SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue2Breastfeeding baby with fungal endocarditis at the right ventricle outflow tractLetter of the president author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular

Print version ISSN 0102-7638

Rev Bras Cir Cardiovasc vol.21 no.2 São José do Rio Preto Apr./June 2006

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76382006000200020 

CORRELAÇÃO CLÍNICO-CIRÚRGICA

 

Caso 4/2006 - Aneurisma da artéria pulmonar pós-estenose valvar pulmonar

 

 

Ulisses Alexandre Croti; Domingo Marcolino Braile; Sírio Hassem Sobrinho; Airton Camacho Moscardini

Serviço de Cirurgia Cardiovascular Pediátrica de São José do Rio Preto – Hospital de Base – Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, SP

Endereço para correspondência

 

 

DADOS CLÍNICOS

Paciente de 2 anos e 5 meses, 13,6kg, 95 cm, masculino, branco, natural de José Bonifácio – São Paulo. Sintomático há 3 meses, com dispnéia aos esforços habituais. BEG, acianótico, eupneico, corado, hidratado, afebril. Ritmo cardíaco regular, bulhas normofonéticas com desdobramento fixo da segunda bulha, sopro sistólico +/6+ em foco pulmonar e frêmito irradiado para axila esquerda. Pulmões com ausculta simétrica, sem ruídos adventícios. Fígado a 1 cm do rebordo costal direito. Pulsos simétricos, sem edemas e saturação periférica de 99%.

 

ELETROCARDIOGRAMA

Ritmo sinusal, freqüência de 125 bpm. ÂQRS + 110º, intervalo PR 0.16s, QRS 0.08. Sinais de sobrecarga ventricular direita. Sem alterações da repolarização ventricular.

 

RADIOGRAMA

Situs solitus visceral. Área cardíaca aumentada à custa das cavidades direitas, com índice cardiotorácico de 0,60. Arco pulmonar protuberante (Figura 1).

 

 

ECOCARDIOGRAMA

Situs solitus em levocardia. Conexões venoatrial, atrioventricular e ventrículo-arterial concordantes. Imagem sacular e aneurismática da artéria pulmonar, fluxo turbulento compatível com estenose pulmonar de grau importante, gradiente instantâneo máximo de 65 mmHg. Comunicação interatrial (CIA) tipo ostium secundum medindo 12 mm. Anel valvar pulmonar de 16 mm, com valva pulmonar bivalvulada, espessamento discreto, abertura em domo e dilatação importante da artéria pulmonar de 33 mm.

 

DIAGNÓSTICO

Obtido sem dificuldades pelo ecocardiograma, é importante observar que a criança apresentou sinais e sintomas clínicos apenas nos últimos três meses, provavelmente pela dilatação da artéria pulmonar, a qual comprimia a artéria pulmonar esquerda. Tal formação foi facilitada pela presença da CIA, de grande tamanho, a qual proporcionava fluxo da cavidade esquerda para direita, com importante repercussão hemodinâmica. A associação de estenose pulmonar com CIA remete a pensar em síndrome de Noonan [1], diagnóstico não confirmado neste paciente.

 

OPERAÇÃO

Toracotomia transesternal mediana, instalação de auxílio de circulação extracorpórea, introdução de cânulas em aorta e em ambas as veias cavas, hipotermia a 34ºC, cardioplegia sangüínea, anterógrada, intermitente e hipotérmica a 4°C. Após abertura do pericárdio, observou-se importante dilatação aneurismática da artéria pulmonar (Figura 2), a qual foi aberta longitudinalmente, visibilizando-se a valva pulmonar bivalvulada, pouco espessa, porém com mobilidade aparentemente normal (Figura 3). Realizada comissurotomia valvar pulmonar e ressecção da parede aneurismática. A CIA tipo ostium secundum foi tratada com placa de pericárdio bovino, suturada com fio polipropileno 5-0. O tempo de perfusão foi de 45 minutos e o de isquemia miocárdica de 30 minutos. O paciente evoluiu de forma habitual, recebendo alta hospitalar no 5º dia de pós-operatório.

 

 

 

 

REFERÊNCIA

1. Burch M, Sharland M, Shinebourne E, Smith G, Patton M, McKenna W. Cardiologic abnormalities in Noonan syndrome: phenotypic diagnosis and echocardiographic assessment of 118 patients. J Am Coll Cardiol. 1993;22(4):1189-92.

 

 

Endereço para correspondência:
Ulisses Alexandre Croti
Hospital de Base – FAMERP
Avenida Brigadeiro Faria Lima, 5544
São José do Rio Preto, SP. CEP 15090-000
Fone (Fax): (17) 3201-5025 / 9772-6560
E-mail: uacroti@uol.com.br

Artigo recebido em abril de 2006
Artigo aprovado em maio de 2006