciences, v. 76, n. 2, p. 25-130, jun.,1986.         [ Links ]

SANTOS, M. C. L. (Org.). Universidade de São Paulo: alma mater paulista – 63 anos. São Paulo: Edusp/Imprensa Oficial, 1998.         [ Links ]

SCHÄFER, H.; DENNERT, D.; VON WERSEBE, H. Learning history in museums. In: THE 20th CENTURY, AN INTERPLAY OF VIEWS, Council of Europe, Museum of Contemporary History in Germany, 2001. (Conference).         [ Links ]

SCHUSTER, J. M.D. The audience of American art museums. National Endowment for the arts, Research Division Report, n. 23, second print, 1992.         [ Links ]

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA;VOX MERCADO.Primeiro diagnósticos da área cultural de Belo Horizonte. Belo Horizonte: Secretaria Municipal de Cultura, 1996.         [ Links ]

SICARD,M. Ce que fait le musée… Science et art, les chemins du regard. Publics & Musées, n. 16, p. 41-53, 2001.         [ Links ]

SILVA,C. S. Pesquisa de público em museus e instituições abertas à visitação: fundamentos e metodologias. Dissertação (Mestrado em Comunicações) – Escola de Comunicação,Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1989.         [ Links ]

STUDART,D.; ALMEIDA,A. M.;VALENTE,M.E.A.Pesquisa de público em museus:desenvolvimento e perspectivas. In: GOUVÊA, G.; MARANDINO, M; LEAL, M.C. (Org.). Educação e museu: a construção social do caráter educativo dos museus de ciência. Rio de Janeiro: Faperj/Access, 2003, p. 129-157.         [ Links ]

 

 

1 Bolsista da Fapesp.