SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 issue13O mal que se adivinha: polícia e menoridade no Rio de Janeiro, 1910-1920 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Horizontes Antropológicos

Print version ISSN 0104-7183

Horiz. antropol. vol.6 no.13 Porto Alegre June 2000

http://dx.doi.org/10.1590/S0104-71832000000100018 

NOTICIÁRIO

 

Teses e dissertações em antropologia defendidas de janeiro a junho de 2000 na Universidade Federal do Rio Grande do Sul

 

 

Teses

SEMÁN, Pablo

Orientador: Prof. Dr. Ari Pedro Oro

A fragmentação do cosmos: um estudo sobre as sensibilidades religiosas de fiéis pentecostais e católicos num bairro da grande Buenos Aires.

Esta tese versa sobre trânsitos e combinações entre cultura e religião nos quais diversifica-se o padrão de experiências religiosas de fiéis Católicos e Pentecostais de um popular da Grande Buenos Aires. Na caracterização dessas experiências privilegiei uma análise que torna visíveis fenômenos que operam transversalmente a ordem definida pelas denominações religiosas e que foram conceitualizadas como estruturas do sentimento articuladas a partir de movimentos de passagem.

Nesta análise segui duas orientações básicas. De um lado, atendi às condições históricas que, através das biografias, dão lugar a vertentes de religiosidade diferenciadas segundo as gerações; de outro lado, considerei a eficácia com que atuam quatro momentos da cultura religiosa local e que organizam, de forma singular, os pertencimentos ao pentecostalismo e ao catolicismo: as práticas dos curandeiros, as práticas psicoterapêuticas, com duas concepções individualizantes, as experiências políticas no seio do Peronismo, e as culturas juvenis.

Sob o título de "fragmentação do cosmos" pretendo abarcar o conjunto do movimento em relação ao qual cada um dos fenômenos anteriormente citados constitui um caminho particular. Nestes movimentos fica evidenciado que os sujeitos populares mudam a sua religião com algumas das mais profundas mudanças do seu tempo e que não ficam ancorados a uma mentalidade homogeneamente cosmológica e holística. Mas, ao mesmo tempo não o fazem no sentido unilateral da modernização como constituição de um mercado religioso. Entre esses dois pontos, as sínteses exercidas pelos agentes, num contexto culturalmente heterogêneo, produzem a "fragmentação do cosmos" como uma forma de reorganização das referências holísticas das classes trabalhadoras.

 

JUNGBLUT, Airton Luiz

Orientador: Prof. Dr. Ari Pedro Oro

Nos chats do Senhor: um estudo antropológico sobre a presença evangélica no ciberespaço brasileiro.

Esta tese versa sobre o crescente processo de autonomização individual vivido por crentes evangélicos brasileiros na atualidade, autonomização essa que dota tais sujeitos sociais de maior liberdade de ação e posicionamento sobretudo frente instituições que celebram coletivamente sua fé e frente à tradição religiosa a que se encontram submetidos. Mais particularmente, é tratado aqui da manifestação desse processo no cotidiano de alguns crentes evangélicos quando de seus "encontros" num "canal de bate-papo" ("chat") possibilitado por comunicação mediada por computador (Internet). Assim, também, se trata de analisar como a manifestação de tal processo se particulariza em função desses evangélicos estarem se encontrando nesse "ciberespaço" possibilitado pela Internet. O "ciberespaço" em geral, segundo o que têm observado vários estudiosos, potencializa bastante a ação individual autônoma por tornar os indivíduos que por ali transitam livres de uma série de coerções e limitações impostas pelo social no mundo offline. Desta forma, busca-se, também, compreender como o processo de autonomização individual vivido de forma generalizada pelo universo evangélico brasileiro é abastecido, num caso particular, por aquela liberalidade experimentada no "ciberespaço".

 

DISSERTAÇÕES

Rubert, Rosane A.

Orientadora: Profa. Dra. Cornelia Eckert

Construindo tempos, recompondo tradições: um estudo etnográfico de memórias junto a velhos moradores de um contexto rural – Região do Alto Médio Uruguai (RS).

O presente estudo de memórias resultou de uma pesquisa etnográfica realizada junto a antigos moradores de uma pequena cidade e localidades rurais adjacentes, localizadas na região do Médio Alto Uruguai (RS), correspondente ao município de Vicente Dutra. Estas pessoas ou para lá migraram no limiar deste século, quando aquele território passou a ser ocupado por frentes agrícolas, ou lá cresceram em meio à floresta.

O objetivo principal foi compreender, a partir de narrativas biográficas, como tradicionais formas de convívio, valores, modos de viver e de pensar, relações com o entorno cosmológico são repensadas e reacomodadas subjetivamente no presente. O reordenamento de suas tradições opera-se diante de rupturas promovidas por um processo civilizador, que paulatinamente os incorporou em instituições, concepções e estilo de vida tributários da modernidade.

A memória, enquanto reconstrução do passado socialmente mediada por noções e referenciais identitários atuantes no presente, secreta formas de conceber e vivenciar o tempo e o espaço que são peculiares a coletividades restritas. No exercício de rememoração, os tempos vividos plurais, concernentes aos diversos níveis de experiência que engajaram os sujeitos na trama do convívio social no transcorrer de seus ciclos de vida, são ordenados e superpostos hierarquicamente pelo pensamento, consolidando durações. Os fenômenos temporais descontínuos e efêmeros que se tornaram lembranças são organizados por eixos intelectuais, por esquemas de pensamento que veiculam valores oníricos, conteúdos de uma imaginação criadora.

 

Neto, Edgar Rodrigues Barbosa

Orientador: Prof. Dr. Carlos Alberto Steil

O conceito de renovação no catolicismo carismático.

Este trabalho é uma análise da forma pela qual o conceito de renovação é atualizado no catolicismo carismático. O conceito surge com o objetivo de relacionar a estabilidade e a mudança num diálogo sempre criativo travado com a tradição e a modernidade. No catolicismo carismático, ele se apresenta como uma tentativa de relacionar a produção institucional com a recriação carismática do significado da instituição.

 

Mardero, Lélio Nicolas Guigou

Orientador: Prof. Dr. Ari Pedro Oro

A narração laica: religião civil e mito-práxis no Uruguai.

O projeto uruguaio de nação vinculou-se, desde seus inícios, diretamente a um radical processo de privatização da diversidade religiosa e cultural produzindo em troca, a partir do Estado, uma religião civil que marcou sua construção identitária.

A mencionada religião civil, conformada desde meados e finais do século XIX até aproximadamente a década dos '30 do século XX, baseou-se em mitos e representações emblemáticas, cuja atualização pode ser detectada em grande parte até os nossos dias.

Na medida em que a escola pública teve um papel fundamental na produção e na difusão da mencionada religião civil, analisamos os textos de leitura utilizados nas escolas uruguaias, desde 1877 até a década dos '30, a fim de indagar os mitos e representações presentes nos textos, pedra fundamental da peculiar mito-práxis uruguaia e da "nação laica" uruguaia.

 

MONTEIRO, Maria de Fátima Mussi Carneiro

Orientadora: Profa. Dra. Cornelia Eckert

Os lugares da escrita: um estudo antropológico com mulheres de camadas populares em Porto Alegre/RS.

A dissertação trata de um estudo etnográfico do processo de letramento de mulheres adultas analfabetas pertencentes a segmentos populares da periferia urbana de Porto Alegre. Estas mulheres participaram em 1997 do projeto "O Prazer de Ler e Escrever de Verdade" financiado pelo MEC/FNDE e desenvolvido por duas Ongs, o GEEMPA e THEMIS (Porto Alegre, RS). Na perspectiva dos estudos em sociedades complexas, este trabalho apresenta, a partir das narrativas biográficas destas mulheres, as práticas de escrita e leitura de tais grupos urbanos consubstanciadas na construção plural de identidade social, de projeto de vida e de subjetividade no mundo contemporâneo.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License