SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue2Consequences of radical behaviorist externalismAffectivity from a perspective of subjectivity author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia: Teoria e Pesquisa

Print version ISSN 0102-3772

Psic.: Teor. e Pesq. vol.15 no.2 Brasília May/Aug. 1999

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37721999000200004 

ARTIGOS

 

 

Estilos parentais e desenvolvimento de habilidades sociais na adolescência*

 

Parenting styles and development of social skills during adolescence

 

 

Janaína T. B. Pacheco; Marco A. P. Teixeira; William B. Gomes1

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

 

 


RESUMO

Este estudo examinou a relação entre estilos parentais e o desenvolvimento de habilidades sociais na adolescência. Os sujeitos foram 193 adolescentes secundaristas de duas escolas públicas de Porto Alegre. Foram utilizados um questionário para o levantamento da percepção de desempenho em dez habilidades sociais e duas escalas (Responsividade e Exigência) para a classificação dos estilos parentais em quatro categorias: autoritário; autoritativo; indulgente e negligente. Os resultados indicaram que, de uma forma geral, os adolescentes relatam apresentar as habilidades sociais necessárias às situações investigadas. As habilidades que apresentaram maiores dificuldades foram iniciar relacionamento interpessoal; solicitar mudança no comportamento do outro e expressar sentimentos. Não foram encontradas diferenças (MANOVA) quanto à presença de habilidades sociais entre os adolescentes que identificaram seus pais em diferentes estilos parentais. No entanto, foram encontradas entre esses grupos diferenças significativas quanto às variáveis que estão relacionadas às habilidades sociais, como ansiedade e agressividade.

Palavras-chave: estilos parentais; habilidade social; adolescência.


ABSTRACT

The purpose of this study was to examine the relationship between parenting styles and development of social skills during adolescence. A total of 193 high school students (ages 14-17) from two public schools in Porto Alegre answered a questionnaire to evaluate perception of performance in ten social skills, as well as, two scales (Responsiveness and Demandingness) allowing to classify parental attitudes in four types: authoritarian, authoritative, indulgent and negligent. Generally, the results indicate that the adolescents have the necessary social skills for the investigated situations. The skills for which they presented more difficulties were the following: beginning interpersonal relationship; asking for change on someone else's behavior and expressing feelings. Significant differences on the presence of social skills among the adolescents who identified their parents according to different parenting styles were not found. However, significant differences on variables related to social skills, as anxiety and aggressiveness, were noticed among these groups.

Key words: parenting styles; social skill; adolescence.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

Referências

Amaral, V.L., Bravo, M. & Messias, M.C. (1996). Desenvolvimento de habilidades sociais em adolescentes portadores de deformidades faciais. Estudos de Psicologia,13, 31-47.         [ Links ]

Arón, A. & Milicic, N. (1994). Viver com os outros: programa de desenvolvimento de habilidades sociais. (J. Santos, Trad.) Campinas: Editoral Psy II.         [ Links ]

Bandura, A. & Walters, R. (1959). Adolescent agression. New York: The Ronald Press Company.         [ Links ]

Baumrind, D. (1966). Effects of authoritative parental control on child behavior. Child Development, 37, 887-907.         [ Links ]

Caballo, V. (1993). Manual de evaluación y entrenamiento de las habilidades sociales. Madrid: Siglo Veintuino Editores.         [ Links ]

Chioqueta, A. (1998). Adaptação para o português do inventário de depressão estado-traço: fidedignidade e validade. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.         [ Links ]

Costa, F., Teixeira, M.A. & Gomes, W. (1998). Construção de um instrumento de avaliação de estilos parentais: uma continuação [Resumo]. Em Sociedade Brasileira de Psicologia (Org.), Resumos de comunicação científica, XXVIII Reunião Anual de Psicologia (p. 127). Ribeirão Preto: SBP.         [ Links ]

Del Prette, A. (1985). Treinamento comportamental: uma alternativa de atendimento à população não clínica. Revista de Psicologia Fortaleza, 3, 67-81.         [ Links ]

Del Prette, A., Del Prette, Z.A.P. & Castelo Branco, U.V. (1992). Competência social na formação do psicólogo. Paidéia: Cadernos de Educação, 2, 40-50.         [ Links ]

Del Prette, A., Del Prette, Z.A.P., Torres, A. & Pontes, A. (1998). Efeitos de uma intervenção sobre a topografia das habilidades sociais de professores. Psicologia Escolar e Educacional, 2, 11-22.         [ Links ]

Dornbusch, S., Ritter, P., Leiderman, P., Roberts, D. & Fraleigh, M. (1987). The relation of parenting style to adolescent school performance. Child Development, 58, 1244-1257.         [ Links ]

Garcia, F. & Del Prette, Z.A. (1998). Um programa de habilidades sociais para adolescentes de bom desempenho acadêmico [Resumo]. Em Sociedade Brasileira de Psicologia (Org.), Resumos de comunicação científica, XXVIII Reunião Anual de Psicologia (p. 155). Ribeirão Preto: SBP.         [ Links ]

Glasgow, K., Dornbusch, S., Troyer, L., Steinberg, L. & Ritter, P. (1997). Parenting styles, adolescents' attributions and educational outcomes in nine heterogeneus high schools. Child Development, 68, 507-529.         [ Links ]

Guarch, C. (1994). Evaluación de las habilidades sociales. Em R. Fernandez-Ballesteros (Org.), Evaluación conductual hoy: Um enfoque para el cambio en psicologia clínica e de la salud (pp. 347-383). Madrid: Pirámide S.A.         [ Links ]

Hennigen, I. (1994). Dimensões psicossociais da adolescência: identidade, relação familiar e relação com amigos. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.         [ Links ]

Hidalgo, C. & Abarca, N. (1994). Programa de entrenamiento en habilidades sociales. Santiago: Ediciones Universidad Católica de Chile.         [ Links ]

Kaplan, H. & Sadock, B. (1993). Compêndio de psiquiatria. (D. Batista, Trad.) Porto Alegre: Editora Artes Médicas. (Trabalho original publicado em 1991)         [ Links ]

Lamborn, S., Mounts, N., Steinberg, L. & Dornbusch, S. (1991). Patterns of competence and adjustment among adolescents from authoritative, authoritarian, indulgent and neglectful families. Child Development, 62, 1049-1065.         [ Links ]

Levenson, R. & Gottman, J. (1978). Toward the assessment of social competence. Journal of Consulting and Clinical Pychology, 46, 453-462.         [ Links ]

Lewis, M. & Wolkmar, F. (1993). Aspectos clínicos do desenvolvimento na infância e adolescência. (G. Giacomet, Trad.) Porto Alegre: Artes Médicas. (Trabalho original publicado em 1990)         [ Links ]

Maccoby, E. & Martin, J. (1983). Socialization in the context of the family: Parent-child interaction. Em P.H. Mussen & E. Hetherington (Orgs.), Handbook of child psychology: Socialization, personality and social development (pp.1-101). New York: Wiley.         [ Links ]

McFall, R. (1982). A review and reformulation of the concept of social skills. Behavioral Assessment, 4, 1-33.         [ Links ]

Rimm, D. & Masters, J.(1983). Terapia comportamental: técnicas e resultados experimentais. (A. Alves, Trad.) São Paulo: Editora Manole Ltda.         [ Links ]

Rojas, R. (1995). Habilidades sociales: psicoterapia grupal con pacientes esquizofrenicos cronicos. Revista de Psicologia de la PUCP, 8, 63-95.         [ Links ]

Sarason, I. & Sarason, B. (1981). Teaching cognitive and social skills to high school students. Journal of Consulting and Clinical Psychology, 49, 908-918.         [ Links ]

Silva, A. & Del Prette, A. (1998). Treinamento de habilidades sociais no promoção de interações positivas entre pais e filhos [Resumo]. Em Sociedade Brasileira de Psicologia (Org.), Resumos de comunicação científica, XXVIII Reunião Anual de Psicologia (p. 256). Ribeirão Preto: SBP.         [ Links ]

Sobreira-Lopes, R.C. (1994). O contexto familiar no desenvolvimento da autonomia e da moralidade na adolescência. Psicologia: Reflexão e Crítica, 7, 59-74.         [ Links ]

Steinberg, L, Elmen, J. & Mounts, N. (1989). Authoritative parenting, psychosocialmaturity and academic success among adolescents. Child Development, 60, 1424-1436.         [ Links ]

Trower, P. (1995). Adult social skills: State of art and future directions. Em W. O'Donohue & L. Krasner (Orgs.), Handbook of psychological skills training: Clinical techniques and applications (pp. 54-80). New York: Allyn and Bacon.         [ Links ]

Wagner, A., Flacke, D. & Meza, E. (1997). Crenças e valores dos adolescentes acerca da família, casamento, separação e projetos de vida. Psicologia: Reflexão e Crítica, 10, 155-168.         [ Links ]

 

 

Recebido em 03.08.1999
Primeira decisão editorial em 12.11.1999
Versão final em 17.01.2000
Aceito em 07.02.2000

 

 

* Uma versão ampliada deste trabalho foi apresentado como Dissertação de Mestrado no Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul pela primeira autora sob orientação do terceiro autor. A pesquisa foi realizada como apoio da CAPES e do CNPq.
1 Endereço: Instituto de Psicologia ¾ UFRGS ¾ Rua Ramiro Barcelos, 2600, Sala 119. CEP: 90035-003 Porto Alegre-RS. Tel. 0xx51 3165115 ¾ Fax.: 3304797. E-mail: gomesw@vortex.ufrgs.br
2 O termo autoritativo é um neologismo usado pelos autores para traduzir o termo inglês authoritative que descreve a prática autoritária assertiva, reconhecida, competente e praticada por quem de direito.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License