SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue1Silet, the paradoxes of drive from Freud to Lacan author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia Clínica

Print version ISSN 0103-5665On-line version ISSN 1980-5438

Psicol. clin. vol.18 no.1 Rio de Janeiro  2006

http://dx.doi.org/10.1590/S0103-56652006000100019 

TESES DE DOUTORADO 2005.1

 

O belo e a morte: uma abordagem psicanalítica sobre a estética e o sujeito feminino

 

 

Sergio Aguiar de Medeiros

 

 

Construindo a hipótese de que a estética é uma estratégia para mitigar a angústia e consubstanciar o desejo, busca-se estabelecer seu estatuto para o aparelho psíquico. Através das obras de arte, a estética é apresentada como uma relação entre os sujeitos intermediada pela angústia e pelo desejo. Tendo como foco a subjetividade feminina contemporânea, o autor designa como "Doenças da beleza" a dupla relação que identifica entre o sujeito feminino e a sua imagem.

 

BANCA:

Junia de Vilhena (Orientadora)
Silvia Maria Abu-Jamra Zornig
Daniel Kupermann
Edson Luiz André de Sousa
Ricardo Vieiralves de Castro

Data de defesa: 08/07/2005

 


 

Monges em diálogo a caminho do absoluto — estudo psicossocial do diálogo inter-religioso monástico

 

 

Olga Regina Frugoli Sodré

 

 

A tese analisa uma nova forma de diálogo entre monges, focalizando o processo psicossocial de identidade-alteridade religiosa. Baseada na fenomenologia hermenêutica de Ricoeur e na concepção da consciência religiosa de Nabert, a tese analisa o sentido, a formação e a consolidação da nova dinâmica desenvolvida no contexto do diálogo intermonástico, estudando-a do ponto de vista da comunidade monástica católica e de sua experiência viva e histórica de diálogo e contemplação. Através da análise do conteúdo de documentos e de testemunhos, descreve as profundas transformações pessoais e comunitárias que o movimento de diálogo inter-religioso tem provocado.

BANCA:

Monique Rose Aimée Augras (Orientadora)
Geraldo José de Paiva
Luitgarde Oliveira Cavalcanti Barros
Maria Helena Novaes Mira
Mario de França Miranda

Data de defesa: 21/10/2005

 


 

Comjugalidade: proposta de um modelo construcionista social para terapia de casal

 

 

Orestes Diniz Neto

 

 

Propõe-se, em uma perspectiva sistêmica construcionista social, um modelo de terapia de casal orientado pelos padrões interacionais, tomados como marcadores e preditores da formação e dissolução do laço conjugal e da conjugalidade como espaço de construção da subjetividade. São revistos estudos sobre: conjugalidade, psicoterapia de casal, marcadores e preditores da formação e dissolução da conjugalidade, mudança em psicoterapia. Questões técnicas e éticas são apontadas, e são sugeridas novas direções de exploração.

 

BANCA:

Terezinha Féres-Carneiro (Orientadora)
Bernardo Jablonski
Cílio Rosa Ziviani
Julia Sursis Nobre Ferro Bucher
Monique Rose Aimée Augras

Data de defesa: 13/12/2005

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License