SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 issue4Retirada da ventilação mecânica na antecipação da morte em unidade de terapia intensiva author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230

Rev. Assoc. Med. Bras. vol.49 no.4 São Paulo  2003

http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302003000400001 

EDITORIAL

 

A versão www da Revista da Associação Médica Brasileira (RAMB)

 

 

Médicos, pesquisadores, clínicos e cirurgiões têm se dedicado — ao longo dos anos — a gerar novos conhecimentos fisiológicos e fisiopatológicos, desenvolver novos medicamentos, criar e aperfeiçoar instrumentos, e a aprimorar técnicas para aplicação na prática da medicina objetivando agregar benefícios aos pacientes. O ensino da medicina envolve organizar e difundir todo o conhecimento gerado pela pesquisa e pela experiência prática dos educadores. A quantidade de informação produzida é tão grande que seria impossível uma atualização adequada individualmente.

Nos últimos anos, os médicos em geral têm se acostumado a utilizar os computadores como ferramenta de ajuda no seu aprimoramento científico e no ensino. A internet é sem dúvida nenhuma o instrumento que mais longe e mais rápido movimenta a informação, de forma fácil e compartilhada, modificando definitivamente o conceito de inteligência de um estático "Saber informações", para um mais dinâmico "Pesquisar e relacionar informações". Este veículo permite filtrar a informação relevante para um aprendizado orientado por demanda - pesquisamos e aprendemos "o quê" e "quando" precisamos.

A Revista da Associação Médica Brasileira, através do seu corpo editorial, tem se empenhado na melhoria constante desta publicação, preocupando-se com a seleção de um conteúdo científico relevante, com o objetivo de divulgar a pesquisa original e também oferecer material didático de qualidade aos leitores, através de suas diversas seções. A Ramb tornou-se um importante meio de divulgação científica em Medicina na nossa comunidade, já reconhecida pelos pesquisadores e pelas instituições de fomento à pesquisa. Este reconhecimento reflete-se em um crescente número de artigos científicos de qualidade produzidos por pesquisadores e enviados para publicação.

O substancial aumento de artigos submetidos à avaliação pelo corpo editorial da Ramb desencadeou a necessidade de adaptar o modelo de fluxo clássico de análise dos manuscritos, para um modelo mais rápido e eficiente que conseguisse manter comunicação contínua entre os autores, editores e revisores.

Nesse sentido, o desenvolvimento de uma versão eletrônica da Ramb, utilizando a internet como veículo de comunicação, teve como objetivo disponibilizar aos colegas da área da saúde, aos pesquisadores, aos potenciais autores e ao corpo editorial uma ferramenta de melhoria da eficiência da revista, para continuar oferecendo aos médicos de nossa comunidade científica um excelente e dinâmico meio de divulgação e consulta.

A revista eletrônica, em breve, estará disponível aos colegas - como um complemento à revista impressa - para servir de interface entre nós; desde a simples consulta de artigos publicados, ao envio de manuscritos, além de todo o fluxo de análise até a publicação do artigo, quando aprovado, sempre com o acompanhamento contínuo dos autores e do corpo editorial.

Desta forma, estaremos contribuindo para organizar e divulgar o conhecimento médico de uma maneira rápida e dinâmica, como a que acreditamos ser a adequada para o pesquisador e o leitor de hoje.

Aos senhores assinantes e colaboradores, desejamos o proveito pleno desse importante e irreversível passo que a RAMB dá para a sua consolidação entre as maiores revistas científicas brasileiras.