SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número2EditorialPreparation and characterization of carboxymethylchitosan índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Polímeros

versão impressa ISSN 0104-1428versão On-line ISSN 1678-5169

Polímeros v.15 n.2 São Carlos abr./jun. 2005

http://dx.doi.org/10.1590/S0104-14282005000200003 

NOTÍCIAS DE EVENTOS

 

7° CECEMM - Congresso de Estudantes de Ciência e Engenharia de Materiais do Mercosul

 

 

O CECEMM é um congresso que reúne estudantes de graduação e pós-graduação em Engenharia de Materiais e cursos ligados à Ciência dos Materiais do Mercosul, surgiu na Universidade Federal de São Carlos em 1999 e teve, em suas 6 edições, participação da maioria das universidades relacionadas à Ciência e Engenharia de Materiais do Brasil.

 

O 7º CECEMM será realizado de 1 a 5 de agosto/2005, na UFRGS, em Porto Alegre/RS pelo CEEMA (Centro dos Estudantes de Engenharia de Materiais) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, dando continuidade à importante interação entre estudantes, pesquisadores e profissionais atuantes na área de ciência dos materiais.

Já foi realizado na Universidade Estadual de Ponta Grossa/PR (2000), Universidade Federal de Campina Grande/PB (2001), Universidade Federal de São Carlos/SP (2002), Universidade Federal de Santa Catarina/SC (2003) e UNILESTE (2004), sempre com a participação de aproximadamente 500 congressistas.

Aproximando empresas da região e universidades de todo Mercosul, o CECEMM busca divulgar o curso de Engenharia de Materiais e as pesquisas desenvolvidas nessa área. O Congresso compreende a apresentação de trabalhos científicos, na forma oral e de painéis, a realização de simpósios, mini-cursos e visitas técnicas. A discussão de inúmeros temas está prevista sobre as áreas de Materiais Metálicos, Cerâmicos, Polímeros, Compósitos e Biomateriais. Entre eles estão desde caracterização físico-química básica até avançadas técnicas de avaliação de propriedades e processamentos.

A Revista entrevista Eduardo Fallavena da Graduação da Engenharia de Materiais - UFRGS e da Comissão de Organização do 7CECEMM

 

Comente um pouco a respeito do que é o CECEMM e sua história ao longo das edições anteriores.

O CECEMM é um congresso que nasceu com a finalidade de promover uma efetiva integração tecnológica en tre os estudantes e pesquisadores do Mercosul relacionados com a área de Ciência dos Materiais.

Teve sua primeira edição na UFSCar e, ao longo desses anos, tem percorrido todos os principais centros tecnológicos, sempre com essa mesma proposta de aproximação científica, dentro de um trabalho sério e bem estruturado. A evolução de algumas características básicas do CECEMM tem permitido a sustentação desse evento ao longo dessas seis edições passadas, o que vem sendo amplamente apoiado por empresas sérias que acreditam no trabalho dos estudantes.

A propósito, que inovações são essas? E mais especificamente quem tem apoiado o evento?

São inovações na programação do congresso que vem sendo gradativamente implantadas. Nessa edição, por exemplo, contaremos com mais de trinta cursos referentes a todas as áreas de atuação de um Engenheiro de Materiais, ministrados por profissionais altamente qualificados como mestres, doutores, PhDs e profissionais atuantes nas linhas de produção das empresas. Além disso, teremos a presença de palestrantes internacionais confirmados e toda uma infra-estrutura específica montada para a apresentação dos trabalhos científicos. Além, é claro, de uma excelente premiação para os vencedores desses trabalhos e a publicação de suas pesquisas vencedoras.

Quanto ao suporte do evento, passamos basicamente por três pilares de sustentação: movimento estudantil, apoio da universidade pública e iniciativa privada. Apesar de imensas restrições orçamentárias, a apresentação de um trabalho coeso sempre nos garantirá o reconhecimento das empresas sérias e instituições que apóiam a pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias, como é o caso da ABPol.

De que forma tem sido a presença de estudantes estrangeiros, provenientes do Mercosul?

Em edições passadas, uma série de problemas contribuiu para a presença em pequena escala de estudantes de nossos países vizinhos. Dentre esses fatores, as barreiras financeira e geográfica têm sido as mais determinantes. Não podemos esquecer que este evento se trata de uma conquista estudantil, direcionada para estudantes e profissionais da área, mas que a presença maciça ainda é de estudantes. Logo, nosso poder aquisitivo não permite grandes investimentos sem a devida contrapartida de subsídios por parte das instituições financiadoras de pesquisa. Entretanto, nesta 7ª edição do evento, graças à cooperação de uma série de profissionais, listados detalhadamente em nosso site, e a um convênio firmado com o Grupo Montevidéu está garantido o devido suporte aos estudantes estrangeiros e esperamos que, desta vez, não haja barreiras capazes de impedir o total sucesso do evento.

Agradecemos sua participação e desejamos todo o sucesso ao 7º CECEMM. Deixe um contato e o site para divulgação.

Muito obrigado pelo espaço dado pela ABPol. Esperamos fazer jus a esse voto de confiança da melhor forma possível. O e-mail é 7cecemm@ufrgs.br e o site é www.ufrgs.br/7cecemm.

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons