SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 número3Vivenciando ciência e tecnologia de polímeros índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Polímeros

versão impressa ISSN 0104-1428

Polímeros vol.7 no.3 São Carlos jul./set. 1997

https://doi.org/10.1590/S0104-14281997000300001 

MENSAGEM DO PRESIDENTE

 

Prestação de contas

 

 

Ao término do meu mandato no cargo de presidente da ABPol apresento um balanço do que foi a gestão da atual Diretoria no biênio 1995-1997.

Dentre as atividades promovidas pela ABPol, foram ministrados, até o momento, 37 cursos com um total de 807 participantes. A Associação com a SPE (Society of Plastics Engineer) e o INP (Instituto Nacional do Plástico) possibilitou a vinda de conhecidos consultores internacionais, que trouxeram sua experiência pessoal, oferecendo informações "up to date" dentro dos temas de cada evento. A iniciativa de trazer especialistas estrangeiros visa, sobretudo, dar maior abrangência aos cursos ministrados regularmente pelos instrutores locais e que já estão consagrados junto à nossa comunidade.

As atividades das Comissões Técnicas cresceram bastante, consolidando as Comissões de Caracterização e Identificação de Polímeros e a de Reciclagem de Polímeros culminando com a realização de um workshop este ano. O sucesso destas duas comissões motivou o início das atividades da comissão de Reologia e Processamento, em julho último, com a participação expressiva do setor produtivo.

As publicações dos números desta revista ficaram em dia graças aos esforços do comitê editorial, ao apoio do CNPq/FINEP e da FAPESP e aos anunciantes que viabilizaram em parte os custos de impressão.

Uma das metas da atual gestão foi a de incentivar a criação de regionais em todo o país, um anseio dos associados de diversos estados que tenho visitado. No entanto, devo ressaltar que a criação das regionais só é possível com a participação da comunidade interessada e com o empenho de algumas pessoas para levá-la adiante. Como exemplo, cito a criação da regional no estado do Rio de Janeiro, fruto do esforço individual de algumas pessoas e que já resultou num cadastramento de todos os grupos de pesquisa e pesquisadores que atuam na área de polímeros e com a promoção de um 1º Encontro regional com toda a comunidade do Estado. Acredito que este é o caminho a ser seguido pelas demais regionais. A regional Sul está com suas atividades reativadas, promovendo também um evento em novembro próximo.

A realização do 4º Congresso Brasileiro de Polímeros em Salvador serviu para reavivar o interesse dos pesquisadores que atuam no Pólo Petroquímico, pela criação de uma regional de polímeros em lugar do grupo de polímeros que no passado reunia os técnicos e promovia eventos científicos na região.

O ponto máximo da atual gestão foi a premiação do Projeto apresentado pela ABPol ao MCT para transformá-la em Entidade Tecnológica Setorial para as atividades relacionadas com polímeros. Desta forma a participação da ABPol no cenário nacional ganhou um destaque maior e com maiores responsabilidades, de acordo com as atribuições conferidas a ela pelo MCT.

Ao finalizar, quero agradecer a todos os membros da atual Diretoria (Antonio de Pádua Dottori, José Alexandrino de Sousa, Luiz Antonio Pessan, Maria do Carmo Z. Simi, Nelson Semeraro, Sebastião V. Canevarolo Jr., Silvio Manrich e Suzana P. Nunes) e a Fátima, Edmea, Jane e Solange pelo apoio recebido.

 

Prof. Ailton de Souza Gomes
Presidente

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons