SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.80 suppl.2Departamento de doenças infecciosas e parasitáriasDepartamento de imagem author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

On-line version ISSN 1806-4841

An. Bras. Dermatol. vol.80  suppl.2 Rio de Janeiro June/Aug. 2005

http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962005000500009 

INVESTIGAÇÃO CLÍNICA, EPIDEMIOLÓGICA, LABORATORIAL E TERAPÊUTICA

 

Departamento de fotobiologia

 

 

PP15 - Importância do exame físico e raio X no diagnóstico de artrite psoriásica e sua prevalência nos pacientes com psoríase no Hospital Universitário Evangélico de Curitiba (HUEC)

 

Ataide D; Machado APB; Sandri C; Jordão JM; Vandresen N

Hospital Universitário Evangélico de Curitiba - Curitiba, PR

 

INTRODUÇÃO: A artrite psoriásica é uma doença inflamatória associada com a psoríase da pele ou das unhas, com fator reumatóide negativo e ausência de nódulos reumatóides. Pode ser extremamente agressiva e deformante, deixando o paciente incapacitado para realizar funções do dia a dia. A prevalência populacional é muito variável; historicamente oscila entre 2,6-7%; contudo, estudos recentes demonstram porcentagem de 23 a 30% na população com psoríase. Em geral, ocorre em pacientes com doença severa e quanto maior gravidade, mais freqüente são os casos de artrite. Além disso, o acometimento ungueal apresenta maior relação com a presença da artrite. A psoríase ocorre anteriormente à artrite em 68% dos casos, no mesmo momento em 11 % e após a artrite em 21% dos casos. O diagnóstico é de exclusão (artrite no exame físico, com fator reumatóide negativo e VHS elevado na presença de psoríase) e se realizado na fase inicial dá a chance para tratamento mais adequado, evitando complicações posteriores. Muitos indivíduos relatam artralgia na ausência da artrite e eles podem apresentar VHS elevado pela própria psoríase. O que realmente vai definir a presença da artrite é o exame físico adequado das articulações e o raio X demonstrando acometimento articular. É função do dermatologista fazer o diagnóstico de artrite psoriásica e acompanhar os pacientes com psoríase e artralgia, a fim de realizar o diagnóstico de artrite psoriasica em sua fase inicial.
OBJETIVO: Este estudo tem o objetivo de avaliar a prevalência de artrite psoriasica nos pacientes com psoríase de pele e/ou unha deste Serviço de Dermatologia.
MATERIAL E MÉTODOS/CASUÍSTICA: Trinta pacientes com psoríase em acompanhamento neste Serviço foram submetidos a anamnese e exame físico minucioso. Foram questionados quanto alterações articulares, tempo e severidade de doença e comprometimento ungueal. Os que apresentavam queixas articulares seguiram investigação por meio dos seguintes exames complementares: hemograma, fator reumatóide, VHS, ácido úrico e Rx da articulação comprometida.
RESULTADO: A maioria dos pacientes referiu atralgia; contudo não apresentavam artrite no exame físico nem no raio X da articulação acometida.
CONCLUSÃO: Os indivíduos com psoríase e queixas articulares devem ser acompanhados por meio de exame físico e raio X seqüenciais, a fim de realizar diagnóstico preciso e na fase inicial da doença.