SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue2Scientific knowledge and public health policies: reflections on the occurrence of filariasis in Recife, Pernambuco, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Cad. Saúde Pública vol.20 no.2 Rio de Janeiro Mar./Apr. 2004

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2004000200001 

EDITORIAL

 

50 anos da ENSP

 

 

Jorge A. Z. Bermudez

Diretor da ENSP

 

 

Este é um ano muito especial para nossa instituição, pois a Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca está comemorando 50 anos. Haveremos de chegar no dia 3 de setembro de 2004, data do cinqüentenário, no compasso de um ritmo intenso de atividades científicas e culturais, na efervescência do dia-a-dia desta que é uma pujante e sempre renovada instituição.

Somos uma Escola de Saúde Pública de grande porte e projeção nacional e internacional. Nossa inserção no SUS e no Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação é radical. Temos, portanto, uma responsabilidade enorme pela frente. Por nossas salas de aula passaram alunos que hoje ocupam cargos da maior relevância no cenário nacional e em outros países.

Posso afirmar também que a reformatação da estrutura do Ministério da Saúde (MS) nos facilitou a interlocução clara e intensa com o primeiro escalão, fortalecida desde a transição de governo. Temos trabalhado integradamente com todas as Secretarias, Agências Reguladoras e com a Fundação Nacional de Saúde. Também acompanhamos de perto os processos recentes de renovação na OPAS, em Washington e na OMS, em Genebra.

Desenvolvemos parcerias sólidas e inúmeras atividades conjuntas não somente nas Américas, como em escala mundial, com a OMS e outros organismos das Nações Unidas. Destaco em especial a área de Saúde e Ambiente com a OPAS; o Centro Colaborador da OPAS/OMS em Políticas Farmacêuticas; cooperação com o Canadá, envolvendo a ABRASCO, em Promoção da Saúde; cooperação com França e Chile em gestão hospitalar; com o CDC dos Estados Unidos em avaliação e HIV/AIDS, e em diversas áreas com os países africanos de língua de origem portuguesa (PALOPS).

Consideramos prioritárias as parcerias e demandas dos vários órgãos do MS para a capacitação de seus quadros dirigentes por meio de cursos de especialização e de mestrados profissionais, que vêm sendo implementados junto com a ANS, SAS, SVS e a própria FIOCRUZ.

Essa é a nossa ENSP: a ENSP que se faz presente em todos os grandes eventos relacionados com a Saúde e que incluem desde os Congressos no Brasil, Congressos no exterior, eventos internacionais, e da mesma maneira nas Conferências Nacionais de Saúde e nas Conferências Temáticas específicas, bem como em outros grandes eventos, como a Assembléia Mundial da Saúde.

Temos muito orgulho do nosso papel e das atividades que aqui se realizam. Quero destacar os 20 anos de Cadernos de Saúde Pública, ressaltando seu Editor Carlos Coimbra Jr., e a visão de futuro que tiveram Frederico Simões Barbosa, recentemente falecido, e Luis Fernando Ferreira, nosso Pesquisador Emérito. Em especial, quero destacar que temos orgulho de ser a ENSP parte da FIOCRUZ.

São muitos desafios pela frente. Contribuir na implementação das funções essenciais da saúde pública na Região das Américas; contribuir à exaustão com as metas do Plano Quadrienal da FIOCRUZ e com o Plano Plurianual de Governo, cumprindo seu compromisso social com as atividades de ensino, pesquisa e prestação de serviços de referência; efetivamente exercer seu papel na geração e disseminação do conhecimento; na formulação, implementação e avaliação de políticas setoriais no campo da Saúde; na capacitação de recursos humanos para o SUS.

Olhar o passado vivendo o presente e pensando no futuro. Ousar e implementar esse delírio coletivo que a inesquecível figura humana de Sérgio Arouca sempre referenciava. Essas devem ser as diretrizes a nortear nossas ações, nossa prática, nossos compromissos. Essa construção coletiva de 50 anos nos coloca frente ao desafio inquestionável de lutar sempre e jamais abandonar a utopia.

 


 

ENSP celebrates 50 years

 

 

Jorge A. Z. Bermudez

Director of the ENSP

 

 

This is a very special year for our institution, since the "Sérgio Arouca" National School of Public Health is celebrating its 50th anniversary. We will reach September 3rd, 2004, the date of our 50th, with an intense pace of scientific and cultural activities and the daily effervescence of a dynamic and constantly renewed institution.

We are a large-scale School of Public Health of national and international stature. We participate fully and radically in the Unified National Health System (SUS) and the National System for Science, Technology, and Innovation. We thus have a huge responsibility ahead of us. Our classrooms have received students who now occupy key positions both in the national scenario and in other countries.

I can also state that the reformatting of the Ministry of Health has facilitated our dialogue with the top echelon of government, strengthened since the Administration transition. We have worked in full integration with all the Secretariats and Regulatory Agencies as well as the National Health Foundation. We have also closely followed the recent innovation processes at PAHO in Washington and WHO in Geneva.

We develop solid partnerships and countless joint activities not only in the Americas, but also on an international scale, with WHO and other UN agencies. I would especially highlight the Health and Environmental area with PAHO; the PAHO/WHO Collaborating Center in Pharmaceutical Policies; our cooperation in Health Promotion with Canada, involving ABRASCO; cooperation with France and Chile in hospital management; with the CDC in the United States in HIV/AIDS evaluation; and in various areas with Portuguese-speaking African countries (PALOPS).

We ascribe particular priority to the partnerships and demands from various Ministry of Health agencies to train their leading personnel through specialization courses and professional Master's courses, which have been implemented together with the National Agency for Supplementary Health Services (ANS), the Health Care Secretariat (SAS), the Health Surveillance Secretariat (SVS), and FIOCRUZ itself.

This is our School: a National School of Public Health that is present in all the major health-related events, ranging from congresses in Brazil and abroad to international events and the National Health Conferences and specific Thematic Conferences, as well as other major events like the World Health Assembly.

We are extremely proud of our role and the activities that are carried out here. I wish to emphasize the 20 years of Cadernos de Saúde Pública/Reports in Public Health, with special mention for the journal's Editor, Carlos Coimbra Jr., and the visionary work of Frederico Simões Barbosa (recently deceased) and Luis Fernando Ferreira, our Researcher Emeritus. Above all, I wish to say how proud we are for ENSP to be part of FIOCRUZ.

There are many challenges ahead of us. To contribute to the implementation of essential public health functions in the Americas; to fully contribute to the goals of the FIOCRUZ Quadrennial Plan and the Government's Multi-Annual Plan, meeting the social commitment to activities as a reference in teaching, research, and services provision; to effectively play our role in generating and disseminating knowledge; in the formulation, implementation, and evaluation of health sector policies; and to train human resources for the Unified National Health System.

Looking at the past while living the present and thinking towards the future. Daring to materialize this collective dream, our legacy from the unforgettable human being Sérgio Arouca. These should be our guidelines, lighting our way, our actions, our practice, our commitment. This collective construction in 50 years raises an unquestionable challenge for us, to struggle unfailingly and never give up the utopia.