SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue3Reutilization of medical equipment author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular

Print version ISSN 0102-7638

Rev Bras Cir Cardiovasc vol.21 no.3 São José do Rio Preto July/Sept. 2006

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76382006000300001 

EDITORIAL

 

Medicina alavanca crescimento da pesquisa científica no Brasil

 

 

Domingo Braile*

 

 

Dados divulgados pela Capes durante a 58ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizada em julho, em Florianópolis (SC), mostram que, mesmo com todas as dificuldades, a pesquisa no Brasil se solidifica a cada ano.

Apesar do crescimento da economia brasileira ter sido de apenas 2,4% no ano de 2005, a Pesquisa Científica cresceu 19% no mesmo período, passando de 13.313 para 15.777 artigos publicados! Apenas dois países tiveram um crescimento maior, a China com 29% e a Índia com 21%. Isto ocorreu mesmo sem aumento do financiamento para esta importante atividade no país. Deduz-se que a produtividade dos nossos pesquisadores foi mais eficaz, permitindo que o Brasil subisse mais um degrau no concerto das nações. A nossa situação ainda não é confortável: estamos na 17ª posição no ranking mundial, mas é estimulante saber que estamos avançando neste importante marcador da viabilidade de um país. A produção de artigos científicos em Revistas Indexadas cresceu 50% nos últimos cinco anos, o que significa que em três anos deveremos ocupar o 15º lugar, ultrapassando dois importantes competidores, a Suíça e a Suécia.

E a grande notícia, para nós médicos, é que a área que mais se destacou no último ano foi a Médica, responsável por 20% das publicações, vencendo a disputa com a Física, que ficou com apenas 15% dos artigos, perdendo a hegemonia que durava havia muitos anos. Para a Capes, o avanço na produção de artigos médicos deveu-se principalmente ao rigor adotado na avaliação dos cursos de pós-graduação da área. Independentemente dos fatores que levaram a esta ascensão, a "conquista" do primeiro lugar mostra a força da Medicina e que o esforço dos colegas de todas as especialidades no sentido de "colocar no papel" as conquistas e avanços médicos está gerando importantes frutos.

Reflexo deste aumento de interesse pela pesquisa no Brasil, é o rápido crescimento dos acessos à Scielo. Segundo informações da entidade, a cada mês são realizados por meio da Internet 6 milhões de consultas a artigos de revistas científicas brasileiras da sua base de dados. A multiplicação dos acessos se dá num ritmo veloz - há três anos, contavam-se não mais do que 200 mil downloads de artigos por mês. A Scielo vem tendo papel decisivo na disseminação da ciência em nosso país e a Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular/Brazilian Journal of Cardiovascular Surgery (RBCCV/BJCVS) orgulha-se de estar entre as mais de 150 publicações indexadas por esta importante biblioteca eletrônica.

Dentro deste contexto, continuamos a insistir com a indexação da nossa revista no Medline para ampliar a sua abrangência. O Dr. David Tirone está atuando junto à direção do Med Pub e do Index Medicus. Ele escreveu uma carta "endossando" a RBCCV/BJCVS e vai continuar em contato com os diretores, acompanhando o andamento do processo. Como sempre, estamos otimistas e esperamos poder dar em breve a notícia da indexação da revista.

Visando estar em consonância com os desejos dos nossos leitores e tendo consciência das exigências cada vez maiores – e necessárias! – dos cirurgiões cardiovasculares investirem parte do seu tempo em pesquisa e mesmo com o interesse cada vez maior despertado pela Medicina Baseada em Evidências, a RBCCV/BJCVS oferece desde o mês de agosto um novo serviço aos associados da SBCCV e residentes: estamos disponibilizando artigos completos ("full text") de alguns dos mais importantes periódicos internacionais na área da Cirurgia Cardiovascular e Torácica: "Annals of Thoracic Surgery", "European Journal of Cardio-thoracic Surgery", "Journal of Thoracic and Cardiothoracic Surgery", "Interactive Cardiovascular and Thoracic Surgery" e "Circulation".

Caso haja interesse por um determinado artigo, procure no sumário de uma das revistas acima e nos informe o ano, volume, título e páginas do artigo, faça a requisição por e-mail para brandau@braile.com.br ou brandau@sbccv.org.br. Os artigos serão enviados em até dois dias úteis exclusivamente por e-mail no formato PDF. Consulte-nos também sobre a possibilidade do envio de artigos de outras revistas. Gostaria de lembrar que a pesquisa e a "captura" é feita na Internet e a maioria das publicações só disponibiliza as edições a partir da década de 90. Assim, nem sempre será possível obter artigos mais antigos.

Nas páginas 328 e 334 estamos publicando dois trabalhos antagônicos sobre a reutilização de materiais. Sentimo-nos na obrigação de publicá-los para que os leitores possam fazer suas apreciações e contribuir com sugestões que serão muito bem aceitas. Leia, também, Editorial sobre o tema na página III.

O site da revista continua sendo um sucesso e no início de setembro contava com mais de 300 cadastrados, entre autores e revisores. Lembro aos interessados em publicar trabalhos que a submissão é feita exclusivamente pelo endereço eletrônico (www.rbccv.org.br). Desde a implantação, ano passado, tivemos uma ampliação considerável no número de submissões, inclusive do Exterior, e também no tempo de tramitação dos artigos, agilizando a produção da revista, mas ainda podemos melhorar! Solicitamos aos autores e revisores que chequem periodicamente seus e-mails para verificar os avisos com pedido de revisão ou de devolução do manuscrito para as devidas correções.

Informo aos colegas que, mais uma vez, a RBCCV/BJCVS encaminhou ao CNPq o pedido para auxílio editorial. Embora a verba tenha diminuído nos últimos anos e demore alguns meses a ser aprovada e liberada, ainda é de extrema importância para pagar as despesas com editoração, impressão e postagem, cujos custos têm se elevado, mesmo com a estabilidade econômica e cambial. Os anúncios que temos, embora de empresas e entidades de reconhecida relevância, ainda são poucos.

Por isso, mais uma vez pedimos aos que têm contato com empresas que atuam no ramo da Cirurgia Cardiovascular e Cardiologia e outras, que conversem com os responsáveis e mostrem a revista que, lembramos, é o veículo de comunicação dos Cirurgiões Cardiovasculares, sempre interessados em aparelhos e materiais que agreguem qualidade ao seu trabalho. Eu, o Editor Executivo Ricardo Brandau e a assistente Editorial Rosangela Monteiro, teremos prazer em fornecer as informações que os anunciantes em potencial julguem necessárias para que venham estampar suas marcas em nossas páginas.

Recebam meu caloroso abraço,

 

 

Domingo Braile
* Editor RBCCV/BJCVS