SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número4Cirurgia como sinônimo de operação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Cirurgica Brasileira

versão impressa ISSN 0102-8650versão On-line ISSN 1678-2674

Acta Cir. Bras. v.16 n.4 São Paulo out./nov./dez. 2001

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502001000400018 

18 - NORMALIZAÇÃO

MORFOLOGIA DA ACTA CIRÚRGICA BRASILEIRA NORMAS E EXIGÊNCIAS PARA A PUBLICAÇÃO1

 

Marcos de Souza Abrahão2
Cláudio Sérgio Salim2
Vanessa Carla Paiva2
Luiz Renato Flacker Rocha2

 

 

Abrahão MS, Salim CS, Paiva VC, Rocha LRF. Morfologia da Acta Cirúrgica Brasileira: normas e exigências para a publicação. Acta Cir Bras [serial online] 2001 Out-Dez;16(4). Disponível em: URL: http://www.scielo.br/acb.

RESUMO: Apresenta-se o estilo da Acta Cirúrgica Brasileira e as características para a elaboração de artigos científicos conforme o estilo Vancouver. Recomenda-se a leitura atenta das Instruções aos Autores. Ressalta-se os critérios de avaliação dos artigos. Destaca-se o cumprimento das normas do Comitê Internacional dos Editores de Revistas Médicas.

DESCRITORES: Editoração. Periódicos. Normas.

 

 

INTRODUÇÃO

A Acta Cirúrgica Brasileira começou a ser editada em 1986. Em 1987 tornou-se a publicação oficial da Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia – SOBRADPEC.

Consta do Programa de Apoio a Publicações Científicas do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) , Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico ( CNPQ) e Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP). É associada à Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC) .

 

O ESTILO DA ACTA CIRÚRGICA BRASILEIRA

Os principais objetivos da revista são: publicar artigos de pesquisa em cirurgia, novas técnicas operatórias, artigos relacionados ao ensino, avanços científicos em cirurgia e artigos de revisão e atualização.

A Acta Cirúrgica Brasileira está indexada no LILACS - Banco de Dados Latino Americano e no projeto SciELO (Scientific Electronic Library Online) projeto FAPESP/BIREME, cujo site é: http://www.scielo.br e acessado também no Free Medical Journals: http://www.freemedicaljournals.com.

A sua periodicidade é trimestral. Em 2002 deverá passar a ser bimestral.

O Conselho Editorial da revista é formado por pesquisadores nacionais e internacionais (Estados Unidos, Alemanha, Canadá, Colômbia, Equador, Argentina, Venezuela, Inglaterra, Portugal).

Os artigos enviados à Acta Cirúrgica Brasileira são avaliados primeiramente pelo Editor Científico Responsável e pelos Editores Associados. A revisão do artigo é feita por pares (peer-review) e em alguns casos os artigos podem ser enviados a especialistas que não pertençam ao Corpo Editorial. Os artigos recusados pelo Corpo Editorial são devolvidos ao Autor. Artigos devolvidos para correções, ao retornarem, serão submetidos a nova apreciação. Os artigos que não cumprem os critérios e normas da revista são recusados.

Um dos pontos fundamentais no envio do artigo científico de cunho experimental para a publicação é o envio de um cópia do Parecer do Comitê de Ética em Pesquisa da Instituição. Outra exigência é o envio de carta feita pelo(s) autor(es) declarando se existe CONFLITO DE INTERESSES , ou manifestando não existir interesse pessoal, financeiro ou político na publicação do artigo (de acordo com o disposto nas resoluções do Conselho Federal de Medicina (CFM n.1.595/00 de 18/05/2000) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA n.120/2000 de 30/11/2000).

Os manuscritos devem ser enviados no formato impresso e em disquetes para a apreciação do Corpo Editorial, contendo o texto redigidos em Português ou Inglês, incluídas as ilustrações no texto.

 

MORFOLOGIA DO ARTIGO DA ACTA CIRÚRGICA BRASILEIRA

1
TÍTULO DO ARTIGO
2

Nomes dos Autores


Autores. Título do artigo. Consultar Acta Cirúrgica Brasileira e observar norma adotada.

RESUMO: Objetivo, métodos (amostragem e procedimentos), resultados, conclusões.

DESCRITORES: conforme os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS). (http://decs.bvs.br)


No rodapé:

Instituição onde o trabalho foi realizado.
Titulação acadêmica dos autores.


Os capítulos seguem, basicamente, o Estílo Vancouver.

INTRODUÇÃO

MÉTODOS: amostragem (quantidade e qualidade) procedimentos

RESULTADOS

As tabelas e os símbolos das unidades obedecem a normalização da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE (Normas de Apresentação Tabular) e do IPEM (http://www.ipem.sp.gov.br)

Na confecção das tabelas elas devem ser numeradas em algarismo arábico, com título curto para cada tabela e as notas de rodapé devem conter as abreviações padronizadas.

As ilustrações em algarismo arábico e legendas suficientemente elucidativas.

DISCUSSÃO: Estilo Vancouver. Não incluir documentos referentes a resultados. O capítulo é de cotejo das observações próprias com as de outros estudos relevantes. Evitar as implicações subjetivas. Ressaltar as implicações para futuras pesquisas.

CONCLUSÃO(ÕES): Vincular com os objetivos do estudo. Evitar afirmações não sustentadas pelos resultados.

REFERÊNCIAS

A Acta Cirúrgica Brasileira segue as recomendações do Comitê Internacional dos Editores de Revistas Médicas [ VANCOUVER STYLE]

UNIFORM REQUIREMENTS FOR MANUSCRIPTS SUBMITTED TO BIOMEDICAL JOURNALS of the International Committee of Medical Journal Editors ( ICMJE ): www.icmje.org e http://www.acponline.org.

As referências devem ser numeradas conforme são citados na primeira vez no texto e não em ordem alfabética . Identificar as referências no texto, por numerais arábicos, sobrescritos entre parênteses. Devem ser utilizadas no máximo de 15 referências para artigos originais e nos artigos de revisão são permitidos 30 referências.

Não citar "comunicação pessoal"e "apud"(citação de outros). As referências devem ser confrontadas pelo(s) autor(es) com os documentos originais. Não use referências de "segunda mão".

AGRADECIMENTOS: Por auxílio técnico ou contribuição intelectual mas que não justifica autoria.


Autores . Título do Artigo em Inglês. Ver modelo da Acta Cirúrgica Brasileira.

ABSTRACT: Versão para o idioma Inglês do Resumo. PASSAR POR REVISOR DE INGLÊS.

KEY WORDS:


Endereço do Autor

Declarar Conflito de interesses
Referir Fontes de financiamento

[Registros do Editor]
Data do recebimento:
Data da revisão:
Data da Aprovação:


ENVIO DO ORIGINAL À REVISTA:

Verificar se foram cumpridas as Normas e o estilo da Revista;
Enviar texto impresso e em "disquete", incluindo as ilustrações.


 

A Revista ACTA CIRÚRGICA BRASILEIRA cumpre as recomendações do "International Committee of Medical Journals Editors

 

ESTILO VANCOUVER

As recomendações são instruções aos autores a respeito de como preparar os originais.

Aceitação de publicação secundária

Publicação secundária em outro idioma, especialmente em outros países, é justificável e pode ser benéfica, desde que sejam satisfeitos os requisitos uniformes para originais submetidos a revistas biomédicas do Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas (www.icmje.org).

Preparação de originais

TÍTULO do ARTIGO: Deve ser conciso, mas informativo.

Autoria

Todas as pessoas mencionadas como autores devem estar qualificadas para a autoria. Cada autor deve ter participado o suficiente para assumir responsabilidade pública pelo conteúdo.

AUTORES: O nome pelo qual cada autor é conhecido, com seu grau acadêmico mais alto e sua filiação institucional. O nome do(s) Departamento(s) e Instituição(ões) às quais o trabalho deve ser atribuído. O nome e o endereço do autor a quem as solicitações de separatas devem ser dirigidas. Deve haver referência a fonte(s) de financiamento.

Resumo e palavras-chave

O resumo, de não mais do que 250 palavras, deve estabelecer:

OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÀO, SELEÇÃO DA AMOSTRA E PROCEDIMENTOS BÁSICOS, PRINCIPAIS ACHADOS (dados específicos e sua significância estatística) e as PRINCIPAIS CONCLUSÕES.

Abaixo do resumo identificar 3 a 10 palavras-chave que auxiliarão na indexação cruzada do artigo, catalogadas pelo Medical Subject Headings (MeSH) do Index Medicus. (http://www.nlm.nih.gov/tsd/serials/lji.html)

Os artigos são divididos em seções com os títulos:

INTRODUÇÃO, MÉTODOS, RESULTADOS e DISCUSSÃO.

INTRODUÇÃO

Estabelece o objetivo do artigo e resume as razões para o estudo ou a observação, fornecendo as referências estritamente pertinentes e não incluindo dados ou conclusões do trabalho que está sendo relatado.

MÉTODOS

Descreve-se claramente a seleção dos sujeitos da observação ou experimentação (pacientes ou animais de laboratório). Identifica-se a idade, sexo e outras características importantes da amostragem.

Ética: Ao se relatar experimentos com seres humanos, os procedimentos seguidos devem estar de acordo com os padrões éticos do Comitê Responsável por experimentação humana (Institucional ou Regional) e com a Declaração de Helsinki de 1975, tal como revista em 1983. Não se deve usar os nomes dos pacientes, iniciais ou números hospitalares. Ao relatar-se experimentos com animais, indica-se as orientações de proteção aos animais da Instituição ou do País.

Os procedimentos devem ser apresentados de forma suficientemente detalhada para permitir que outros reproduzam os resultados. Descreve-se os procedimentos estatísticos de maneira pormenorizada.

RESULTADOS

São apresentados em seqüência lógica no texto, nas tabelas e nas ilustrações . Não devem ser repetidas no texto todas as informações das tabelas ou ilustrações. Devem ser enfatizadas ou resumidas apenas as observações importantes.

DISCUSSÃO

Neste capítulo não se repetem os resultados encontrados. Deve-se enfatizar os aspectos novos e importantes do estudo. O autor deverá comparar o método e os resultados obtidos com outros já publicados. Relacionar as observações próprias com as de outros. Incluir implicações das observações e suas limitações, incluindo abertura para futuras pesquisas.

Associar as conclusões com os objetivos do estudo. Evitar afirmações não qualificadas e não sustentadas completamente pelos dados.

AGRADECIMENTOS

Especificar as contribuições que precisam ser reconhecidas, mas não justificam autoria.

REFERÊNCIAS

As referências devem ser numeradas consecutivamente na ordem em que foram mencionadas a primeira vez no texto.

Os títulos das revistas devem ser abreviados de acordo com o estilo usado no Index Medicus (http://www.nlm.nih.gov).

Evitar citar "comunicação pessoal".

Exemplos:

Artigo de revista

Rena CL, Tostes AVT, Pinheiro DMN, Freguglia WN. Cisto do colédoco. Rev Col Bras Cir 1986;13:69-72.

Flanigan DP. Biliary cysts. Ann Surg 1975;182:635-43.

Livros

Goldenberg s, Bevilaqua RG. Bases da cirurgia. São Paulo: EPU; 1981.

Capítulo de livro

Decourt LV. Endocardites bacterianas. In: Veronesi R. Doenças infecciosas e parasitárias. 3ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 1964. p 290-308.

Tese

Goldenberg A. Efeitos da onda de choque no fígado de ratos [Tese de Doutorado]. Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina; 1991.


Abreviaturas e símbolos

Usar somente abreviaturas e símbolos padronizados. O termo por extenso ao qual corresponde uma abreviatura deve preceder sua primeira ocorrência no texto.

Conflito de interesses

Particularmente relações financeiras com a industria e apoio financeiro para o trabalho.

Propaganda

A propaganda gera receita para a revista, mas não se pode permitir que ela influencie decisões editoriais. Os editores devem ter total responsabilidade pela política de propaganda.

Suplementos

São coletâneas de artigos que tratam de questões ou tópicos relacionados. São publicados como número separado da revista. O editor da revista deve ter total responsabilidade pelas políticas, práticas e conteúdo dos suplementos e conservar a autoridade de rejeitar trabalhos. O financiameto deve vir de outra fonte de recursos.


Abrahão MS, Salim CS, Paiva VC, Rocha LRF. Morphology of the journal Acta Cirúrgica Brasileira: guidelines for the format of manuscripts for publication. Acta Cir Bras [serial online] 2001 Oct-Dec;16(4). Available from: URL: http://www.scielo.br/acb.

ABSTRACT: The authors present the Acta Cirúrgica Brasileira style and the main characteristics for manuscripts submitted to publication according to Vancouver style. It is recommended that authors must follow the instructions to authors in the journal. Technical requirements for submission of manuscripts are pointed out. It is emphasized that the journal follows the Uniform Requirements for Manuscripts Submitted to Biomedical Journals of the International Committee of Medical Journal Editors.

KEY WORDS: Publishing. Periodicals. Standards.


Conflito de interesses: nenhum
Fontes de financiamento: nenhuma

Endereço para correspondência:

Marcos de Souza Abrahão2
Rua Padre José Antonio Romano, 402
São Paulo - SP
05784-120
e-mail: msa.vet@terra.com.br

Data do recebimento: 17/08/2001
Data da revisão: 16/09/2001
Data da aprovação: 02/10/2001

 

 

 

1 - Artigo elaborado para a Disciplina de Redação Científica (Responsável Prof. Dr. Saul Goldenberg) do Programa de Pós-Graduação em Técnica Operatória e Cirurgia Experimental (TOCE) da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) - Escola Paulista de Medicina (EPM).
2 - Alunos do Programa de Pós-graduação em TOCE da UNIFESP-EPM.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons