SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 número336Determinação das energias de superfície do SnO2 puro e dopado índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cerâmica

versão impressa ISSN 0366-6913

Cerâmica vol.55 no.336 São Paulo out./dez. 2009

http://dx.doi.org/10.1590/S0366-69132009000400001 

Editorial

 

 

A pesquisa científica e tecnológica em materiais cerâmicos, desenvolvida majoritariamente nos laboratórios de universidades e institutos de pesquisa no país, tem apresentado um grande avanço em anos recentes devido principalmente ao aumento do aporte de recursos financeiros por parte dos órgãos de fomento federais e estaduais.

Esse avanço pode ser avaliado pelo número e qualidade de trabalhos apresentados no Congresso Brasileiro de Cerâmica (anual), no Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais (nos anos pares), no Encontro da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais (anual), no Latin American International Congress on Powder Technology (nos anos ímpares), e pelos publicados em periódicos científicos internacionais e nacionais.

Tem sido crescente o número de projetos de pesquisa submetidos (e os aprovados) pelas agências de fomento federais CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos) e pelas estaduais (Fundações de Apoio à Pesquisa dos Estados de S. Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, etc.). O CNPq, por exemplo, investe todo ano aproximadamente R$100 milhões para financiamento de projetos de pesquisa individuais em todas as áreas do conhecimento, muito pouco para uma demanda que em 2009 teve 13 mil solicitações de recursos, tendo sido contemplados 2715 (~21%, uma média de R$38 mil por projeto de dois anos). Há portanto uma alta demanda reprimida. Para as áreas de pesquisa em materiais cerâmicos, metálicos e poliméricos, foram contemplados somente 55 projetos (2%), sendo apenas 20 na área de materiais cerâmicos. Muitos projetos de boa qualidade, submetidos por pesquisadores produtivos, não foram contemplados, pois o orçamento destinado à área de materiais foi de ~8% do total solicitado!

Neste número estamos publicando a chamada para a submissão de resumos de trabalhos de pesquisa científica e tecnológica no 54º Congresso Brasileiro de Cerâmica, que será realizado em Foz do Iguaçu de 30 de maio a 2 de junho de 2010.

A solicitação de recursos para a editoração da revista Cerâmica em 2010 foi aprovada em 30/11/2009 pelo CNPq, imprescindível para a continuidade da revista.

Nas novas modificações nos procedimentos de elaboração de trabalhos para submissão na revista Cerâmica (Instruções para Autores), todos os trabalhos submetidos a partir de 2010 terão de conter os endereços eletrônicos de todos os autores, que serão notificados das submissões.

A partir deste número contamos com a colaboração do Prof. Dr. D. Hotza, da Universidade Federal de Santa Catarina, como membro do Conselho de Editores.

 

O Editor

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons