SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.80 issue4Flutamide: dermatology and respect to evidence and safety author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

Print version ISSN 0365-0596

An. Bras. Dermatol. vol.80 no.4 Rio de Janeiro July/Aug. 2005

http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962005000400001 

EDITORIAL

 

 

Anais Brasileiros de Dermatologia: melhorando a qualidade, aumentando a visibilidade

 

 

Desde que assumiu a coordenação científica do periódico, a atual equipe editorial tem-se empenhado no afã de manter o padrão de qualidade alcançado pelos Anais Brasileiros de Dermatologia nos últimos anos, logrado graças aos esforços empreendidos por equipes anteriores.

Diversas inovações foram instituídas e podem ser percebidas nos últimos números, como a nova apresentação visual da revista; a inclusão de novas seções; a reestruturação das instruções aos autores e normas para submissão de trabalhos; a remodelação do formulário de avaliação dos pareceristas; a premiação dos melhores artigos de investigação e casos clínicos; a ampliação do corpo de pareceristas; a constituição dos conselhos editoriais nacional e internacional; a supressão da versão impressa em língua inglesa, porém com disponibilização on line em três fontes: na home page da SBD, no recém-criado site do periódico (www.anaisdedermatologia.org.br) e na base de dados SciELO; as mudanças na sistemática de avaliação dos trabalhos submetidos à publicação, incluindo revisão metodológica e estatística prévia dos artigos de investigação, entre outras.

Indiretamente várias dessas medidas já poderiam influenciar de modo positivo o padrão dos artigos publicados, uma vez que a exigência quanto ao cumprimento das normas técnicas para submissão de trabalhos e a rigorosa avaliação levada a cabo por editores e pareceristas certamente resultam na seleção de artigos de melhor qualidade.

A relevância do papel dos pareceristas na qualidade final dos artigos já foi bem destacada em recente editorial, em que foram cobrados compromisso e responsabilidade na nobre tarefa de revisão dos trabalhos submetidos à publicação nos Anais. Nesse sentido, os editores hão de reconhecer que no exercício do árduo trabalho de avaliação de artigos científicos pelos periódicos está implícito o cumprimento de papel educativo sobre pesquisadores e autores, visto que todo o processo que envolve a análise do trabalho, com a verificação e o apontamento de erros, as sugestões de correções e modificações, entre outros procedimentos, redundam no aprimoramento da habilidade de produção e comunicação científica.

Obviamente, o artigo científico bem-estruturado, com redação impecável, título e resumo bem-elaborados e atraentes, descritores bem-selecionados, com ilustrações de qualidade, enfim, bem-apresentado, não é bastante para garantir que seja lido e recomendado pelos pares. Sem considerar o mérito científico do tema, no mínimo se presume que ele cumpra bem a função de atrair o leitor que tenha acesso ao periódico na íntegra ou o pesquisador que, consultando uma base de dados a partir de descritores, se interesse na leitura do título e resumo, e acabe por examinar o artigo completo.

O ponto crucial relativo à publicação de qualidade não reside exclusivamente no bom desempenho de editores e pareceristas, mas sobretudo no padrão de qualidade da comunidade científica que o periódico serve. O que significa dizer que a qualidade do periódico é reflexo da produção científica da comunidade que representa, neste caso, a comunidade dermatológica brasileira.

Sendo assim, é anseio da equipe editorial que os trabalhos encaminhados aos Anais, quer sejam submetidos à publicação e avaliados por pareceristas e editores (investigação, caso clínico, comunicação, qual o seu diagnóstico, iconografia), quer redigidos a convite e avaliados por editores ou pelo Conselho Editorial (educação médica continuada, revisão, síndrome em questão, memória), a cada dia apresentem qualidade crescente, como resultado de elaboração bem-fundamentada e apresentação cuidadosa e esmerada.

O objetivo final no tocante à qualidade dos Anais é sua abrangência além do ambiente dermatológico, de modo a atingir profissionais, pesquisadores e estudantes de áreas correlatas, aumentando sua visibilidade no meio acadêmico e científico. E, como conseqüência desse êxito, pretende-se a indexação na base de dados Medline/Index Medicus, o que evidentemente agregará valor científico aos trabalhos publicados no periódico.

Enfim, nosso apelo primordial é dirigido aos autores que escolherem os Anais para comunicar suas pesquisas, revisões e observações clínicas, no sentido de que persigam a excelência na elaboração e apresentação de seus trabalhos científicos, porque artigos de qualidade serão sempre bem-vindos.

 

Bernardo Gontijo
Editor Científico dos Anais Brasileiros de Dermatologia

Sílvio Alencar Marques
Editor Científico Associado

Everton Siviero do Vale
Editor Científico Associado