SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 issue2The reorganization of the Brazilian health system, and the Family Health ProgramParadigms and trajectories or the technological innovation process in the health sector author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Physis: Revista de Saúde Coletiva

Print version ISSN 0103-7331

Physis vol.8 no.2 Rio de Janeiro July/Dec. 1998

http://dx.doi.org/10.1590/S0103-73311998000200003 

Comunidade solidária: há algo de novo no reino das políticas sociais?

 

Solidarity Community: is there news in the ralm of social policies?

 

Communauté Solidaire: y a-t-il du nouveau dans le domaine des politiques sociales?

 

 

Vitória Vellozo

Doutoranda do Departamento de Ciências Sociais da Escola Nacional de Saúde Pública da FI0CRUZ: Pesquisadora da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da FIOCRUZ

 

 


RESUMO

Este artigo tem por objetivo levantar algumas questões sobre os princípios básicos - parceria, solidariedade, descentralização, integração e convergência das ações - que norteiam a estratégia de combate à fome e à pobreza, denominada Comunidade Solidária. A partir do diálogo com perspectivas teóricas que buscam proceder a uma análise relacional, e não estrutural, da questão social e das políticas sociais, são introduzidos elementos de reciprocidade, solidariedade, confiança e responsallilidade, sobre os quais procedimentos aparentemente triviais podem exercer forte influência na textura cotidiana.

Palavras-chave: Comunidade Solidária; políticas sociais; solidariedade.


ABSTRACT

The article aims at posing some questions about the major principles - partnership, solidarity, decentralization, integration and convergence of actions - that lead the combat strategy against starvation and poverty known as Solidarity Community, starting from the dialogue of theoretical perspectives which try to develop a relational, non-structural analysis of both social problems and social policies, inserting elements of reciprocity, solidarity, trust and responsibility, where apparently trivial elements may have an important influence on the day-to-day context.

Keywords: Solidarity Community; social policies; solidarity.


RÉSUMÉ

Cet article a pour but de lever quelques questions autour des principes basiques _ partenariat, solidarité, décentralisation, intégration et convergence des actions - qui orientent la stratégie de combat contre la famine et la pauvreté appelée Communauté Solidaire. A partir du dialogue de perspectives théoriques qui essaie de faire une analyse relationnelle, et nan pas structurale, de la question saciale et des poli tiques saciales, en introduisant des éléments de réciprocité, solidarité, confiance et responsabilité ou des procédures apparemment triviales peuvent exercer une importante influence dans la texture quotidienne.

Mots-clés: Communauté Solidaire; poli tiques saciales; solidarité.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

Referências Bibliográficas

ALVES, P. C. A Experiência da Enfermidade: Considerações Teóricas. Cadernos de Saúde Pública, v. 9, n. 3, p. 263-271, jul./set. 1993.         [ Links ]

BODSTEIN, R. C. Inovações na Análise das Políticas de Saúde no Campo da Saúde Coletiva. In: COSTA e RIBEIRO (orgs.). Política de Saúde e Inovação Institucional: uma Agenda para os Anos 90. Rio de Janeiro: ENSP, 1996.         [ Links ]

BORDIEU, P. Marginália. Algumas notas sobre o Dom. In: MANA, v. 2, n. 2, p. 7-20,1996.         [ Links ]

BRASIL. Ministério do Planejamento. Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada. Secretaria Executiva do Comunidade Solidária. Informe da XV Reunião do Conselho Comunidade Solidária. Anexos. Brasília: IPEA, ago. 1997.         [ Links ]

CASTEL, R. Metamorfoses da Questão Social. Petrópolis: Vozes, 1998.         [ Links ]

GIDDENS, A. Conseqüências da Modernidade. São Paulo: EDUSP, 1991.         [ Links ]

GIDDENS, A. Para Além da Esquerda e rJa Direita. O futuro da política radical. São Paulo: EDUSP, 1996.         [ Links ]

GODBOUT, J. O Espírito da Dádiva. Lisboa: Instituto Piaget, 1997.         [ Links ]

HIRSCHMAN, A. A Retórica da Intransigência. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.         [ Links ]

LEFFORT, C. A Invenção Democrática. 2. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.         [ Links ]

MAUSS, M. Ensaio sobre a Dádiva. São Paulo: EDU, 1974 (Sociologia e Antropologia, 2).         [ Links ]

PELLIANO, A. et alo O Comunidade Solidária: uma Estratégia de Combate à Fome e à Pobreza. In: Planejamento e Políticas Públicas, n. 12, Brasília: IPEA, 1996.         [ Links ]

ROBERTS, B. A Dimensão Social da Cidadania. In: Revista Brasileira de Ciências Sociais, n. 33, ano 12, fev. 1997.         [ Links ]

RORTY, R. Contingência, Ironia e Solidariedade. Lisboa: Editorial Presença, 1994.         [ Links ]

ROSANVALLON, P. La Nouvelle Question Sociale. Repenser l'Etat-Providence. Paris: Éditions du Seuil, 1995.         [ Links ]

SANTOS, W. G. A Trágica Condição da Política Social. In: ABRANCHES, S. (org.). Política Social e Combate à Pobreza. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1987.         [ Links ]

SENNA, M. Municipalização e Controle Social: o Programa Médico de Família em Niterói (1992-1994). Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswa1do Cruz, 1995.         [ Links ]

SUPLICY, E. e MARGARIDO NETO, B. Políticas Sociais: o Programa Comunidade Solidária e o Programa de Garantia de Renda Mínima. In: Planejamento e Políticas Publicas, n. 12, Brasília: IPEA, 1996.         [ Links ]

VELLOZO, V. Direito: Concessão ao Imaginário. Dissertação (Mestrado) - Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz, 1994.         [ Links ]

VIANNA, M. L. Política Social e Transição Democrática: o Caso do INAMPS. Rio de Janeiro: Instituto de EconomialUFRJ, 1989 (mimeo).         [ Links ]

ZALUAR, A. Exclusão e Políticas Públicas: dilemas teóricos e alternativas políticas. Revista Brasileira de Ciências Sociais, n. 35, ano 12, out. 1997.         [ Links ]

 

 

Recebido em 5/10/98.
Aprovado em 28/10/98.