SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue2Dante Moreira Leite: mestre da psicologia social author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia USP

Print version ISSN 0103-6564On-line version ISSN 1678-5177

Psicol. USP vol.11 no.2 São Paulo  2000

http://dx.doi.org/10.1590/S0103-65642000000200001 

EDITORIAL

 

 

Esta publicação é uma homenagem a Dante Moreira Leite e uma forma de reconhecimento da importância de sua obra e de sua trajetória como professor, pesquisador, escritor e tradutor no âmbito da psicologia brasileira.

Dante valorizava sua atividade docente, considerando-a um espaço de interlocução vital em seu percurso como pesquisador. Influenciou, através de seus ensinamentos e de seu estilo, toda uma geração de psicólogos dedicados ao ensino e à pesquisa.

A esfera de seus interesses de investigação e o modo como buscou responder a esses interesses configuraram um campo de exploração original, especialmente na intersecção entre Psicologia e Literatura, e algumas de suas pesquisas foram pioneiras na escolha do tema e seu tratamento, como é o caso do estudo sobre o caráter nacional brasileiro.

Sua produção como articulista de periódicos e jornais foi profícua e abrangente, destacando-se os temas: educação; tradução e linguagem, literatura e educação; caráter nacional; preconceito racial; ficção; biografia e autobiografia; a psicologia ingênua de Fritz Heider, entre outros.

Foi muito ativo como tradutor, aliando seu conhecimento de línguas à sua formação psicológica ampla. Ao lado da tradução de livros básicos de psicologia - à qual atribuía um sentido didático, considerando o direito dos estudantes de psicologia de terem acesso à literatura de qualidade em versões bem cuidadas - , foi responsável pela tradução de livros de vanguarda, de cunho inovador e crítico em relação às teorias e práticas hegemônicas no circuito universitário brasileiro, como por exemplo, Manicômios, Prisões e Conventos de Goffman, e A Fabricação da Loucura, de Szazs.

Aspirou ser escritor literário e aventurou-se na escrita de contos e poemas.

O vínculo de Dante Moreira Leite com o Instituto de Psicologia, como um dos criadores do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho e como Diretor do próprio Instituto, designa esta instituição como responsável, também, por vivificar e atualizar seu legado junto às novas gerações de estudantes e professores.

A homenagem traduz-se, portanto, em desejo e busca de vivificação e atualização dos modos de pensar e de sentir próprios ao Dante, através de alguns de seus escritos, mas, também, se apóia na retomada de sua obra e na abordagem de alguns temas que lhe foram caros.

Os dois artigos iniciais, Dante Moreira Leite: um pioneiro da Psicologia Social no Brasil e Dante Moreira Leite: ciência psicológica, interdisciplinaridade e diferença, apresentam o autor por meio de recortes analíticos de suas principais obras, bem como do traçado de imagens de sua presença no espaço acadêmico.

Um conjunto de textos de Dante Moreira Leite, em sua maioria inéditos, foi escolhido como mensageiro do universo intelectual e sensível do autor.

Os artigos de Flávio Ferraz, Celina Couri, Sandra Vasconcelos e Adélia Bezerra de Meneses tangenciam temas tratados por Dante e habitam a região de diálogo e tensão entre psicologia e literatura.

 

Maria Luisa Sandoval Schmidt

 

 

 

RECOLHO-TE, ENFIM, PÁSSARO SEM ASA
ENSIMESMADO À VOLTA DE TEU CORPO.
ENTREGA-TE À MEMÓRIA DE OUTRAS TERRAS

(sem título, s/d)

Dante Moreira Leite

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License