SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número4Bioética, um caminho para muitas respostasMedicina e Saúde Pública índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Associação Médica Brasileira

versão impressa ISSN 0104-4230versão On-line ISSN 1806-9282

Rev. Assoc. Med. Bras. v.46 n.4 São Paulo out./dez. 2000

http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302000000400008 

Editorial

Medicina Baseada em Evidências

 

A PRÁTICA MÉDICA SÓLIDA E ROBUSTA

 

 

Gradativamente observamos que a prática da medicina baseada em evidências (MBE), ou seja, a prática médica com base nas evidências sólidas e robustas disponíveis na literatura, vem-se consolidando como modelo na tomada de decisão clínica em vários países, incluindo o Brasil.

A conceituação adequada, com descrição da racionalidade e roteiro de aplicação prática, torna-se etapa fundamental e essencial para a consolidação da MBE.

Medicina baseada em evidências é a utilização conscienciosa, explícita e judiciosa da melhor evidência para a tomada de decisão para o tratamento individual dos pacientes. Infelizmente a palavra "evidências" vem sendo utilizada inapropriadamente, como sinônimo de qualquer informação existente. Contudo, dentro do contexto da MBE, utilizamos evidências para substituir "evidências sólidas", "evidências confiáveis" e "evidências robustas", e para buscá-las torna-se necessário um aprendizado, visando a análise crítica da literatura (como ler um artigo científico) para posterior incorporação dos achados relevantes e confiáveis na prática clínica, trazendo assim, seguramente, mais benefícios aos pacientes.

A Ramb dedicará espaço para que vários tópicos da MBE sejam discutidos, possibilitando ao clínico o acesso a essa ferramenta essencial para a boa prática clínica. Serão abordados os princípios e racionalidade da MBE, análise crítica da literatura, princípios da epidemiologia aplicados à clínica, itens essenciais de bioestatística para o clínico, principais estratégias de pesquisa, tópicos metodológicos e estatísticos em estudos randomizados, utilização racional de métodos diagnósticos, revisões sistemáticas (metanálises), análise econômica em clínica médica e racionalidade da utilização da medicina baseada em evidências na graduação médica.

Esperamos que todos aproveitem e absorvam os conceitos a serem veiculados junto à Ramb para que este simples e imprescindível modelo de prática médica possa homogeneamente melhorar a prática clínica em nosso país.

A MBE funciona como elemento transformador de médicos, passivamente baseados apenas em opiniões dos outros, em médicos ativamente praticantes de uma medicina baseada em evidências.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons