SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue1FotoCarolina Martuscelli Bori author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia USP

Print version ISSN 0103-6564On-line version ISSN 1678-5177

Psicol. USP vol. 9 n. 1 São Paulo  1998

http://dx.doi.org/10.1590/S0103-65641998000100037 

CAROLINA SBPC BORI

 

Ademar Freire-Maia
Secretário Geral da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência

 

 

Não, não falta palavra, e nem há qualquer engano ou erro de revisão no título. Talvez ele pudesse ser um pouco diferente, tal como Carolina SBPC ou SBPC Bori. Mas, de qualquer forma, a idéia central permaneceria a mesma: Carolina Bori e SBPC se identificam de tal maneira, que muitas vezes não se pode pensar em uma sem se pensar na outra.

É claro que cada uma tem sua personalidade própria, muito rica e diversificada. Quando se fala em SBPC, por exemplo, pode-se estar pensando em uma ou outra das várias atividades que ela realiza com reconhecida competência, tal como a Reunião Anual, ou "Ciência e Cultura", ou "Ciência Hoje". Da mesma forma - e continuando a exemplificar - quando se fala em Carolina Bori pode-se estar pensando na psicóloga, ou na educadora, ou na cientista. Não quero me referir aqui, no entanto, a nenhum desses ou a outros aspectos específicos, mas sim à interface de todos eles através do trabalho conjunto Carolina-SBPC.

Refiro-me, em parte, à eficiente atuação que Carolina sempre teve na Diretoria da SBPC, durante vários mandatos, ocupando os cargos de Secretária, Secretária-Geral, Vice-Presidente e Presidente. Refiro-me também à sua presença constante em inúmeras atividades da Sociedade, sempre com entusiasmo, disposição e competência.

E não posso deixar de mencionar ainda que ela é Presidente de Honra da SBPC, posição alcançada, com méritos inegáveis, através de uma eleição que ficou histórica. Inicialmente, ela deveria ter sido indicada pelo Conselho como candidata a essa importante honraria, somente concedida a "pessoas de notável saber, que hajam prestado relevantes serviços à causa da Ciência", conforme previsto nos Estatutos da SBPC. No entanto, ela teve tantos votos que, em vez de ser apenas indicada, Carolina Bori obteve, logo de entrada, todos os votos necessários para ser aprovada!

De compleição franzina e delicada, de voz mansa e suave, de comportamento cordial e educado, de repente Carolina Bori se transfigura. Ela se altera, se agita, eleva a voz. Quem a vê nessas ocasiões, não a reconhece. Aliás, acho que não a conhece! Porque quem a conhece (e, por isso, a admira), sabe que, nessas ocasiões, Carolina Bori está simplesmente extravasando, com vigor e firmeza, um dos traços mais marcantes de sua fascinante personalidade: a defesa intransigente de seus princípios e de suas idéias. Ela não arreda pé de suas convicções. A menos, é claro, que seja convencida disso. De qualquer forma, ultrapassada a batalha verbal, quer tenha convencido ou tenha sido convencida, ela volta imediatamente à voz mansa e suave, como se nada houvesse acontecido de diferente.

Independente de suas características próprias, mas, às vezes, em decorrência exatamente delas, Carolina Bori e SBPC têm trilhado juntas, ao longo do tempo, um caminho de lutas árduas, mas vitoriosas, em prol do desenvolvimento do Brasil. Inúmeras áreas têm se beneficiado muito dessa feliz interação, servindo de exemplos a ciência e tecnologia, a educação (em todos os seus níveis), a cultura, os direitos humanos e a ética. Em todos, Carolina Bori tem revelado, sempre, não apenas dedicação, competência e denodo. Acima de tudo, em cada atividade em que atua, com eficiência, ela nos deixa sempre a marca inconfundível de seu exemplo.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License