SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.53 issue12012 Brazilian Society of Rheumatology Consensus on vaccination of patients with rheumatoid arthritis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Reumatologia

Print version ISSN 0482-5004

Rev. Bras. Reumatol. vol.53 no.1 São Paulo Jan./Feb. 2013

https://doi.org/10.1590/S0482-50042013000100001 

EDITORIAL

 

Vacinação para pacientes com artrite reumatoide: uma necessidade premente

 

Vacinação para pacientes com artrite reumatoide: uma necessidade premente

 

 

Claiton Viegas BrenolI; Gecilmara Salviato PileggiII

IProfessor Adjunto, Departamento de Medicina Interna, Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS; Coordenador do Ambulatório de Artrite Reumatoide, Serviço de Reumatologia, Hospital de Clínicas de Porto Alegre - HCPA
IIMédica, Setor de Reumatologia Pediátrica, Departamento de Pediatria, Hospital das Clínicas, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo - HC-FMRP-USP

 

 

No Rio de Janeiro do início do século XX, o médico Oswaldo Cruz, um dos pioneiros da ciência brasileira, conduziu a primeira campanha de vacinação no país.1 Em sua luta para promover a vacinação em massa contra a varíola, o sanitarista enfrentou incontáveis obstáculos, como a falta de informação da população sobre a vacina e uma ferrenha oposição política originada em diversos setores da sociedade, incluindo colegas médicos. A disseminação de boatos contra a vacina colaborou para a falta de apoio quase total dos cidadãos cariocas à campanha. Tudo isso, e uma série de conflitos com o governo vigente, acabou por gerar uma convulsão social que culminou na Revolta da Vacina, verdadeira batalha urbana com dezenas de mortos e centenas de feridos. Milhares de outras vítimas da Revolta surgiriam nos anos seguintes, com a revogação da obrigatoriedade da vacinação e o avanço da epidemia.

Mais de 100 anos após a iniciativa de Oswaldo Cruz, as lições aprendidas ao longo das décadas levaram ao desenvolvimento de um exitoso e internacionalmente reconhecido programa de imunização no Brasil. No entanto, ainda hoje uma parcela significativa da população portadora de doenças inflamatórias crônicas, apesar de mais suscetíveis a infecções, permanece desprotegida.2,3 É o caso dos pacientes portadores de artrite reumatoide (AR).

Com base no conhecimento científico atual, podemos afirmar que os pacientes com AR, além de apresentarem risco aumentado para infecções,4 têm a mortalidade relacionada a esses eventos até 10 vezes maior em relação à população geral.5 Entre os fatores implicados na suscetibilidade para infecções, a exposição de maneira cada vez mais precoce e intensa ao tratamento com imunossupressores e agentes biológicos ocupa lugar de destaque.6,7

Tendo em vista que a vacinação é a medida preventiva de maior impacto na diminuição da ocorrência de infecção em qualquer faixa etária, torna-se mandatório revisar e atualizar o cartão vacinal dos pacientes com doenças reumáticas. Sabendo também que a prescrição específica de vacinas durante o seguimento clínico desses pacientes tem impacto positivo no aumento da cobertura vacinal, têm sido formados grupos de trabalho por especialistas para estabelecer diretrizes vacinais na área da reumatologia, refletindo uma preocupação mundial crescente nos últimos anos.8,9

Nesse contexto, a Comissão de Artrite Reumatoide da Sociedade Brasileira de Reumatologia desenvolveu o consenso publicado neste periódico10 com o objetivo de sintetizar recomendações para a indicação de vacinas nos pacientes portadores de AR, contemplando o cenário epidemiológico de doenças endêmicas no Brasil, como a febre amarela. Assim, o Consenso 2012 da Sociedade Brasileira de Reumatologia sobre vacinação em pacientes com artrite reumatoide tem como propósito final uniformizar e incentivar a indicação de imunizações pelos reumatologistas e demais profissionais que lidam com esses pacientes.

Finalmente, acreditamos que a implementação dessas recomendações é perfeitamente viável no Brasil. Para isso, é fundamental promover a educação médica continuada e a orientação dos pacientes, bem como revisar o tema periodicamente, para incorporar condutas baseadas em evidências científicas atualizadas na prática clínica.

 

REFERÊNCIAS

1. Scliar M. Oswaldo Cruz: entre micróbios e barricadas. Rio de Janeiro: RelumeDumará; 1996.         [ Links ]

2. Desai SP, Turchin A, Szent-Gyorgyi LE, Weinblatt M, Coblyn J, Solomon DH, et al. Routinely measuring and reporting pneumococcal vaccination among immunosuppressed rheumatology outpatients: the first step in improving quality. Rheumatology (Oxford) 2011;50(2):366-72.         [ Links ]

3. Marchand-Janssen C, Loulergue P, Mouthon L, Mahr A, Blanche P, Deforges L, et al. Patients with systemic inflammatory and autoimmune diseases are at risk of vaccine-preventable illnesses. Rheumatology (Oxford) 2011;50(6):1099-105.         [ Links ]

4. Falagas ME, Manta KG, Betsi GI, Pappas G. Infection-related morbidity and mortality in patients with connective tissue diseases: a systematic review. ClinRheumatol 2007;26(5):663-70.         [ Links ]

5. Naz SM, Symmons DP. Mortality in established rheumatoid arthritis. Best Pract Res ClinRheumatol 2007;21(5):871-83.         [ Links ]

6. Tak PP, Kalden JR. Advances in rheumatology: new targeted therapeutics. Arthritis Res Ther 2011;13(Suppl 1):S5.         [ Links ]

7. da Mota LM, Cruz BA, Brenol CV, Pereira IA, Rezende-Fronza LS, Bertolo MB, et al. 2012 Brazilian Society of Rheumatology Consensus for the treatment of rheumatoid arthritis. Rev Bras Reumatol 2012;52(2):152-74.         [ Links ]

8. Silva CAA, Terreri MT, Barbosa CM, Hilário MO, PIllegi GS, et al. Consenso de imunização para crianças e adolescentes com doenças reumatológicas. Rev Bras Reumatol 2009; 49(5):562-89.         [ Links ]

9. van Assen S, Agmon-Levin N, Elkayam O, Cervera R, Doran MF, et al. EULAR recommendations for vaccination in adult patients with autoimmune inflammatory rheumatic diseases.Ann RheumDis 2011;70(3):414-22.         [ Links ]

10. Brenol CV, da Mota LMH, Cruz BA, Pileggi GS, Pereira IA, Rezende LS, et al. Consenso 2012 da Sociedade Brasileira de Reumatologia sobre vacinação em pacientes com artrite reumatoide. Rev Bras Reumatol 2013;53(1):XX-XX        [ Links ]

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License