SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.78 issue4Peutz-Jeghers Syndrome: treatment of oral lentiginosis with Alexandrite laser author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

On-line version ISSN 1806-4841

An. Bras. Dermatol. vol.78 no.4 Rio de Janeiro July/Aug. 2003

http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962003000400012 

INFORMES

 

Doações

 

A Biblioteca da Sociedade Brasileira de Dermatologia agradece as seguintes doações:

 

Dra Evilmara Adélia Pagani

Pagani EA. Caracterização bioquímica dos glicosaminoglicanos da matriz extracelular por cromatografia líquida de alta performance: análise comparativa da pele com esclerodermia e da urina de paciente com policondrite recidivante com controles normais. Tese de Doutorado. Área de concentração: Dermatologia. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2003.

Dra Mônica Manela Azulay

Azulay MM. Efeitos clínicos e histopatológicos resultantes da aplicação da vitamina C tópica a 5% no tratamento do fotoenvelhecimento. Tese de Doutorado. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2003.

 

Teses

 

Caracterização bioquímica dos glicosaminoglicanos da matriz extracelular por cromatografia líquida de alta performance: análise comparativa da pele com esclerodermia e da urina de paciente com policondrite recidivante com controles normais, de Evilmara Adélia Pagani. Tese apresentada à Universidade Federal do Rio de Janeiro para obtenção do Título de Doutora em Dermatologia. Rio de Janeiro - 2003.

 

Orientadores: Prof. Absalom Lima Filgueira; Prof. Luiz Cláudio Francisco da Silva

 

RESUMO

A esclerodermia e a policondrite recidivante (PR), embora não apresentem correlação clínica, representam doenças nas quais estão descritas alterações em determinados componentes da matriz extracelular, como o colágeno e os glicosaminoglicanos (GAGs). Os aspectos etiopatogênicos ainda permanecem desconhecidos, porém, na primeira, há aumento e depósito do colágeno tipo I na derme; e na segunda, anticorpogênese ao colágeno tipo II; e, em ambas, variações dos tipos, da estrutura e da expressão dos proteoglicanos. O objetivo deste trabalho é analisar a proporção dos dissacarídeos presentes nos GAGs da pele de pacientes com esclerodermia localizada, comparando-a com diferentes locais da pele humana normal, e caracterizar a composição e estrutura bioquímica dos GAGs urinários de paciente com policondrite recidivante. A identificação e a análise estrutural dos GAGs foram realizadas por eletroforese e degradação enzimática específica; e a identificação dos seus produtos dissacarídeos, através de cromatografia por HPLC (cromatografia líquida de alta performance). Os resultados, na pele normal, demonstram que o dermatam sulfato (DS) é o principal tipo de GAG, e na pele com esclerodermia sugerem diminuição e alteração estrutural no DS e aumento na proporção de ácido hialurônico (AH). Na policondrite, significantes mudanças na proporção de CS para HS e anomalia estrutural do CS urinário foram observadas. Os produtos dissacarídeos formados a partir do condroitim sulfato (CS) urinário mostram, de maneira original, aumento dos dissacarídeos não sulfatados com relativa diminuição do dissacarídeo 6-sulfatado quando comparados com controles. Essas significantes diferenças podem contribuir para o diagnóstico dessa doença.

 


 

Efeitos clínicos e histopatológicos resultantes da aplicação da vitamina C tópica a 5% no tratamento do fotoenvelhecimento, de Mônica Manela Azulay. Tese apresentada à Universidade Federal do Rio de Janeiro, para obtenção do Título de Doutora. Rio de Janeiro - 2003.

 

Orientadores: Prof. Dr. Carlos Alberto Mandarim-de-Lacerda; Prof. Dra Túllia Cuzzi; Prof. Dr Absalom Lima Filgueira

 

RESUMO

O presente estudo teve como objetivos analisar as possíveis alterações clínicas e morfológicas resultantes do tratamento com vitamina C tópica a 5% na pele de pacientes com foto-envelhecimento. Vinte pacientes do sexo feminino com foto-envelhecimento foram tratados durante 6 meses exclusivamente com vitamina C tópica a 5%. Foi criado um protocolo para avaliações dermatológicas e os resultados foram analisados pelo teste não paramétrico de Wilcoxon. Biópsias de pele antes e após a finalização do tratamento foram realizadas e os diversos cortes foram corados pela hematoxilina e eosina, vermelho de picro sirius, resocina-fucsina e submetidos às técnicas de imunohistoquímica com vimentina e alfa-actina para músculo liso. As alterações morfológicas avaliadas nas colorações e nos estudos imunohistoquímicos evidenciaram alteração de conteúdo das fibras colágenas. Para mensurar estas alterações, estudos de morfometria foram realizados e analisados estatisticamente pelos testes de Kolmogorov-Smirnov e t-Student pareado. Os resultados do estudo permitiram concluir que a vitamina C tópica produz uma significativa melhora clínica na pele com foto-envelhecimento, cujo substrato anatômico pode ser evidenciado através do aumento de colágeno na derme.

 


 

 

NOTA

A partir desta edição a sessão "Dermainfo" será temporariamente suspensa devido a uma reestruturação interna. Agradecemos a compreensão de todos. Maiores informações podem ser obtidas na Biblioteca da SBD.