SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.1 issue2-3Affective assessment author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia Escolar e Educacional

On-line version ISSN 2175-3539

Psicol. Esc. Educ. (Impr.) vol.1 no.2-3 Campinas  1997

https://doi.org/10.1590/S1413-85571997000100001 

EDITORIAL

 

Democratização do conhecimento

 

A ciência é feita pelo homem para benefício do homem. Para que o ser humano possa usufruir dos benefícios do conhecimento científico é necessário que este chegue ao consumidor deste saber.

Muitas vezes os trabalhos realizados por pesquisadores não fecham o ciclo de produção, isto é, não chegam à publicação e difusão do saber aos vários segmentos e níveis da sociedade que poderiam ser beneficiados direta ou indiretamente. Os projetos são implementados, resumos são apresentados em congressos, o pesquisador usa os dados em suas aulas e palestras mas a publicação sob forma de artigo em periódico ou mesmo livro não ocorre, fica o conhecimento partilhado com um número reduzido de pessoas.

Para o conhecimento ser democratizado deve ser publicado. Em caso de pesquisas, o suporte ideal é o periódico científico. Contar com um periódico específico é, na situação de editoração científica nacional, um privilégio quer para o autor quer para o consumidor. Entretanto, não é fácil manter um periódico científico de área específica, mesmo quando há produção científica farta na área. É preciso que os autores fechem o ciclo de produção encaminhando a matéria para a publicação.

Por meio deste editorial estamos mais uma vez disponibilizando as páginas da Psicologia Escolar Educacional aos produtores na área específica e áreas de domínio conexo. Espera-se assim contribuir para que haja uma democratização mais efetiva do saber gerado pelos pesquisadores da área.

Ao lançar este número é preciso fazer o registro de que parte da demora decorreu da baixa demanda de autores remetendo matéria para publicação. Certamente não é por falta de produção, já que o Brasil conta com cursos de pós-graduação na área específica e nas de domínio conexo. É possível que por ser um périódico novo ainda não seja conhecido por vários pesquisadores, que outros temam remeter a matéria para periódico novo, além de outras possibilidades. É possível que seja necessário um esforço mais consistente de divulgação do periódico junto aos grupos de pesquisa. Espera-se corrigir esta situação, para tanto é necessário contar com o empenho e a colaboração de todos. Fica aqui o apelo aos leitores para que a Psicologia Escolar Educacional caminhe com segurança.

Geraldina Porto Witter

 

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License