SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 suppl.4Carcinoembryonic antigen (CEA) determination in detection of hepatic metastasis from colorectal carcinomaCirúrgicos author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Cirúrgica Brasileira

Print version ISSN 0102-8650On-line version ISSN 1678-2674

Acta Cir. Bras. vol.18  suppl.4 São Paulo  2003

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502003001000003 

RESUMOS/BÁSICO EXPERIMENTAL

 

001. "I curso hands on de cirurgia": experiência inovadora na criação de um modelo de treinamento em técnica cirúrgica aplicada durante um congresso médico universitário

 

 

Camelo-Nunes JM; Oetting Junior A; Kafejian Hadad AP; Galego SJ; Fürst RVC; Bertolami A; Silva KA; Polimantti AC

adribertolami@uol.com.br

 

 

INTRODUÇÃO: O ensino médico acadêmico é atualmente baseado em preceitos antigos em que atividades teóricas se sobrepõem a atividades práticas. Esta herança cultural é alvo de críticas pelos limites que impõe aos educandos pois não permite que estes atribuam significado aos conteúdos recebidos e estabeleçam relações entre estes.
OBJETIVO: Diante da necessidade de situações que simulem a vida real por meio de atividades práticas, propusemos um modelo inusitado de treinamento em técnica cirúrgica com o objetivo de aprimorar as atividades curriculares.
MÉTODOS: O curso foi realizado dias 14 e 15 de agosto de 2003, no laboratório de técnica cirúrgica e cirurgia experimental da faculdade de Medicina da Fundação do ABC (FMFUABC), durante as atividades científicas do XXVII Congresso Médico Universitário do ABC (COMUABC). Foram realizados 5 módulos: cirurgia urológica, videolaparoscopia, cirurgia do aparelho digestivo, cirurgia plástica e cirurgia vascular, sendo cada módulo coordenado por um docente da disciplina. Por meio de questionário auto-aplicável avaliou-se a qualidade de cada módulo e do curso como um todo.
RESULTADOS: Comprovou-se então, que a iniciativa foi muito bem aceita pelos alunos.
CONCLUSÃO: O uso de animais e outros materiais em cursos práticos é benéfico para o aprendizado.

Descritores: Ensino médico. Curso prático cirúrgico. Técnica operatória.

 


 

002. Efeitos da benzidamina no sistema nervoso central

 

 

Feder D; Grizante P; Oliveira FC; Pinto MP; Sugiyama MM

prigrizante@hotmail.com

 

 

INTRODUÇÃO: A benzidamina é um antiinflamatório que em altas doses possui um efeito psicoativo. Há relatos na literatura e na internet de seu uso ilícito. Sendo droga de fácil acesso e vendagem livre é de se supor um aumento da incidência destes casos na literatura médica.
OBJETIVO: Estudar a ação da benzidamina no Sistema Nervoso Central (SNC) tentando determinar, através do uso de bloqueadores dos receptores do SNC, seu provável mecanismo de ação.
METODOS: A primeira etapa do experimento foi o Teste de potencialização de "sleeping time" induzido por diazepan e pentobarbital sódico que tinha como objetivo verificar a atuação da benzidamina no efeito hipnótico destas substâncias, para isto foram utilizados 4 grupos com 5 camundongos, nos quais foi aplicado diazepan com soro fisiológico, diazepan com benzidamina, pentobarbital sódico com soro fisiológico, pentobarbital sódico com benzidamina, respectativamente em cada grupo; A segunda etapa foi a Observação do comportamento dos camundongos em campo aberto que tinha como objetivo determinar a ação da benzidamina no SNC, para isto foram utilizados 5 grupos com 11 animais, nos quais foi aplicado soro fisiológico, benzidamina, benzidamina e prometazina, benzidamina e biperideno, benzidamina e clorpromazina, em cada grupo respectivamente.
RESULTADOS: Obtivemos resultados que demonstraram que efeito depressor da benzidamina pode ser observado após 30 minutos da administração da droga. Além disso, foi observado um aumento do efeito hipnótico do diazepan e pentobarbital sódico.
CONCLUSÃO: Observou-se um efeito antagônico entre a benzidamina e biperideno. Os outros grupos não apresentaram alterações estatísticas significativas.

Descritores: Benzidamina. Biperideno. Clorpromazina. Prometazina. Alucinógenos. Antiinflamatórios.

 


 

003. Simulação de fluxo em fístula arteriovenosa comparando o estresse de cisalhamento nas técnicas término-lateral e latero-lateral modificada

 

 

Bertolami A; Bessa KL; Fürts RVC; Galego SJ; Kafejian O; Ortiz JP; Penha FG; Rodrigues FF

fabio_fr@terra.com.br

 

 

INTRODUÇÃO: A fistula arteriovenosa (FAV) é uma técnica cirúrgica baseada na conexão entre uma artéria e uma veia, permitindo, desta forma, uma circulação mais rápida de sangue da artéria para a veia. A falência da FAV, ou mesmo sua obstrução estão relacionadas com a aterosclerose, a trombose ou a lesão endotelial. As etiologias desses processos ainda não são totalmente conhecidas, mas a configuração da fistula e a hemodinâmica local tem grande influência.
OBJETIVO: Comparar matematicamente os fluxos nas FAVs pelas técnicas látero-lateral modificada (LLM) e término-lateral (TL) considerando o estresse de cisalhamento e o ângulo de anastomose.
MÉTODOS: Esse estudo foi realizado em duas fases: a fase experimental em cães foi realizada no laboratório de técnica cirúrgica da FMABC e a fase experimental "in silico" foi feita usando o código Fluent 5.5 no laboratório de mecânica de fluidos da Escola Politécnica da USP. Como condições pré-estabelecidas, as artérias foram consideradas como tubos rígidos, os ângulos de anastomose de 15, 30, 45, 60 e 75 graus e o fluxo estável.
RESULTADOS: As FAV LLM apresentaram estresses de cisalhamento mais próximos da normalidade em relação as FAV TL.
CONCLUSÃO: A partir desse estudo que a FAV LLM apresenta menor probabilidade de complicações em relação a FAV TL.

Descritores: Hemodinâmica. Fístula arteriovenosa. Estresse de cisalhamento.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License