SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número3Pânico dos pobres: convergência de preconceitos entre o AtlânticoRádio comunitária, espaço público e democracia: estudos de casos na França e no Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Sociedade e Estado

versão impressa ISSN 0102-6992

Soc. estado. v.22 n.3 Brasília set./dez. 2007

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69922007000300013 

RESUMOS DAS TESES E DISSERTAÇÕES APRESENTADAS NO PPG-SOL/UnB DE SETEMBRO A DEZEMBRO DE 2007
TESE

 

Desaparecidos civis: conflitos familiares, institucionais e segurança pública

 

 

Dijaci David de Oliveira

Curso: Doutorado em Sociologia
Data da defesa: 10 de setembro de 2007
Orientadora: Profª Drª Lourdes Maria Bandeira

 

 

RESUMO

Nesta tese desenvolveu-se uma análise sobre o fenômeno dos desaparecidos civis, indivíduos que cotidianamente desaparecem sem que se tenha qualquer informação sobre seu paradeiro. Partiu-se da hipótese de que o fenômeno é fruto de uma teia de relações que envolvem desde a microescala da família – e o seu desafio em lidar com os conflitos intergeracionais – até a macroescala do Estado – e a sua incapacidade para promover uma política de segurança eficaz.

Para realizar este trabalho, foi necessária uma discussão sistemática sobre o conceito de desaparecido civil, sendo constatadas diversas dificuldades teórico-metodológicas para a abordagem do problema. Os dados coletados no campo foram de grande valia para esclarecer a questão. Ao longo da pesquisa foram realizadas 57 entrevistas semi-estruturadas sobre a percepção dos desaparecimentos pelos familiares, gestores e delegados.

A análise dos dados indica que o fenômeno dos desaparecidos civis possui um pilar nas relações de gênero e outro nas relações geracionais. Sobre estes dois pilares estão presentes as relações familiares hierárquicas da sociedade patriarcal. Por fim, a pesquisa conclui pela necessária transformação da questão dos desaparecimentos em um problema de segurança pública, com a criação de programas de prevenção, de busca e de retorno.

Palavras-chaves: desaparecidos civis, segurança pública, família, gênero, geração.