SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue3Somatic embryogenesis induction in different explants of oat (Avena sativa L.)Oral infection by Trypanosoma evansi in rats and mice author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

  • Portuguese (pdf)
  • Article in xml format
  • How to cite this article
  • SciELO Analytics
  • Curriculum ScienTI
  • Automatic translation

Indicators

Related links

Share


Ciência Rural

Print version ISSN 0103-8478On-line version ISSN 1678-4596

Cienc. Rural vol.37 no.3 Santa Maria June 2007

http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782007000300048 

NOTA
MICROBIOLOGIA

 

Alphitobius diaperinus spp como veiculador de Clostridium perfringens em granjas avícolas do interior paulista – Brasil

 

Alphitobius diaperinus spp as a vector of Clostridium perfringens in broiler houses in the state of São Paulo – Brazil

 

 

Juliano VittoriI; Rubén Pablo Schocken-IturrinoI, 1; Kátia Prochnon TrovóI; César Augusto Martins RibeiroII; Gislaine Gomes BarbosaI; Luciano Melo de SouzaII; Caroline Peters PigattoII

IDepartamento de Microbiologia, Universidade Estadual Paulista (UNESP). Via de acesso Prof. Paulo Donato Castellane, s/n, Zona Rural, 14870-970, Jaboticabal, SP, Brasil. E-mail: pablo@fcav.unesp.br
IIDepartamento Medicina Veterinária Preventiva, UNESP, Jaboticabal, SP, Brasil

 

 


RESUMO

O besouro Alphitobius diaperinus spp (cascudinho) é visto como uma importante praga da avicultura mundial. Por suas características comportamentais e hábitos biológicos que dificultam seu controle, é considerado um vetor de agentes patogênicos. O objetivo desta pesquisa foi investigar o cascudinho como possível vetor de Clostridium perfringens em granjas avícolas industriais, localizadas em diferentes regiões do interior Paulista. Através de métodos bacteriológicos convencionais, em 40 amostras analisadas, foram encontradas contagens significativas de Clostridium perfringens em todas elas. A partir dos resultados obtidos, pôde-se demonstrar o potencial deste inseto como vetor do agente responsável pela enterite necrótica.

Palavras-chave: avicultura, Clostridium perfringens, cascudinho, enterite necrótica.


ABSTRACT

The Alphitobius diaperinus spp (lesser mealworm) is considered an important world poultry plague. Due to its behavior characteristics and biological habits that make its control difficult it is considered a vector of pathogenic agents. The objective of this research was to investigate the little mealworm as possible vector of Clostridium perfringens in broiler houses, located in different parts of the state of São Paulo. Through conventional bacteriological methods, 40 samples of little mealworm collected were analyzed. Clostridium perfringens was found in all of the samples and the potential of this insect as vector of the necrotic enteritis was demonstrated.

Key words: poultry brooder houses, Clostridium perfringens, lesser mealworm, necrotic enteritis.


 

 

A avicultura é um dos setores agropecuários que mais tem crescido nas últimas décadas. Os frangos de corte oriundos de granjas são abatidos cada vez mais precocemente, sendo criados de maneira intensiva e submetidos a vários fatores de estresse como: vacinações, transporte, superlotação de galpões, excesso de frio e/ou calor, bem como a presença de insetos (AVISITE, 2004).

O besouro Alphitobius diaperinus spp (Coleoptera: Tenebrionidae), conhecido como “cascudinho”, é encontrado em grande quantidade em cama de frango. A criação em confinamento proporcionou ao cascudinho um hábitat ideal para a sua multiplicação, transformando-o num problema mundial. As formas larval e adulta são descritas como mantenedoras de patógenos viáveis na sua superfície externa e no seu trato digestivo (PAIVA, 2000).

Por suas características comportamentais e hábitos biológicos que dificultam seu controle e o caracterizam como “transportador e disseminador” de patógenos, o cascudinho passou a ser considerado importante agente causador de prejuízos econômicos e sanitários na produção avícola (BATES et al., 2004). Dentre os patógenos que podem ser veiculados pelo cascudinho, ressalta-se Clostridium perfringens.

Clostridium perfringens é uma bactéria em forma de bastonete, Gram positivo, anaeróbia, com esporos subterminais e centrais (SCHOCKEN-ITURRINO & ISHI, 2000). Produz vários tipos de toxinas, mas é classificada de A a E, em razão das toxinas alfa, beta, epsilon, teta, iota, kappa, lambda e mú, capazes de provocar patologias diversas, principalmente a enterite necrótica (CARTER, 1998). Esta doença é uma enterotoxemia aguda não-contagiosa, com início súbito, e apresenta necrose confluente do intestino delgado, que, em infecções subclínicas, provoca redução na absorção dos nutrientes e, conseqüentemente, menor ganho de peso e piora na conversão alimentar. A enterite necrótica é encontrada principalmente em animais jovens, sendo causada pelos tipos A e C de Clostridiun perfrigens (SCHOCKEN-ITURRINO & ISHI, 2000). O objetivo desta pesquisa foi investigar o potencial do besouro Alphitobius diaperinus spp como vetor de Clostridium perfringens em granjas avícolas industriais, localizadas em diferentes regiões do interior paulista.

Foram obtidas 40 amostras de Alphitobius diaperinus spp, no período de agosto de 2005 a fevereiro de 2006. Destas, 50% foram colhidas em galpões avícolas localizados na região de Sertãozinho (SP), e o restante foi proveniente de galpões situados na região de Descalvado (SP).

Cada amostra era constituída de aproximadamente 700 besouros adultos, pesando cerca de 10g. Para tal, os insetos eram coletados em pontos aleatórios dos galpões, sendo posteriormente acondicionados em recipiente de vidro estéril, fechado e transportado em caixa de isopor até o laboratório para as análises. Após pesagem dos besouros, esses foram triturados com areia estéril em um cadinho de porcelana e diluídos em 90mL de peptona 0,1% previamente esterilizada. Esta solução foi submetida à homogeneização por três minutos manualmente e feitas diluições seriadas até 10-3. Alíquotas de 1mL das diluições foram semeadas, em duplicata, pelo método “pour plate” em placas de petri com adição do meio agar sulfito-polimixina-sulfodiazina (SPS-Oxoid), previamente esterilizado e fundido. O material foi incubado em condições de anaerobiose utilizando jarras com sistema Gas-Pak, à temperatura de 37°C, por 24-48 horas (SPECK, 1992). Para confirmar a pureza das colônias típicas, estas foram repicadas em placas contendo meio SPS e incubadas nas mesmas condições citadas anteriormente (SCHOCKEN-ITURRINO et al., 1988). Os esfregaços destas colônias foram corados pelo método de Gram para observação microscópica. Para identificação, cinco colônias típicas de cada placa eram submetidas à série bioquímica a partir das colônias de bastonetes Gram-positivos esporulados e catalase negativa, sendo estas repicadas em tubos de infusão de cérebro e coração (BHI- Difco), incubados em anaerobiose, a 37°C, por 24 horas (SCHOCKEN-ITURRINO et al., 1988). Os testes bioquímicos realizados foram: prova da gelatinase, motilidade, fermentação de lactose, maltose, sacarose, salicina, produção de indol, nitrato e H2S (CARTER et al., 1995). Para a análise estatística, foi utilizado um delineamento inteiramente casualizado, sendo composto por dois tratamentos, com 20 repetições cada. Os dados das contagens microbianas foram transformados em Log 10, sendo submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo Teste de Tukey, ao nível de 5% de probabilidade.

Clostridium perfringens foram isolados em todas as 40 amostras de Alphitobius diaperinus spp analisadas. Este dado revela a importância do controle dos cascudinhos para evitar a disseminação da enterite necrótica causadora de grandes prejuízos econômicos. Após ampla revisão de literatura, não foram encontrados relatos de isolamento de Clostridium perfringens em amostras envolvendo o agente Alphitobius diaperinus spp no mundo. Por isso, a caracterização desse inseto como veiculador desta bactéria torna este estudo relevante para a avicultura brasileira. Na tabela 1, nota-se que não houve diferença significativa (P>0,05) nas contagens de Clostridium perfringens em Alphitobius diaperinus spp nas diferentes regiões estudadas. As médias para as contagens em UFC/g variaram de 2 x 101 a 1,12 x 103 em Descalvado e 9 x 101 a 9,4 x 103 nas amostras de Sertãozinho.

A participação do Alphitobius diaperinus spp como vetor de agentes patogênicos foi comprovada nos relatos de HOFSTAD et al. (1972), SAFRIT & AXTELL (1984), BALDASSI et al. (1995), PAIVA (2000), GOMES (2000), WATSON et al. (2003) e SKOV et al. (2004), que isolaram Eimeria, Escherichia, Salmonella, Campylobacter, Bacillus, Streptococcus, Aspergillus, vírus causadores das doenças de Marek, Influenza aviária, Gumboro e Newcastle, reovírus, rotavírus e enterovírus em diferentes partes do mundo. É considerado também vetor da leucose aviária (DESPINS & AXTELL, 1995). JENSEN et al. (2006), em investigações realizadas em granjas da Dinamarca, estabeleceram a correlação entre a presença de Salmonella typhimurium e de Alphitobius diaperinus spp, observando-se que a eliminação da bactéria nos plantéis somente foi possível quando ocorreu a eliminação do coleóptero. No mesmo país, HALD et al. (1998), isolaram Salmonella enterica spp sorovar Infantis em 45% dos cascudinhos amostrados no período em que a granja estava vazia, ou seja, no intervalo entre a saída e chegada de lotes. Desta forma, o inseto contaminará o novo lote de aves.

No Brasil, CHERNAKI-LEFFER et al. (2002) encontraram Proteus vulgaris, P. mirabilis, Escherichia coli, Enterobacter agglomerans spp., Enterobacter agglomerans agglomerans, Enterobacter agglomerans gergoviae, Enterobacter agglomerans sakasakii, Citrobacter diversus e Klebsiella pneumoniae, causadores de diversas patologias em aves em cascudinhos da região oeste do Estado do Paraná. Trabalho semelhante foi realizado em granjas de perus e frangos nos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, onde foram encontrados 14 espécies de dez gêneros de bactérias da família Enterobacter agglomeransiaceae (SEGABINAZI et al.,2005). A presença destas enterobactérias nos cascudinhos demonstra o grande potencial deste inseto em albergar bactérias patogênicas para as aves também em nosso país.

A partir dos resultados obtidos, demonstrou-se o potencial do Alphitobius diaperinus spp como vetor do Clostridium perfringens em granjas avícolas. O combate deste agente, através de controle químico ou biológico, bem como de um manejo higiênico sanitário adequado dos animais e do ambiente, é fundamental, em vista que essa praga pode carrear agentes patogênicos com potencial de causar danos econômicos na criação avícola.

 

AGRADECIMENTO

Ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), pela concessão de bolsa de estudo.

 

REFERÊNCIAS

AVISITE. Estatísticas e preços de carne de frango. Capturado em 20 de out. 2004. Online. Disponível na Internet: http://www.avisite.com.br/noticias/default.asp.         [ Links ]

BALDASSI, L. Necrotic enteritis on broilers in São Paulo State. Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, v.62, n.1/2, p.37-43, 1995.        [ Links ]

BATES, C. at al. Relationship of Campylobacter isolated from poultry and from darkling beetles in New Zealand. Avian Diseases, Washington, v.48, p.138-147, 2004.        [ Links ]

CARTER, G.R. et al. Essencialts of veterinary microbiology. 5.ed. London: Willians & Wilkins, 1995. 394p.        [ Links ]

CARTER, G.R. Fundamentos de bacteriologia e micologia veterinária. 3.ed. São Paulo: Roca, 1998. 249p.        [ Links ]

CHERNAKI-LEFFER,A.M. et al. Isolamento de Enterobacérias em Alphitobius diaperinus spp e na Cama de Aviários no oeste do Estado do Paraná, Brasil. Revista Brasileira de Ciência Avícola, Campinas, v.4, p.243-247, 2002.        [ Links ]

DESPINS, J.L; AXTELL, R.C. Feeding behavior and growth of broiler chicks fed larvae of the darkling beetle, Alphitobius diaperinus spp. Poultry Science, Savoy, v.74, p.331-336, 1995.         [ Links ]

GOMES, J.P.C. Controle de Alphitobius diaperinus spp (Panzer) (Coleoptera: Tenebrionidae) em aviários. In: SIMPÓSIO BRASIL SUL DE AVICULTURA, 2000, Chapecó- SC. Anais... Chapecó: Núcleo Oeste de Médicos Veterinários, 2000. p.143-147.        [ Links ]

HALD, B. et al. Typhaea stercorea (Coleoptera: Mycetophagidae), a Carrier of Salmonella enterica spp serovar Infantis in a Danish Broiler House. Veterinary Entomology, Whashington, v.91, n.3, p.660-664, 1998.        [ Links ]

HOFSTAD, M. et al. In: CALNECK, B.W. et al. Diseases of Poultry. 7.ed. Ames: Iowa State Univ., 1972. 365p.        [ Links ]

JENSEN, A.N. et al. Survival and transmission of Salmonella enterica spp Serovar Typhimurium in an outdoor organic pig farming environment. Applied and Environmental Microbiology, Quebec, v.72, n.3, p.1833-1842, 2006.        [ Links ]

PAIVA, D.P. Cascudinhos: biologia. In: SIMPÓSIO BRASIL SUL DE AVICULTURA, 2000, Chapecó-SC. Anais... Chapecó: Núcleo Oeste de Médicos Veterinários, 2000. p.135-139.         [ Links ]

SAFRIT, R.D.; AXTELL, R.C. Evaluations of sampling methods for darkling bettles (Alphitobius diaperinus spp) in the little of turkey and broiler houses. Poultry Science, Savoy, v.63, p.2368-2375, 1984.        [ Links ]

SCHOCKEN-ITURRINO, R.P. et al. Isolation and characterization of pathogenic Clostridium in meat products. Ars Veterinaria, Jaboticabal, v.4, n.1, p.91-98, 1988.        [ Links ]

SCHOCKEN-ITURRINO, R.P; ISHI, M. Clostridioses em aves. In: BERCHIERI Jr, A., MACARI, M. Doenças das aves. Campinas: Facta, 2000. p.242-243.        [ Links ]

SEGABINAZI,S. D. et al. Bactérias da família Enterobacter agglomeransiaceae em Alphitobius diaperinus spp oriundos de granjas avícolas dos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, Brasil. Acta Scientiae Veterinariae, Porto Alegre, v.33, n.1, p.51-55, 2005.        [ Links ]

SKOV, M.N. et al. The role of litter beetles as potential reservoir for Salmonella enterica spp and Thermophilic Campylobacter spp. between broiler flocks. Avian Diseases, Whashington, v.48, p.9-18, 2004.        [ Links ]

SPECK, M.L. Compendium of methods for the microbiological examination of foods. Washington: APHA, 1992. 701p.        [ Links ]

WATSON, D.W. et al. Effects of lime hydrate on the growth and development on darkling beetle, Alphitobius diaperinus spp. International Journal of Poultry Science, Whashington, v.2, n.2, p.91-96, 2003.        [ Links ]

 

 

Recebido para publicação 27.03.06
Aprovado em 11.10.06

 

 

1 Autor para correspondência.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License