SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.83 issue2Case for diagnosisCorrespondência author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

On-line version ISSN 1806-4841

An. Bras. Dermatol. vol.83 no.2 Rio de Janeiro Mar./Apr. 2008

http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962008000200014 

ICONOGRAFIA

 

Dermatologia comparativa: fibroqueratoma digital adquirido*

 

Comparative dermatology: acquired digital fibrokeratoma

 

 

Roberto Rheingantz da Cunha Filho

Mestre em Saúde e Comportamento, dermatologista no Centro de Especialidades Médicas de Joaçaba (CEM) – Joaçaba (SC), Brasil

Endereço para correspondência/Mailing Address

 

 


RESUMO

Demonstra-se quadro característico de fibroqueratoma digital adquirido em trabalhadora rural de 42 anos de idade, que se compara a corno de rinoceronte.

Palavras-chave: Ceratose; Dedos; Fibroma; Neoplasias cutâneas


ABSTRACT

It is presented a case of a 42 year-old white female farmer with the classical feature of acquired digital fibrokeratoma, which is compared to rhinoceros horn.

Keywords: Fibroma; Fingers; Keratosis; Skin neoplasms


 

 

O fibroqueratoma digital adquirido é alteração pouco relatada, como evidencia a revisão dos principais meios de pesquisa bibliográfica. Provavelmente isso ocorre por ser incomum, de fácil identificação e tratamento. Em 1999, Zarur e col. publicaram neste periódico uma série de 10 casos, encontrados no período de cinco anos em serviço de referência em dermatologia, ou seja, média de dois casos por ano.1 Outra série recente, de 13 casos observados na Turquia, apresentava média de três casos por ano.2

Documenta-se caso bastante característico, em paciente do sexo feminino, agricultora, com 42 anos de idade, fototipo III, com lesão papulosa da cor da pele, lisa, corniforme, com três anos de evolução, assintomática (Figura 1). Negava trauma específico no local. A excisão por shaving, seguida de eletrocauterização da base, promoveu a eliminação da lesão de forma eficiente e estética, com seguimento de três anos. Os diagnósticos diferenciais são realizados em base clínica e/ou histológica com as seguintes lesões: o dedo supranumerário - lesão congênita; a verruga viral - clinicamente assume aspecto verrucoso e possui diferenças histopatológicas; o corno cutâneo - histologicamente diferente e em geral com superfície um pouco áspera ou verrucosa; o dermatofibroma - tendência à pigmentação e microscopia formada por histiócitos.

 

 

A etiopatogenia é desconhecida, e à histologia apresenta fibras colágenas grosseiras, vascularização aumentada, acantose e hiperceratose, podendo assemelhar-se ao tumor de Koenen da esclerose tuberosa.3

Como se trata de lesão ceratótica, lisa e com diâmetro decrescente em direção ao ápice, a comparação com corno de animal é inevitável, reservando- se as proporções (Figura 2). A similaridade com essa estrutura, especialmente do rinoceronte, ocorre pela formação abundante de queratina compacta e relativamente lisa. Não é possível a comparação com chifres de animais, pois estes são constituídos de material ósseo.4

 

 

Restam cinco espécies de rinocerontes no planeta. A figura 2 mostra espécie de rinoceronte preto - Diceros bicornis (do grego di: duplo; keras: chifre; bicornis: em latim, dois cornos) - que vive entre a África do Sul e a Somália, e está bastante ameaçada de extinção. O rinoceronte branco é outra espécie africana cujo nome científico é Ceratotherium simum simum. As demais são asiáticas e sofrem sério risco de extinção: rinoceronte Java (Rhinocerus sondaicus), rinoceronte indiano (Rhinocerus unicornis) e rinoceronte Sumatra (Dicerorhinus sumatrensis).4

 

AGRADECIMENTOS

Os direitos autorais da fotografia do rinoceronte, gentilmente cedida, são de propriedade de Brent Huffmann e Ultimate Ungulate Page®. q

 

REFERÊNCIAS

1. Zarur SAD, Ferreira J, RB Lima, Valle HA. Fibroqueratoma digital adquirido: relato de 10 casos. An Bras Dermatol. 1999;74:475-9.         [ Links ]

2. Baykal C, Buvukbabani N, Yazganoglu KD, Saglik E. Acquired digital fibrokeratoma. Cutis. 2007;79:129-32.         [ Links ]

3. Mackie RM. Soft tissue tumors. In: Champion RH, Burton JL, Burns DA, Breathnach SM. Textbook of Dermatology. Oxford: Osney Mead; 1998.p.2348.         [ Links ]

4. Ultimateungulate.com homepage on the Internet. cited 2007 Jan 01. Available from: http://www.ultimateungulate.com/.         [ Links ]

 

 

Endereço para correspondência/Mailing Address:
Bela Pele Clínica Dermatológica
Roberto Rheingantz da Cunha Filho
Rua Roberto Trompowsky 194 – Centro
89.600-000 - Joaçaba – SC
Tel./Fax: (49) 35221269
E-mail: robertodermatologista@yahoo.com.br

Recebido em 18.06.2007.
Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 22.01.2008.

 

 

* Trabalho realizado no Centro de Especialidades Médicas (CEM) – Joaçaba (SC), Brasil.
Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None
Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None