SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 issue3 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Rem: Revista Escola de Minas

Print version ISSN 0370-4467On-line version ISSN 1807-0353

Rem: Rev. Esc. Minas vol.59 no.3 Ouro Preto July/Sept. 2006

https://doi.org/10.1590/S0370-44672006000300001 

EDITORIAL

 

Carta do Editor

 

 

Nesse 12 de outubro, comemora-se mais um ano da obra de Gorceix. Sobre ele escreveu o abade Vaurillon, quando da transferência de suas cinzas da França para a Escola de Minas:

Da atividade fecunda de Henri Gorceix devemos destacar dois aspectos: sua vontade de não se limitar ao quadro restrito das fronteiras nacionais e seu desejo de ensinar, de comunicar, de partilhar os conhecimentos que adquirira, porque é nisto que ele se mostrou autenticamente cristão. Suas cinzas repousam nesta terra do Brasil que se recusou a concebê-lo como estrangeiro. Que isso nos ensine a jamais considerar um ser humano, seja qual for, venha donde vier, como estrangeiro.

A lição dada pela Escola de Minas poderia servir aos governantes que vêm transformando o mundo numa luta de raças e credos, contrário à lição que Gorceix dizia: "Muito me honro do título de professor que conquistei na França e considero um dever, para onde quer que a fortuna me conduzir, mostrar-me digno dele, aplicando os métodos de ensino que recebi de meus mestres, particularmente no Brasil, satisfazendo o desejo profundo que tenho de ser o mais útil possível ao país que considero como minha pátria adotiva e ao qual devo muito".

E, lembrando Glycon de Paiva: "Há homens assim: enchem um século de história e a vida de uma nação". Portanto o aniversário de sua grande obra, os 130 anos da Escola de Minas, tem um simbolismo, não só para os ex-alunos dessa casa, mas para todos os brasileiros, que há muito esquecido no Brasil: a ÉTICA.

Embora seja um momento de festa para a REM (70º aniversário) e para a Escola de Minas, não poderíamos encerrar nosso edital sem prestar uma homenagem ao ex-aluno Arnaldo Gramani, recém-falecido, e com quem tive o prazer de conviver, ele presidente da SBG - Núcleo MG e eu presidente da APMIG, nos idos de 1970.

Porém foi quando assumi a REM que tive o apoio dele pelo trabalho que começava a ser implantado na nossa revista. Seus elogios foram seguidos do apoio financeiro e, desde sua decisão, isto já está próximo de 20 anos, a Geosol jamais deixou de colaborar com a REM.

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License