SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.2 issue1  suppl.1Análise da vegetação de floresta pluvial tropical de terra firme, pelo método dos quadrantes: Serra Norte, Carajás, PAContribuição preliminar aos tipos polínicos da Tribo Mutisieae (Compositae) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Botanica Brasilica

Print version ISSN 0102-3306

Acta Bot. Bras. vol.2 no.1 supl.1 Feira de Santana  1988

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-33061988000300005 

Controle de qualidade de madeiras da região amazônica*

 

 

João Peres Chimelo

I.P.T. - Divisão de Madeiras - Chefe de Agrupamento de Anatomia e Identificação - CP. 7141 - CEP 05508 - São Paulo, SP

 

 


RESUMO

O grande número de espécies encontrado nas florestas tropicais úmidas tem sido mencionado freqüentemente como um dos principais obstáculos a uma utilização mais intensiva da madeira em países em desenvolvimento. Este trabalho descreve dois exemplos de como o conhecimento da anatomia e das propriedades físicas e mecânicas das espécies abundantes, aliado a um esquema adequado de controle de qualidade, pode viabilizar uma maior utilização de madeiras da amazónia brasileira. O primeiro exemplo se refere à produção de dormentes para a Estrada de Ferro Carajás (E.F.C.) com 890 km de extensão, onde foram empregados cerca de 2.100.000 dormentes; o segundo trata do uso de madeira serrada para habitação de baixo custo, no Estado de São Paulo, cuja construção é administrada pelas Companhias Habitacionais - COHABs.

Palavras-chave: Madeiras amazônicas, Dormentes, Habitações, Controle de Qualidade.


ABSTRACT

The large number of species usually found in tropical rain forests has been frequently mentioned as one of the main obstacles to a better utilization of wood as a construction material in developing countries. This paper describes two examples of how the knowledge about anatomical features and technological properties, together with an adequate quality controle scheme, made possible greater utilization of Amazon species. One of these examples is the production of sleepers for the Estrada de Ferro Carajás (Carajás Rail Road), 890 km (560 miles) long that used about 2.1 million cross ties; the is the use of sawn timber in low cost housing in the State of São Paulo, built under the supervision of State Housing Companies - COHABs.

Key words: Amazonian woods, Crossties, Housing, Quality Control.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

Referências Bibliográficas

BASTOS, A. de M. 1966. Madeiras da Amazônia para dormentes. Rio de Janeiro. 88p.         [ Links ]

FREITAS, A.R. de 1982. Potencial de utilização de madeiras em construções. In: Encontro Brasileiro em Preservação de Madeiras. 1. Palestra Inaugural.         [ Links ]..

FREITAS, A.R. DE & CHIMELO, J.P. 1982. Utilização de madeiras amazônicas para a produção de dormentes para o projeto Estrada de Ferro-Carajás. In: Congresso Brasileiro de Essências Nativas. Anais... p. 1316-1327.         [ Links ]

B. NETO, O. de et ai. 1983. Amazon woods for crosstie production. In. Conferência da Iufro, Madison, USA.         [ Links ]

PEREIRA, J.A. & MAINIERI, C. 1949. Madeiras brasileiras empregadas para dormentes. Anu. Bras. Econ. Florest., Rio de Janeiro, 2(2): 215-251.         [ Links ]

SOARES L. 1981. Madeira. Setor já pode identificar os tipos, conforme o uso. A Construção, Rio de Janeiro (184): 38-39.         [ Links ]

 

 

Recebido em 10/09/88
Aprovado em 01/03/89

 

 

* Trabalho apresentado no Workshop Internacional sobre Anatomia de Madeira dos Países Membros do Tratado de Cooperação Amazônica, realizado durante o XXXIX Congresso Nacional de Botânica, em Belém, PA, de 25 a 31/01/88.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License