SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 issue4Hipertensão arterial pulmonar em criançasSeguimento de casos com diástole zero: a importância do perfil hemodinâmico fetal author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Associação Médica Brasileira

Print version ISSN 0104-4230On-line version ISSN 1806-9282

Rev. Assoc. Med. Bras. vol.49 no.4 São Paulo  2003

http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302003000400018 

GINECOLOGIA

 

Indicações atuais da terapêutica hormonal da menopausa

 

 

José Mendes Aldrighi; Ana Paula S. Aldrighi; Marco Antonio N. Petti

 

 

Em maio de 2003, realizou-se na Grécia a 2ª reunião do Consenso Europeu de Menopausa1; entre as conclusões, merecem destaque as indicações atuais da terapêutica hormonal da menopausa (THM): 1) sintomas menopausais como ondas de calor, distúrbios do sono e secura vaginal; a dose do esteróide a ser ministrada deve ser a menor dose efetiva e prescrita exclusivamente durante a vigência dos sintomas; a via de administração deve ser aquela de preferência da mulher; 2) em mulheres de risco para osteoporose, a terapia hormonal constitui o tratamento preventivo mais simples e efetivo. Se indicada por longa duração, é fundamental que se reavalie a cada cinco anos a relação vantagens/desvantagens. É importante, também considerar outras alternativas, como os bisfosfonatos e os SERMs.

O consenso reafirmou que a THM não deve ser prescrita visando à prevenção cardiovascular primária e secundária, nem a prevenção da perda de memória ou demência em mulher após a menopausa.

Nos casos de mulheres com antecedentes pessoais ou história familiar de trombose venosa antes dos 50 anos, a opinião do especialista deve ser sempre solicitada, objetivando avaliar a possibilidade de estado trombofílico. Caso indicada, a via preferencial do estrogênio deve ser a não-oral.

Nos casos de hipertrigliceridemia a via não-oral também deve ser a preferida. A relação benefício/risco deve sempre ser discutida com a paciente.

 

Comentário

As indicações atuais da THM após o estudo WHI2 ficaram bem determinadas e este consenso é muito claro em relação a isso. As indicações são concordes com aquelas manifestadas no editorial da Ramb3, meses antes da divulgação do WHI. O consenso revelou também as contra-indicações da THM que incluem porfiria cutânea, câncer de mama, tumores estrógeno-dependentes, doença cardiovascular e doença tromboembólica.

Portanto, cabe ao médico informar às suas pacientes, em diálogo franco e imparcial, os reais benefícios e riscos da THM.

 

Referências

1. Consensus Guidelines: menopause, State of the Art Toward Consensus. In: 2nd European Consensus Meeting on Menopause;. 2003. Athens; Greece. Menopause Rev 2003; 8(2):1-7.

2. Writing Group for the Womens Health Initiative Investigators. JAMA 2002; 288:321-33

3. Editorial. Rev Assoc Med Bras 2002; 48:93-117.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License