SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue1Construindo o direito de acesso aos arquivos da repressão: o caso do departamento de ordem política e social de Minas GeraisO tácito como conhecimento e seu modo de uso no labirinto organizacional contemporâneo author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Perspectivas em Ciência da Informação

On-line version ISSN 1981-5344

Perspect. ciênc. inf. vol.13 no.1 Belo Horizonte Jan./Apr. 2008

http://dx.doi.org/10.1590/S1413-99362008000100018 

TESES E DISSERTAÇÕES

 

O caminhar faz a trilha: o comportamento de busca da informação sob o enfoque da cognição situada

 

 

VENÂNCIO, Ludmila Salomão. O caminhar faz a trilha: o comportamento de busca da informação sob o enfoque da cognição situada. 128f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2007.

No campo da ciência da informação, os estudos de comportamento de busca de informação são, em sua maioria, baseados nas abordagens cognitivas tradicionais. Essas abordagens enfatizam a natureza individual das estruturas cognitivas dos usuários de informação e consideram o comportamento informacional constituído de fases, que o indivíduo experiência na resolução de uma situação problemática ou vazio cognitivo, cuja transposição é viabilizada pela assimilação de informação. Em oposição a essa visão tradicional, uma perspectiva fundamentada nos princípios da cognição situada possibilita abordar o usuário em suas múltiplas dimensões (individual, social, emocional e lingüística) e compreender a busca de informação como um processo social, experiencial, histórico e contingencial. Adotando essa perspectiva, a presente pesquisa objetivou investigar o comportamento de busca de informação de pessoas responsáveis pela tomada de decisão organizacional. Para realizar esse propósito, em uma primeira etapa da pesquisa, selecionou-se e caracterizou-se uma situação de tomada de decisão inesperada, equívoca e mal definida, dentre as descritas por empresários de quatro empresas de médio porte da cidade de Belo Horizonte. Essa situação constituiu o caso pesquisado. Na segunda etapa da metodologia empregada, realizaram-se entrevistas semi-estruturadas com os seis executivos que vivenciaram a situação escolhida. A análise dos dados empíricos obtidos mostrou como os comportamentos de busca de informação dos entrevistados, na situação específica, foram influenciados por suas histórias pessoais, pelas interações e relações estabelecidas com outros sujeitos e por suas disposições emocionais. Argumentou-se que a cognição situada possibilita uma abordagem inovadora para o estudo de busca de informação e pode contribuir, de forma significativa, para os estudos de usuários na ciência da informação.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License