SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue50Education and work: representations by secondary school teachers and students author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação

Print version ISSN 0104-4036

Ensaio: aval.pol.públ.Educ. vol.14 no.50 Rio de Janeiro Jan./Mar. 2006

http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40362006000100001 

EDITORIAL

 

Editorial da Revista Ensaio 50

 

 

Em 1993, a Fundação Cesgranrio entregava à comunidade acadêmica o primeiro número da revista ENSAIO.

Em seu editorial, o Editor dizia que o propósito da revista era seconstituir em veículo de divulgação e intercâmbio, aprofundando aanálise de projetos e experiências, avaliando-as numa perspectivaeducacional, quanto ao seu desempenho com referência aos padrões de qualidade aceitos. Conferia à avaliação perspectivas de umhorizonte mais largo, não a associando somente ao processo ensinoaprendizagem , mas às políticas públicas em educação e aos aspectos organizacionais dos sistemas e instituições educacionais.

Estava traçada sua linha editorial.

Desde então, e lá se vão 13 anos, os Editores empenharam-se emfazer da revista ENSAIO um veículo de socialização do pensamentoe do saber de seus colaboradores nacionais e internacionais.

Ao entregar a seus milhares de leitores a ENSAIO de nº 50,compartilhamos, com aqueles que nos vêm acompanhando desde oinício e ao longo de sua trajetória, a alegria de ver que permanecemos fiéis aos propósitos iniciais que inspiraram sua criação.

Neste número, os prezados leitores encontram o artigo “Educaçãoe trabalho: representações de professores e alunos do ensino médio,de autoria de Candido Alberto Gomes, Clélia de Freitas Capanema,Jacira da Silva Câmara e Lakmé Campbell Cabanelas, que, analisando essas representações, apresentam motivações, perspectivas e necessidades, bem como as relações entre educação e trabalho.

A seguir, Maria da Gloria Gohn, no artigo “Educação não-formal, participação da sociedade civil e estruturas colegiadas nas escolas”, leva-nos a refletir sobre a educação não-formal como campode conhecimento e construção e seu papel no processo educativo.

O artigo “Os Conselhos Municipais de Educação no Brasil: umbalanço das referências nacionais” , de autoria de Donaldo Bello de Souza e Maria Celi Chaves Vasconcelos , constitui-se em expressivorecorte da produção científica em torno do eixo temático Política-Gestão e Financiamento de Sistemas Municipais Públicos de Educação no Brasil, cobrindo o período de 1996 a 2002.

Marcos Vinícius Maltempi e Mauricio Rosa são autores do artigo“A avaliação vista sob o aspecto da educação a distância”, que tratada avaliação como aspecto relevante para a educação, em geral, eque deve ser pensado e discutido frente à EAD.

A revista ENSAIO nº 50 apresenta, ainda, o artigo de Carlos Dóriae Manoel José Gomes Tubino, intitulado “Avaliação da busca da cidadania do projeto olímpico da Mangueira”. Nele, o autor focaliza ocompromisso permanente do Projeto com a construção da cidadaniaplena, investigando se os objetivos iniciais foram atingidos por aquelesque participaram do projeto ao longo de seu desenvolvimento.Os editores de ENSAIO, ao entregarem à comunidade acadêmica arevista nº 50 querem expressar seu agradecimento a todos os que colaboraram escrevendo, emitindo pareceres, revisando, cuidando do projetográfico, e aos milhares de leitores, que nos estimularam com palavrasde apoio, de incentivo, de crítica construtiva, fazendo com que buscássemos, sempre, ultrapassar o bom para oferecer o melhor.

A revista ENSAIO nº 50 apresenta, ainda, o artigo de Carlos Dóriae Manoel José Gomes Tubino, intitulado “Avaliação da busca da cidadania do projeto olímpico da Mangueira”. Nele, o autor focaliza ocompromisso permanente do Projeto com a construção da cidadaniaplena, investigando se os objetivos iniciais foram atingidos por aquelesque participaram do projeto ao longo de seu desenvolvimento.

Há, ainda, uma pesquisa realizada por José Francisco Soares eRenato Judice de Araújo, sobre “Nível socioeconômico, qualidade eeqüidade das escolas de Belo Horizonte”, na qual os autores concluemque a forma de medir os fatores que interferem no desempenho cognitivo dos alunos da educação básica sofreu enorme impacto com apopularização de duas novas técnicas estatísticas: a Teoria da Respostaao Item (TRI) e os modelos de regressão para dados hierárquicos.

Os editores de ENSAIO, ao entregarem à comunidade acadêmica arevista nº 50 querem expressar seu agradecimento a todos os que colaboraram escrevendo, emitindo pareceres, revisando, cuidando do projetográfico, e aos milhares de leitores, que nos estimularam com palavrasde apoio, de incentivo, de crítica construtiva, fazendo com que buscássemos, sempre, ultrapassar o bom para oferecer o melhor.

 

Carlos Alberto Serpa de Oliveira