SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 issue3Constructing the legitimacy of a health-care professionTechnical work in health-care R&D laboratories: a case study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

Share


História, Ciências, Saúde-Manguinhos

Print version ISSN 0104-5970

Hist. cienc. saude-Manguinhos vol.4 no.3 Rio de Janeiro Nov. 1997

http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59701997000300004 

ANÁLISE

 

A Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro: a gênese de uma rede institucional alternativa

 

The Rio de Janeiro Medical and Surgical Society: the genesis of an alternative institutional network

 

 

Luiz Otávio Ferreira; Marcos Chor Maio; Nara Azevedo

Luiz Otávio Ferreira é professor adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), e, com Marcos Chor Maio e Nara Azevedo, integra o quadro de pesquisadores da Casa de Oswaldo Cruz/Fundação Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz).Avenida Brasil, 4036, sala 401 21040-361 Rio de Janeiro — RJ Brasil E-mail: Fax (021)590-3489

 

 


RESUMO

Este artigo aborda a história da medicina no Brasil no final do século XIX, a partir da análise do surgimento da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro. Nossa hipótese é de que, a partir da década de 1880, a reformulação das instituições e a diversificação da coletividade médica iniciaram a estruturação de um campo de relações sociais específicas aos praticantes da medicina. Diante da crise das instituições médicas oficiais, verifica-se o surgimento de grupos médicos alternativos que, à margem da tutela estatal, se articularam em torno cie objetivos comuns, em especial, a construção de um conhecimento médico nacional, que tivesse relevância no cenário científico internacional da época.

Palavras-chave: história da medicina, instituições médicas, medicina brasileira.


ABSTRACT

Creation of the Rio de Janeiro Medical and Surgical Society serves as the basis for this study of late-19th-century medicine in Brazil. The hypothesis is that beginning in the 1880s changes to institutions and the diversification of the medical community inaugurated the structuring of afield of social relations specific to medical practitioners. With official medical institutions undergoing crises, alternative groups that emerged outside the government framework worked together toward common ends, particularly the construction of a kind of Brazilian medical knowledge that could play a role on the international scientific scenario.

Keywords: history of medicine, medical institutions, Brazilian medicine.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

FONTES IMPRESSAS

Anais do 1º Congresso Brasileiro de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, Imprensa Nacional, 1889        [ Links ]

Annaes Brasilienses de Medicina. Jornal da Academia Imperial de Medicina. Rio de Janeiro, tomo XIX, 1867; tomo XXXVI, 1884        [ Links ]

Boletim da Academia Imperial de Medicina. Rio de Janeiro, 1886        [ Links ]

Brazil Médico,15.1.1887;l4.3.1887; 22.9-1887; 10.11.1887.        [ Links ]

Diário de Saúde, nº 25, 1835        [ Links ]

Estatutos da Academia Imperial de Medicina do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, Tipografia Fluminense de Brito & Cia, 1835        [ Links ]

Gazeta Médica da Bahia, set. 1886.        [ Links ]

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Ackerknecht, Erwin 1948 'Anticontagionism between 1821 and 1848'. Bulletin of History of Medicine, 22, pp. 562-93.        [ Links ]

Azeredo, Paulo Roberto 1978 'Classe social e saúde na cidade do Rio de Janeiro: primeira metade do século XX'. Revista do Museu Paulista, 25, pp. 129-66.        [ Links ]

Azevedo, F. (org.) 1956 As ciências no Brasil. São Paulo, Edições Melhoramento, 2 vols.        [ Links ]

Benchimol, Jaime Larry Do Pasteur do micróbio ao Pasteur dos mosquitos: a febre amarela 1996 no Rio de Janeiro (1880-1903). Tese de doutoramento, Universidade Federal Fluminense, Instituto de Ciências Humanas e Filosofia.        [ Links ]

Benchimol, Jaime Larry 1995 'Domingos José Freire e os primórdios da bacteriologia no Brasil'. História, Ciências, Saúde & Manguinhos, vol. 11(1), pp. 67-98.        [ Links ]

Benitez, Leonel Rodriguez 1992 'La geografia en el projecto nacional de México independiente, 1824-1835. La fundación del Instituto Nacional de Geografia e Estadisticas'. Interciencia, vol. 17, nº 3, pp. 155-60.        [ Links ]

Blake, Sacramento 1899 Dicionário Bibliográfico Brasileiro. Rio de Janeiro, Imprensa Nacional.        [ Links ]

Cabreira, Leoncio Lopez-Ocon 1992 'Médio siglo de atividades de la Sociedad Geográfica de Lima'. Interciencia, vol. 17, nº 3, pp. 147-54.        [ Links ]

Capel, Horácio 1992 'El asociacionismo cientifico em IberoAmerica. La necesid de un enfoque globalizador'. Interciencia, vol. 17, n- 3, pp. 168-76.        [ Links ]

Chalhoub, Sidney 1995 'Febre amarela e ideologia racial no Rio de Janeiro do século XIX'. Estudos Afro-Asiáticos, 27: 87-110.        [ Links ]

Chalhoub, Sidney 1994 Cidade febril: cortiços e epidemias na Cone Imperial. Tese de livre-docência, Universidade de Campinas, Departamento de História.        [ Links ]

Coelho, Edmundo 1995 Tísicos, sectários e charlatães: a medicina em perspectiva histórico-comparada'. Em Maria Helena Machado (org.), Profissões de saúde: uma abordagem, sociológica. Rio de Janeiro, Editora Fiocruz.        [ Links ]

Coradini, Odaci Luiz 1997 'Grandes famílias e elite profissional na medicina no Brasil'. História, Ciências, Saúde & Manguinhos, vol. II (3): 425-66.        [ Links ]

Dias, Maria Odila da Silva 1968 'Aspectos da ilustração brasileira'. Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, 278: 105-69.        [ Links ]

Edler, Flávio Coelho 1992 As reformas do ensino médico e a profissionalização da medicina na Cone do Rio de Janeiro, 1854-84. Dissertação de mestrado, Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras.        [ Links ]

Ferreira, Luiz Otávio 1996 O nascimento de uma instituição científica: os periódicos médicos brasileiros da primeira metade do século XIX. Tese de doutoramento, Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras.        [ Links ]

Ferri, Mario Guimarães e Motoyama, Shozo 1979-81 História das ciências no Brasil, São Paulo, EPU, 3 vols.        [ Links ]

Figueirôa, Sílvia F. M. de 1992 'Associativismo científico no Brasil: o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro como espaço institucional para as ciências naturais durante o século XIX'. Interciencia, vol. 17, nº 3, pp. 141-6.        [ Links ]

Foucault, Michel 1982 A microfísica do poder. Rio de janeiro, Graal.        [ Links ]

Freites, Yajaira 1992 'La Academia de Ciências Fisicas, Matemáticas y Naturales de Venezuela (1917-79): una realidad aparte de la ciência?'. Interciencia, vol. 17, nº 3, pp. 61-7.        [ Links ]

Goubert, Jean-Pierre (org.) 1982 La médicalisation de la Société Française, 1770-1830. Waterloo/Ontario, Historical Reflection Press.        [ Links ]

Hall, A. Rupert 1988 A revolução na ciência, 1500-1750. Lisboa, Edições 70.        [ Links ]

Jordonova, L. J. 1981 'Earth science and environmental medicine: the synthesis of the late enlightenment'. Em Images of the earth essays in the hisory of the environmental science. Londres, The British Society fot History of Science.        [ Links ]

Kury, Lorelai Brilhante 1994 'Entre nature et civilisation: les médecins brésiliens et l'identité nationale (1830-50)'. Cahiers du Centre de Recherches Historiques, 12, pp. 159-72.        [ Links ]

Lécuyer, Bernad P. 1986 'L'hygiene en France avant Pasteur: 1750-1850'. Em Claire Salomont-Bayet, Pasteur et la révolucion pastorienne. Paris, Payot.        [ Links ]

Lutz, Adolpho 1888 A opilação ou hipoemia intertropical e sua origem ou Ankylostoma duodenal e Ankylostomíase. Rio de Janeiro, Typ. e Lith. de Machado & C.        [ Links ]

Luz, Madel T. 1982 Medicina e ordem política. Políticas e instituições de saúde (1850-30). Rio de Janeiro, Graal.        [ Links ]

Machado, Roberto et al. 1978 Danação da norma: medicina social e constituição da psiquiatria no Brasil. Rio de Janeiro, Graal.        [ Links ]

Nizza da Silva, Maria Beatriz 1988 'O pensamento científico no Brasil na segunda metade do século XVIII'. Ciência & Cultura, 40 (9): 859-68.        [ Links ]

Obregon, Diana 1992 'La Sociedad de Naturalistas Neogranadinos o la invención de una tradición'. Interciencia, vol. 17, n° 3, pp. 135-40.        [ Links ]

Peard, Julyan G. 1990 The Tropicalista School of Medicine of Bahia, Brazil, 1860-1889. Tese de doutoramento, Columbia University.        [ Links ]

Queiroz, Julio Sanderson 1986 Memória da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro em um século de vida. Rio Janeiro, RioArte/MEC.        [ Links ]

Rosen, George 1994 Uma história da saúde pública. São Paulo, Hucitec/Unesp/Abrasco.        [ Links ]

Saldaña, Juan José e Azuela, Luz Fernanda 1994 'De amateurs a profisionales. Las sociedades científicas mexicanas en siglo XIX'. Quipu, vol. 11, nº 2, pp. 135-72.        [ Links ]

Santos Filho, Lycurgo 1991 História geral da medicina brasileira. São Paulo, Hucitec/Edusp, vol. 2.        [ Links ]

Santos Filho, Lycurgo 1977 História geral da medicina brasileira. São Paulo, Hucitec/Edusp, vol. 1.        [ Links ]

Schwartzman, Simon 1979 Formação da comunidade científica no Brasil. São Paulo, Companhia Editora Nacional/Finep.        [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em outubro de 1997.