SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número26Florestan Fernandes: o sociólogo militanteFlorestan Fernandez: una biografia completa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos Avançados

versão impressa ISSN 0103-4014versão On-line ISSN 1806-9592

Estud. av. v.10 n.26 São Paulo jan./abr. 1996

http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40141996000100011 

PRESENÇA DE FLORESTAN FERNANDES

 

Sumário do Curriculum de Florestan Fernandes*

 

 

NASCIDO EM 22 de julho de 1920 na cidade de São Paulo; casado com Myrian Rodrigues Fernandes; cinco filhas e um filho; oito netas, quatro netos, um bisneto e uma bisneta.

Faleceu em 10 de agosto de 1995, seis dias após ter sido submetido a uma operação de transplante de fígado no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

 

Aprendizagem

  • Curso primário incompleto (até terceiro ano): Grupo Escolar Maria José, Bela Vista, São Paulo.

  • Cursos secundário e colegial (Curso de Madureza), sob o artigo 100: Ginásio Riachuelo (anos letivos de 1938, 1939 e 1940).

  • Curso superior: Ciências Sociais, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo (anos letivos de 1941, 1942 e 1943). Licenciatura no curso de Didática da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP no letivo de 1944).

  • Curso de pós-graduação em Sociologia e Antropologia: Escola Livre de Sociologia e Política, São Paulo (anos letivos de 1945 e 1946).

 

Títulos acadêmicos

  • Mestre em Ciências Sociais (Antropologia): Escola Livre de Sociologia e Política (1947), com a tese A organização social dos Tupinambá.

  • Doutor em Ciências Sociais (Sociologia): Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP (1951), com a tese A função social da guerra na sociedade Tupinambá.

  • Livre-docente: Cadeira de Sociologia l, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP (1953), com a tese Ensaio sobre o método de interpretação funcionalista na Sociologia.

  • Professor titular: Cadeira de Sociologia I, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP (1964), com a tese A integração no negro na sociedade de classes.

 

Cargos ocupados

  • Segundo-assistente da cadeira de Sociologia II da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP (1/3/1945 a 27/11/1952).

  • Primeiro-assistente da cadeira de Sociologia I da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP (27/11/1952 a 31/12/1954).

  • Professor contratado da cadeira de Sociologia I da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP (1/1/1954) a 23/2/1965).

  • Professor catedrático efetivado por concurso de títulos e provas, a partir de 23/2/1965. Afastado sob aposentadoria compulsória, com vencimentos proporcionais ao tempo de serviço, em 24/4/1969, por aplicação do Ato Institucional nº 5 pela ditadura militar.

  • Vários: Visiting-scholar na Columbia University (último semestre de 1965 a janeiro de 1966); professor de Sociologia, como Latin American in Resilience, na Universidade de Toronto (1969/1970). Professor titular na Universidade de Toronto a partir de 1970; resignou, em fins de 1972, para regressar ao Brasil. Professor de cursos de extensão cultural no Instituto Sedes Sapientiae (1976 e 1977); professor contratado da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, último trimestre de 1977. Visiting-professor na Yale University, primeiro semestre de 1977. Professor titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 1978.

 

Atividade parlamentar

  • Deputado Federal Constituinte pelo Partido dos Trabalhadores (PT) no período de 1987 a 1990.

  • Deputado Federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT), reeleito para o período de 1991 a 1994.

 

Trabalhos publicados **

  • Karl Marx, Contribuição à crítica da economia política, tradução e introdução. São Paulo, Flama, 1946.

  • A organização social dos Tupinambá, São Paulo, Instituto Progresso Editorial, 1949; 2a. ed., São Paulo, Difusão Européia do Livro, 1963.

  • A função social da guerra na sociedade tupinambá, São Paulo, Museu Paulista, 1952; 2a. ed., São Paulo, Pioneira/Edusp, 1970.

  • A etnologia e a sociedade no Brasil. Ensaio sobre aspectos da formação e desenvolvimento das Ciências no Brasil, São Paulo, Anhembi, 1958.

  • Negros e brancos em São Paulo, em colaboração com Roger Bastide, Ed. Independente, São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1959; 3a. ed., 1971. Publicação prévia, Revista Anhembi, 1953; ed. original, com outros trabalhos de vários autores, São Paulo, Editora Anhembi, 1955.

  • Mudanças sociais no Brasil, São Paulo, Difusão Européia do Livro, 1960; 2a. ed., refundida, com um ensaio global introdutório, 1974, 3a. ed., 1979.

  • Ensaios de sociologia geral e aplicada, São Paulo, Pioneira, 1960; 2a. ed., 1971; 3a. ed., 1976.

  • Folclore e mudança social na cidade de São Paulo, São Paulo, Anhembi, 1961; 2a. ed., Petrópolis, Vozes, 1979.

  • A sociologia numa era de revolução social, São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1962; 2a. ed. reorganizada e ampliada, Rio de Janeiro, Zahar, 1976.

  • A integração do negro na sociedade de classes, São Paulo, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP, 1964; 2a. ed., em dois volumes, São Paulo, Dominus/Edusp 1965; 3a. ed., em dois volumes, Ática, 1978.

  • Educação e sociedade no Brasil, São Paulo, Dominus/Edusp, 1966.

  • Fundamentos empíricos da explicação sociológica, São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1967; 2a. ed., 1967, reimpressão, 1972; 3a. ed., Rio de Janeiro, Livros Técnicos e Científicos, 1978; 4a. ed., T.A. Queiroz, Editor, 1980.

  • Sociedade de classes e subdesenvolvimento, Rio de Janeiro, Zahar, 1968; 2a. ed., 1972, 3a. ed., 1975, 4a. ed., 1981.

  • The Latin American in residence lectures, Toronto, University of Toronto, 1969/1970.

  • Elementos de sociologia teórica, São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1970; 2a. ed., 1974.

  • O negro no mundo dos brancos, São Paulo, Difusão Européia do Livro, 1972.

  • Comunidade e sociedade no Brasil (como organizador). Leituras básicas de introdução ao estudo macro-sociológico Ao Brasil, São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1972; 2a. ed., 1975.

  • Comunidade e sociedade (como organizador). Leituras sobre problemas conceituais, metodológicos e de aplicação. São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1973.

  • Comunidade e sociedade (como organizador), tomos ainda inéditos.

  • Las classes sociales en América Latina (em co-autoria com N. Poulantzas e A. Touraine) México, Siglo Veintiuno Editores, Unam, 1973; publicado no Brasil como As classes sociais na América Latina, Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1977.

  • Capitalismo dependente e classes sociais na América Latina, Rio de Janeiro, Zahar, 1973; 2a. ed., 1975: 3a. ed., 1981.

  • A investigação etnológica no Brasil e outros ensaios, Petrópolis, Vozes, 1975.

  • A revolução burguesa no Brasil. Ensaio de interpretação sociológica, Rio de Janeiro, Zahar, 1975; 2a. ed., 1976; 3a. ed., 1981.

  • A universidade brasileira: reforma ou revolução?, São Paulo, Alfa-Ômega, 1975; 2a. ed., 1979.

  • Circuito fechado. Quatro ensaios sobre o "Poder Institucional", São Paulo, Hucitec, 1976; 2a. ed., 1977.

  • A sociologia no Brasil. Contribuição para o estudo de sua formação e desenvolvimento, Petrópolis, Vozes, 1977; 2a. ed., 1980.

  • A condição de sociólogo, São Paulo, Hucitec, 1978.

  • O folclore em questão, São Paulo, Hucitec, 1978.

  • Lênin, organização e introdução (p. 7-49), São Paulo, Ática, 1978 (duas edições).

  • Da guerrilha ao socialismo: a revolução cubana, São Paulo, T.A. Queiroz Editor, 1979.

  • Apontamentos sobre a "Teoria do Autoritarismo", São Paulo, Hucitec, 1979.

  • Brasil: em compasso de espera, São Paulo, Hucitec, 1980.

  • A natureza sociológica da sociologia, São Paulo, Ática, 1980.

  • Movimento socialista e partidos políticos, São Paulo, Hucitec, 1980.

  • Poder e contra-poder na América Latina, Rio de Janeiro, Zahar, 1981.

  • O que é revolução?, São Paulo, Brasiliense, 1981 (seis edições).

  • A ditadura em questão. São Paulo, T.A. Queiroz Editor, 1982 (duas edições).

  • K. Marx – F. Engels: história, organização e introdução (p. 9-143), São Paulo, Ática, 1983.

  • A questão da USP, São Paulo, Editora Brasiliense , 1984.

  • Que tipo de república?, São Paulo, Brasiliense, 1986 (três edições).

  • Nova República?, Rio de Janeiro, Zahar, 1986 (três edições).

  • O processo constituinte, Brasília, Câmara dos Deputados, Centro de Documentação e Informação, 1988.

  • A Constituição inacabada, vias históricas e significado, São Paulo, Estação Liberdade Editora, 1989.

  • O desafio educacional, São Paulo, Cortez, 1989.

  • Pensamento e ação: o PT e os rumos do socialismo, São Paulo, Brasiliense, 1989.

  • O significado do protesto negro, São Paulo, Cortez, 1989.

  • A transição prolongada, São Paulo, Cortez, 1990.

  • As lições da eleição, Brasília, Câmara dos Deputados, Centro de Documentação e Informação, 1990.

  • Depoimento, in memória viva da educação brasileira, l, Brasília, Inep, 1991.

  • O PT em movimento – contribuição ao I Congresso do Partido dos Trabalhadores, São Paulo, Cortez/Autores Associados, 1991.

  • Reflexão sobre o socialismo e a autoemancipação dos trabalhadores, São Bernardo do Campo, Departamento de Formação Política e Sindical, Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo e Diadema, 1992.

  • Parlamentarismo: contexto e perspectivas, Brasília, Câmara dos Deputados, Centro de Documentação e Informação, 1992.

  • LDB: impasses e contradições, Brasília, Câmara dos Deputados, Centro de Documentação e Informação, 1993.

  • Democracia e desenvolvimento – a transformação da periferia e o capitalismo monopolista da era atual, São Paulo, Hucitec, 1994.

  • Consciência negra e transformação da realidade, Brasília, Câmara dos Deputados, Centro de Documentação e Informação, 1994.

  • Tensões na educação, Salvador, Sarah Letras, 1995.

  • A contestação necessária, São Paulo, Ática, 1995.

  • Em busca do socialismo, São Paulo, Xamã, 1995.

  • Brasil 1986/1994: atraso e modernidade, Salvador, Sarah Letras (em organização).

  • O pensamento político de Marighella, in Anais do Seminário sobre Carlos Marighella, Salvador, UFBa, (em organização).

 

Trabalhos publicados
em outras línguas, como tradução

  • La guerre et le sacrifice kumain chez les Tupinambá, tradução de Suzanne Lussagnet, publicado e editado em separata por Journal de La Societé des Americanistes, Paris, Musée de L'Homme, 1952.

  • Fundamentos empíricos da explicação sociológica, México, Unam, sd (em espanhol).

  • The negro in Brazilian society, Tradução de Jacqueline D. Skiles, A. Brunel e Arthur Rothwell, editado por Phyllis B. Eveleth, New York/Londres, Columbia University Press, 1969 e, como paperback, New York, Atheneum, 1971.

  • Die integration des Negers in die Klassengesellschaft, v. 1, Verlag Gehlen, Bad Homburg v.d.H, Berlin/Zurich, 1969 (tradução de Dr. Jrgen Grabvener); v. 2, Wilhelm Fink Verlag, Munchen, 1977 (tradução de Angela Dulle).

  • La revolución burguesa en Brasil, tradução de Eduardo Molina, México, Siglo Veintiuno Editores, 1978.

  • Reflections on the Brazilian counter-revolution, organizado com introdução de Warren Dean, Armonk, New York, M. E. Sharpe, Inc., 1981.

 

Obras a seu respeito

  • Barbara Freitag, Die Sozio-Okonomische Entwiklung Brasiliens ans der Sicht Eines Brasilianischen Sozialwissenshaftlers, Saabruchen 1969, Verlag der SSIP-Schriften D. Breitenbach, Saarbrucken Universitat.

  • Octávio Ianni (organizador), Florestan Fernandes, São Paulo, Editora Ática, 1986.

  • Maria Angela D'Incao (organizadora), O saber militante. Ensaios sobre Florestan Fernandes, São Paulo, Unesp/Paz e Terra, 1987.

  • Gabriel Colins, Padrões e dilemas: o pensamento de Florestan Fernandes, in R Moraes, R. Antunes e V. B. Ferrante (orgs..), Inteligência brasileira, São Paulo, Brasiliense, 1989, p. 125-148.

 

Distinções e Prêmios

  • Prêmio Temas Brasileiros, Grêmio da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP, 1944 (com o trabalho As Trocinhas do Bom Retiro. Selecionador e Julgador: Professor Roger Bastide).

  • Prêmio Fábio Prado, 1948.

  • Medalha Silvio Romero, Prefeitura do Rio de Janeiro, DF, 1958.

  • Título de Cidadão Emérito, conferido pela Câmara Municipal de São Paulo, (24/4/1961).

  • Prêmio Jabuti de Ciências Sociais, 1963.

  • Prêmio Sociedade Brasil-Israel, São Paulo, 1966.

  • Prêmio The Anisfield- Wolf Award in Race Relations f or 1969 (Cleveland Foundation sponsored by the Saturday Review) Comitê selecionador e julgador em 1969: Ashley Montagu, chairman, Oscar Handlin e Pearl Buck).

  • Professor Emérito, Universidade de São Paulo, 1985.

  • Doutor Honoris Causa, Universidade de Utrecht, 1986.

  • Prêmio Estado de Sá, categoria Ciência, Governo do Estado do Rio de Janeiro, 1989.

  • Doutor Honoris Causa, Universidade de Coimbra, 1990.

  • Ordem Nacional do Mérito Educativo, grau de Grande Oficial, Ministério da Educação, 1993.

 

 

  • Prêmio Almirante Álvaro Alberto/Ciências Humanas, Secretaria de Ciência e Tecnologia da Presidência da República/CNPq, 1993.

  • Cidadão Honorário de São Carlos, Câmara Municipal de São Carlos, 1994.

  • Ordem de Rio Branco, grau de Grande Oficial, Ministério das Relações Exteriores, 1995.

  • Cidadão Honorário de Brasília, Câmara Legislativa do Distrito Federal (homenagem póstuma), 1995.

 

 

* Levantamento realizado por Vladimir Sacchetta e atualizado em dezembro de 1995.
** Com exceção de livros de múltipla autoria e de colaboração em jornais e revistas. Tal colaboração foi iniciada em 1943, chegando a ter continuidade, por longo tempo, em O Estado de S. Paulo, Folha da Manhã, Folha de S. Paulo, desde 27/10/80 e Jornal do Brasil, desde 25/9/ 87, Jornal de Brasília, desde 25/9/88.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons