SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número6Prevendo a sobrevida da fibrose pulmonar idiopática: estamos melhorando? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Jornal de Pneumologia

versão impressa ISSN 0102-3586

J. Pneumologia v.29 n.6 São Paulo nov./dez. 2003

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-35862003000600001 

EDITORIAL

 

O espírito do Jornal de Pneumologia

 

 

Geraldo Lorenzi-Filho

Editor do Jornal de Pneumologia

 

 

Uma publicação científica serve para manter uma sociedade que tem interesses em comum unida.(1) Este número do Jornal de Pneumologia (JP) publica os nomes dos revisores ad hoc, que contribuíram de forma decisiva para o sucesso do JP neste ano. As publicações científicas são baseadas no conceito da revisão por pares. Trata-se de uma visão interessante, pois toda a sociedade científica contribui diretamente para a qualidade final da publicação. Sem revisores, não existe revista científica; esse é o espírito. O JP tem um corpo editorial de peso, que tem trabalhado muito. No entanto, o número de artigos submetidos ao JP cresceu exponencialmente nos últimos dois anos. A indexação do JP na base de dados SciELO(2) e a tradução integral de toda a revista para o inglês (www. jornaldepneumologia.com.br)(3) foram decisivas para alçar o JP a um novo patamar. Melhor do que as palavras são os números. Na Tabela 1 resumimos tudo que o JP publicou em 2002 e 2003. Acredito que o dado mais significativo seja o aumento de 50% dos artigos originais publicados em 2003. A Tabela 2 mostra alguns dados que não são habitualmente acessíveis. Com o auxílio da internet, conseguimos uma redução significativa não só da média, mas também da variabilidade, entre a data da submissão do artigo e a primeira revisão. O aumento da velocidade dos revisores ocorreu sem qualquer prejuízo da qualidade das revisões. Pelo contrário, os revisores estão mais exigentes e seguimos a tendência de aumentar a percentagem de artigos recusados. Os números indicam que o JP ganhou não só em quantidade, mas também em qualidade. A maioria esmagadora dos pareceres é constituída de críticas científicas construtivas que melhoram a qualidade final dos artigos publicados. O trabalho por trás de uma publicação científica do porte do JP não é trivial. Temos, por exemplo, hoje, 54 artigos em processo de revisão. Em nome da Sociedade, só me resta agradecer a todos os revisores, que fazem um trabalho artruista e anônimo e constituem o verdadeiro espírito do JP.

 

 

 

 

Referências

1.Tobin MJ. The role of a journal in a scientific controversy. Am J Respir Crit Care Med 2003;168:511.

2.Queluz THAT. Admissão do Jornal de Pneumologia na SciELO Brasil: uma vitória com novos desafios. J Pneumol 2002;28(1):X.

3.Lorenzi-Filho G. O sonho dos mil gatos. J Pneumol 2002;28:305-6.