SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue2Distribuição espacial de espécies perenes em uma mata de galeria inundável no Distrito Federal: florística e fitossociologiaMelastomataceae no Distrito Federal, Brasil: Tribo Miconieae DC author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Botanica Brasilica

Print version ISSN 0102-3306

Acta Bot. Bras. vol.10 no.2 Feira de Santana Dec. 1996

https://doi.org/10.1590/S0102-33061996000200011 

RESUMOS DE DISSERTAÇÕES E TESES
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

 

 

TÍTULO: Aspectos morfológicos, ecológicos e biogeográficos de 10 táxons de Capsicum (Solanaceae) ocorrentes no Brasil

AUTOR: Luciano de Bem Bianchetti

DATA: Setembro de 1996.

LOCAL: Universidade de Brasília - UnB

NÍVEL: Mestrado

BANCA EXAMINADORA:

Carolyn Elinore Barnes Proença (orientador) - UnB
Lúcia d'Avila Freire de Carvalho - JBRJ
Tarcíso de S. Filgueiras - IBGE

 

RESUMO - As espécies do gênero Capsicum apresentam importância econômica nas áreas de alimentação e medicina. Capsicum é um gênero americano com apenas uma espécie ocorrendo fora das Américas. O gênero é composto por 5 espécies domesticadas e 15-25 nas categorias semi-domesticadas e silvestres. A distribuição natural das espécies americanas restringe-se a duas zonas: a) zona andina e b) zona litorânea brasileira. Além de resultados morfológicos e de cruzamentos, novas técnicas (por exemplo: eletroforese, DNA) vêm sendo aplicadas, gerando um melhor entendimento das relações genéticas e o estabelecimento de ancestralidade entre as diferentes espécies domesticadas e silvestres. No entanto, estes resultados referem-se exclusivamente às espécies andinas. O conhecimento das espécies brasileiras se encontra em estádio muito inicial, não passando de parcas descrições botânicas. Essa lacuna de conhecimento impede que o gênero seja avaliado em sua totalidade. O presente trabalho tem como objetivo estudar 10 táxons do gênero Capsicum (Solanaceae), de ocorrência no Brasil, e fornecer dados morfológicos, ecológicos e biogeográficos que possam contribuir para um melhor conhecimento do gênero. As espécies estudadas foram distribuídas em duas categorias: 2 táxons semi-domesticados ou cultivados (C. baccatum L. var. baccatum e C. baccatum L. var. praetermissum (Heiser & Smith) A.T.Hunziker) e 8 táxons silvestres (C. campylopodium Sendtner, C. dusenii Bitter, C. mositicum Toledo. C. parvifolium Sendtner, C. schottianum Sendtner var. flexuosum (Sendtner) A.T.Hunziker, C. xillosum Sendtner var. villosum, Capsicum sp. 1 e Capsicum sp.2). Foram discutidos aspectos morfológicos e ecológicos com ênfase para coloração das flores, forma de apresentação de flores e frutos, cálice, tricomas, sementes e tipos de ambientes. Foram realizadas análises morfológicas com descrições e chave para identificação dos 10 táxons. C. mositicurn foi citado pela primeira vez na vasta literatura do gênero e Capsicum sp. 1 e Capsicum sp. 2 foram apresentados como inéditos. Foram apresentados dendrogramas mostrando as afinidades entre as diferentes espécies estudadas. Foram realizadas comparações com as espécies andinas e apresentado um novo padrão de dispersão, identificação dos centros de diversidade, uma hipótese sobre a atual distribuição geográfica do gênero.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License