SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue6Relevance of splenic tissue preservation to bactéria phagocytosisEffect of proximal terminal colostomy on the healing of colonic anastomosis in rats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

  • Portuguese (pdf)
  • Article in xml format
  • How to cite this article
  • SciELO Analytics
  • Curriculum ScienTI
  • Automatic translation

Indicators

Related links

Share


Acta Cirurgica Brasileira

Print version ISSN 0102-8650On-line version ISSN 1678-2674

Acta Cir. Bras. vol.17 no.6 São Paulo  2002

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502002000600007 

7 - ARTIGO ORIGINAL

AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE MIOELÉTRICA DO TRATO GASTROINTESTINAL EM CÃES. AVALIAÇÃO DE UM SISTEMA DE FIXAÇÃO DE ELETRODOS NA PAREDE ABDOMINAL1

 

Álvaro Antônio Bandeira Ferraz2
Antônio Roberto de Barros Coelho
2
Cristiano de Souza Leão
3
Josemberg Marins Campos
3
Renato Dornelas Câmara Neto
2
Tércio Souto Bacelar
2

 

 

Ferraz AAB, Coelho ARB, Leão CS, Campos JM, Câmra Neto RD, Bacelar TS. Avaliação da atividade mioelétrica do trato gastrointestinal em cães: avaliação de um sistema de fixação de eletrodos na parede abdominal. Acta Cir Bras [serial online] 2002 Nov-Dez;17(6). Disponível em URL: http://www.scielo.br/acb.

RESUMO: OBJETIVO: A implantação de eletrodos intra-abdominais para captura de sinais de onda elétrica constitui instrumento de estudo da atividade mioelétrica do tubo gastrointestinal. O deslocamento destes eletrodos do local de implantação ocorre com certa freqüência em animais de experimentação não anestesiados, devido aos movimentos da musculatura diafragmática, abdominal, do peristaltismo gastrintestinal e sobretudo aos hábitos inerentes à espécie de animal estudada, particularmente presentes em caninos. No referido estudo foi proposto um procedimento que proporciona estabilidade ao referido sistema utilizando-se recursos simples e de custos irrelevantes. MÉTODOS: Os autores apresentam através de diagramas e fotos um sistema de ancoração dos eletrodos elétricos na pele dos animais com botões. RESULTADOS: Foram realizados 5 experimentos, fixando-se em cada animal 3 eletrodos bipolares. Os animais foram mantidos em repouso até a completa recuperação do íleo paralítico. Não foi identificado nos animais estudados nenhuma migração dos eletrodos. CONCLUSÃO: O procedimento proposto é eficiente, simples, de fácil confecção e permite o monitoramento da atividade mioelétrica, em cães não anestesiados, por períodos de tempo prolongado.

DESCRITORES: Motilidade gastrointestinal. Eletromiografia. Atividade elétrica. Eletrodos. Cirurgia experimental.

 

 

INTRODUÇÃO

A implantação de eletrodos intra-abdominais para captura de sinais de onda elétrica constitui instrumento de estudo da atividade mioelétrica do tubo gastrointestinal1,2,3,4. O deslocamento destes eletrodos do local de implantação ocorre com certa freqüência em animais de experimentação não anestesiados, devido aos movimentos da musculatura diafragmática, abdominal, do peristaltismo gastrintestinal e sobretudo aos hábitos inerentes à espécie de animal estudada (lambeduras,mordeduras etc...), particularmente presentes em caninos. Assim, seria desejável prover a integridade do sistema de condução do impulso elétrico, mantendo-se folga no trajeto intraperitoneal dos fios condutores, provendo-se fixação efetiva dos mesmos na parede abdominal, assim como dificultando-se o acesso do animal à parte externa do circuito.

Dispositivos com estas finalidades, tendo como característica a eficiência associada a maior grau de complexidade e custos mais elevados, foram descritos e estão representados na Figura 15.

 

 

Desse modo, durante estudo da atividade mioelétrica do estomago em cães, utilizando-se recursos simples e de custos irrelevantes, foi proposto um procedimento que proporciona estabilidade ao referido sistema.

 

MÉTODOS

Após a implantação e fixação de eletrodos bipolares (fio de marcapasso cardíaco) na camada seromuscular da grande curvatura do estomago, os fios condutores, deixados com suficiente folga entre o estomago e o peritônio, foram passados através da parede abdominal, utilizando-se a ponta agulhada dos mesmos e exteriorizando-os através de um dos orifícios de botões de vestuário de quatro furos. Em seguida os fios foram trazidos novamente para a cavidade abdominal através de um segundo orifício dos botões e passados de volta, através da parede abdominal, no sentido da pele, exteriorizando-se os mesmos por um terceiro orifício (Figura 2 A).

 

 

A complementação do procedimento foi realizada, enovelando-se o restante dos fios condutores sob os botões de vestuário. A parte agulhada dos eletrodos, aquelas que seriam conectadas ao sistema de captação e amplificação dos sinais, foram então introduzidas sob as alças formadas pelos fios condutores, sobre os botões de vestuário (Figura 2 B).

O uso de botões de vestuário de cores variadas permite a identificação dos vários pares de eletrodos posicionados no segmento gastrointestinal. O processo permite a ancoração dos fios condutores na parede abdominal, ao nível da pele, utilizando-se a característica rígida dos botões de vestuário, de modo que a tração exercida sobre as extremidades externas dos mesmos tende a otimizar o mecanismo de ancoração (Figura 3).

 

 

Um curativo foi realizado sobre a sutura abdominal e os dispositivos de ancoração (botões de vestuário), contidos em seguida por vestimenta tubular completa semielástica de "cotton"6 , com finalidade de dificultar a ação do animal sobre os dispositivos instalados sobre a pele (Figura 4).

 

 

RESULTADOS

O deslocamento de eletrodos na cavidade abdominal determina um registro típico e de fácil reconhecimento (Figura 5).

 

 

Em cinco cães foram implantados 3 eletrodos bipolares na camada seromuscular do corpo gástrico.

Após a recuperação do íleo paralítico (3 dias de pós-operatótio), foram realizados um período de aquisição de dados de 60 minutos denominado, período controle. Após este período foram realizadas mais 90 minutos de aquisição da atividade mioelétrica agora com o animal se alimentando com dieta padronizada.

Não foi detectado deslocamentos dos eletrodos nos 5 animais estudados.

 

CONCLUSÃO

O estudo da atividade mioelétrica do trato gastrointestinal em animais, e particularmente no cão, requer um complexo e trabalhoso sistema de manutenção e fixação dos eletrodos. A confecção de sistemas como o exposto na figura 1 requer o envolvimento dos eletrodos em silicone e a fixação em um recipiente de metal, que requer tecnologia e mão de obra especializada.

O procedimento proposto é eficiente, simples, de fácil confecção e permite o monitoramento da atividade mioelétrica, em cães não anestesiados, por períodos de tempo prolongado.

 

REFERÊNCIAS

1. Ferraz AAB, Cowles VE, Condon RE, Sschulte WJ. Opioid and non opioid analgesic drug effects on cólon contractions in monkeys. Dig. Dis. Sci., 1995;40(7):1417-9.        [ Links ]

2. Ferraz ÁAB. Atividade mioelétrica do cólon: avaliação experimental da recuperação do íleo paralítico pós-operatório após colectomia convencional e laparoscópica [Tese - Doutorado]. Universidade Federal de Pernambuco - Centro de Ciências Saúde; 1995.        [ Links ]

3. Frantzides CT, Condon RE, Cowles V. Early postoperative colon electrical response activity. Surg Forum 1985;36:163-5.        [ Links ]

4. Frantzides CT, Condon RE, Schulte WJ, Cowles V. Effects of morphine on colonic mioeletric and motor activity in subhuman primates. Am J Physiol 1990;21:G247-252.        [ Links ]

5. Soper NJ, Sarr MG. Electromyography. In. Kumar D, Gustavsson S. An illustrated guide to gastrointestinal motility. London: John Wiley & Sons Ltd.; 1988. p 101-12.        [ Links ]

6. Falcão SC. Estudo experimental sobre o uso da pele de rã (Rana catesbeiana) como curativo biológico oclusivo em feridas cutâneas produzidas em cães [Tese - Mestrado]. Universidade Federal Rural de Pernambuco; 1999.        [ Links ]

 

 

Ferraz AAB, Coelho ARB, Leão CS, Campos JM, Câmra Neto RD, Bacelar TS. Gastrointestinal myoelectric activity in dogs: evaluation of a fixation system of electrodes on the abdominal wall. Acta Cir Bras [serial online] 2002 Nov-Dec;17(6). Available from URL: http://www.scielo.br/acb.

ABSTRACT: OBJECTIVE: The use of intra-abdominal electrodes in the study of gastrointestinal electrical wave is an important instrument of the gastrointestinal mioelectric activity. However, the dislocations of the electrodes in non-anaesthetized animals due to diaphragmatic muscle movements, gastrointestinal movements and mainly due to the animals habits, especially in dogs. The study has the objective to demonstrate a procedure that stabilize the system using simple resources an irrelevant cost. METHODS: The authors demonstrate under diagrams and picture a fixed system to fix the electrical electrodes through the animal skin using bottoms. RESULTS: The system was used in 5 animals. Each animal had 3 bipolar electrodes. During the study it was not identified any electrode migration. The animals was kept resting until the complete recovery of the postoperative ileus. CONCLUSION: The procedure proposed is efficient, simple, and easy to be made and allow an acquisition of the mioelectric activity, in dogs not anaesthetized, for long periods.

KEY WORDS: Gastrointestinal motility. Electromiography. Electrical activity. Electrodes. Experimental surgery.

 

 

Conflito de interesse: nenhum
Fonte de financiamento: nenhuma

Endereço para correspondência:
Álvaro Antônio Bandeira Ferraz
Av. Beira Rio, 240/2501
50750-400 Recife - PE
aabf@truenet.com.br

Data do recebimento: 02/10/2002
Data da revisão: 19/10/2002
Data da aprovação: 03/11/2002

 

 

 

1. Trabalho realizado no Núcleo de Cirurgia Experimental do Depto. de Cirurgia - Centro de Ciências da Saúde - Hospital das Clínicas - UFPE.
2. Professor Adjunto, Doutor, Depto. de Cirurgia - Centro de Ciências da Saúde- UFPE.
3. Aluno do Programa de Pós-Graduação em Cirurgia - Centro de Ciências da Saúde - UFPE.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License