SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 suppl.Atividade do óleo essêncial de orégano contra fungos patogênicos do arroz: crescimentos micelial em placasEstudo preliminar do uso de plantas medicinais por benzedores e outros informantes de Santa Teresa, Espírito Santo, Brasil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Farmacognosia

Print version ISSN 0102-695X

Rev. bras. farmacogn. vol.14  suppl.0 Maringá  2004

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-695X2004000300007 

Diagnóstico situacional dos serviços de fitoterapia no Estado do Rio de Janeiro

 

 

Elizabeth Michiles

Farmacêutica Sanitarista (área de planeiamento em Saúde). Coordenadora do Programa Estadual de Plantas Medicinais (PROPLAM), da Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro. Sócia fundadora e membro do Conselho Diretor do Instituto Brasileiro de Plantas Medicinais

 

 


RESUMO

O Sistema Farmácia-Viva®, assim como o fez em diversas localidades do Brasil, também inspirou iniciativas nos municípios do Estado do Rio de Janeiro. No entanto, a insuficiência de uporte político. bem como as características peculiares inerentes à área de plantas mcdicinais, constituíram-se em fatores determinantes na qualificação das iniciativas municipais, gerando a necesidade do estabelecimento de normativas legais. O resultado do diagnóstico realizado junto aos municípios do Estado do Rio de Janeiro apresentou questões que certamente são comuns a maioria dos municípios do país. Há necessidade ele maior comprometimento dos gestores da área ele saúde, principalmente tendo em vista a necessidade de assegurar qualidade, segurança e eficácia, preceitos estabelecidos a todos os recursos terapêuticos do SUS.

Palavras chaves: plantas medicinais, Farmlícia viva, Filoterapia


ABSTRACT

The System "Farmacia Viva®" ("Líving Pharmacies"), inspired many country administrations in Rio ele Janeiro, anel also in other Brazílian states. to propose similar actions. However, the absence o political support, associatcd with lhe peculiar problcms derived from lhe medicinal planls arca, determined the wide qualification status of the country programs, making necessary the development of legal measures. The result of the diagnosis realized showed questions that are certainly common in most counly administrations in Brazil. There is a need of more compromise from health authorities wilh county actions, in special to assure security, efficacy and quality of medicinal plants, that are qualifications established for SUS (Unified Health System).

Key words: medicinal plants, Farmacia Viva, Phytotherapy


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

Referências

1 Harvey, A. 2000. Strategies for discovering drugs from previously unexplored natural products. Drug Discovery Today (DDT), 5: 294-300.         [ Links ]

2 Farnsworth, N.R. 1988. Screening plants for new medicines. ln: Biodiversity (E.O. Wilson, ed.). Chapter 9. Washington, D.C.: National Academy Press.         [ Links ]

3 Matos, F.J.A. 1991. Farmácias vivas: sistema de utilização de plantas medicinais projelados para pequenas comunidades. Fortaleza: .UFCE.         [ Links ]

4 Proplam, 1997. Michiles, M.E.O.; Rial, I.A.M.; Boorhem, R.L.; Botsaris,A.S.; Récio, R.A. Fitoterapia nos municípios: guia para o desenvolvimento do trabalho. Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro.         [ Links ]

5 Rio de Janeiro 2001.Secretaria de Estado de Saúde. Resolução SES/RJ Nº 1590 de 12 de Fevereiro de 2001. Aprova Regulamento Técnico para a prática dn Fitoterapia e funcionamento dos Serviços de Fitoterapia no Âmbito do Estado do Rio de Janeiro.D.O.E de 12/02/2001.         [ Links ]

7 Gallo, E. 2001.Oficina de Planejamento Estratégico - "A Prática da Fitoterapia no Estado do Rio de Janeiro". In: IV Fórurn Estadual de Plantas Medicinais. Resumos. Rio de Janeiro, 2001.         [ Links ]

 

 

Autora para correspondência
Elizabeth Michiles
Rua México 128/416
Centro, Rio de Janeiro, RJ
CEP 20031-142
e· mail: emichiles@saude.rj.gov.br

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License